15 de outubro de 2015

Olá meus amigos!

Sumi, voltei, sumi denovo... amo voces e respondo todos que me mandam e-mail...devagar e sempre hein e nas redes sociais também.
Muito obrigada pelo carinho de sempre, fico comovida e grata.

O que ando fazendo da vida?
Depois de alcançar meu peso, fazer 2 reparadoras (barriga e seio),namorar um gentleman e minha mãe voltar andar...olha estou assim pisando em nuvens...vou até sussurar porque tenho medo de falar muito alto...eu estou mega feliz!

Os problemas continuam aqui...somos humanos né gente...eu cheia de neuras como sempre, vigiando a alimentação, trabalhando muito namorando mais ainda rsrsrs, brincadeiras a parte tenho seguido com determinação, ontem mesmo retirei 7 vidrinhos de sangue para 18 análises para descobrir a sonolência exagerada que estou ultimamente.

Nada é fácil, acrescentei mais 1 médico na enorme lista (cirurgião plástico) e vou indo confiante. Não estou malhando, mês que vem estou liberada, faço caminhadas 3x na semana, voltei com terapia, vitaminas, remédios...

a recuperação das plásticas foi muito boa, fiz esforço e meu seio vazou um pouco, quebrei um vaso interno e o médico quer reposicionar minha auréola, me arrepio só de pensar. Fato este que me trouxe aqui hoje, estou muito desanimada em colocar pra fora meus sentimentos, na maioria das vezes questiono essa minha felicidade. A terapia, só respondo o que o terapeuta pergunta, não consigo me abrir, cheguei num ponto que penso que tudo o que eu disser será uma mentira, não sei o que é...sabe quando parece que tudo o que voce precisa era isso? já se sentiram assim sem expectativa, falta de sonho...acho que meu único sonho era sentir o que sinto hoje...sei lá, estou com sintomas de falta de ambição. Tenho inúmeras coisas pra fazer mas  não tenho coragem de dar andamento em mais nada, tipo: já tá bom. É vazio pensar assim e deprimente. E ingrato da minha parte, já que conquistei muito do almejei.

Como não acredito no acaso, na última consulta com o cirurgião dia 07/10 quando fiz 3 meses de cirurgia plástica ele me fotografou e enquanto esperava no consultório encontrei minha amiga - que não é mais virtual - Cris. Ela me reconheceu e fiquei tão, tão tão feliz que fico assim sem palavras...eu indiquei meu médico (gastro e plástico) e a danada foi com tudo, linda, está na fase das reparadoras, temos muito em comum e conhecê-la assim sem esperar, sem combinar trouxe um bálsamo pra minha vida turbulada de ex-obesa mórbida.
Leitora do meu blog há tempos, me conhece muito bem, então aproveitei o tempo para conhecer sua história, ela gostou do médico, conversamos bastante, e íamos juntas na palestra do Garrido mas que de tão cheia não cabia acompanhantes, então nos despedimos brevemente e fui embora com o coração bem confortável.

A mensagem no meu celular depois que me alertava sobre o blog, que com sua permissão Cris repasso aqui: "Quando voce achar que seu blog não vale mais nada, lembre-se de quantas pessoas voce ajudou com seus depoimentos".

Eu realmente comentei algo como palavras vazias, desabafos tolos. Porém esse era o sentido, expurgar, arrancar, colocar pra fora meus sentimentos, e isso trouxe seguidores, trouxe pessoas que passam tudo, ou parte do que eu passo, aqui encontrei conforto, auxílio, críticas e muita alegria, a mensagem da Cris, conhecer e ela me reconhecer teve um peso, me lembrou de como cheguei onde estou e onde ela está, minhas palavras, minha vida a incentivou e era a chacoalhada que eu estava esperando para não sentar mais na cadeira da minha terapeuta por 30 minutos que não são nada baratos e trocar meias palavras, a música não pode parar de tocar, fazer valer quando digo que estamos juntos não é mesmo? Então volto com tudo dividir minhas histórias, a ajuda é mutua.

Obrigada Cris, voce não tem ideia de como foi bom te conhecer e não tenha dúvidas que voce mudou mais minha vida do que eu a sua!
Pena que não fizemos uma selfie para registrar, espero que não nos falte oportunidades.

A cabeça de uma pessoa que trocava qualquer coisa por comida não é fácil mesmo de lidar, um dia de cada vez, aquele papo antigo de que somos eternos aprendizes...estou aqui 2 anos e 4 meses de luta árdua contra a obesidade, caindo, levantando e mantendo a fé.

Beijos meus amigos e vamos que vamos!





24 de julho de 2015

Os dias seguiram sem muitas mudanças, muito repouso, mas não devo ficar deitada mais que 2 horas durante o dia.

Alimentação liberada desde a cirurgia, me alimento normalmente, estou comendo menos por causa da cinta kkkk me sufoca quando como rsrsrs, usei o respiron 3x por dia respirando nele 10 x para não acumular secreção no pulmão durante 10 dias, ainda bem que guardei meu aparelho desde a Bariátrica, nem precisei comprar.

O inchaço vai diminuindo dia a dia e somente com 10 dias tirei umas fotinhas para registrar a evolução, antes disso muito limitada, não tenho comparativo ainda tá.

Essa foto tirei no meu primeiro banho em casa com 2 dias:


Mesmo bem inchada estou sentada e minha barriga não dobra....hain que sonho! E meu umbigo bem pequeno....ai ai....rsrsrs

Depois quando tirei o dreno com 6 dias:


Estou curvada não dá pra ver direito mas tem cicatriz embaixo dos seios também. 

Com 10 dias:



Mesmo curvadinha a barriguinha e os seios não saem do lugar! kkkkk

Com 15 dias:




Não tirei mais fotos, hoje estou com 17 dias.

Quando eu puder ficar reta tiro mais, o problema é que sem levantar os braços é ruim e tenho vergonha de pedir pra outras pessoas me fotografar nua rsrs. Mas dá pra ver um pouco como ficou.

Como podem ver o corte é grande, é agressivo. Troquei  a flacidez por cicatrizes. A cicatriz parece grossa mas é uma casca que criou, e a cola cirúrgica também, o médico disse que vai cair essa cola e a casca e vai ficar a cicatriz escurecida, mas menos escura do que está e depois iniciamos o tratamento para clarear um pouco mais.

Não virei a perfeição, longe disso, mas pra mim está lindo, ainda mais se comparar com que eu fui, e o tanto de peso que perdi ficou muito bom. Nossa, estou no céu de alegria, pra quem pesou 138 kilos um dia, estou na melhor fase da minha vida, com um corpo que nunca sonhei.

Ontem tirei alguns pontos ficou somente do umbigo, vou tirar na próxima quarta e também fui pegar outro atestado, não queria ir para a caixa, então com 15 dias trabalhei 1 dia mesmo curvadinha e agora estou afastada novamente.  15 dias é pouco para voltar a rotina não dá.

Peguei os exames da biópsia das peles retiradas, nada de anormal ou maligno, ufa!

Coloquei essas fotos para mostrar pra voces como fica depois da plástica, espero que ajude quem está no processo, até o momento estou muito feliz!

Beijos meu amigos e vamos que vamos!!!



Eis que o Dr. aparece no quarto e me dá alta médica. Trouxe uma cinta maior pra mim, porque a minha estava muito apertada, cinta não é para apertar é para modelar ele diz.

Depois de todas receitas, recomendações, desejo de sucesso e uma ponta de orgulho do Dr com o feito em mim, ele disse 2 vezes que ficou bonito o trabalho kkkkk, eu acreditei rsrsrs.

Fiquei esperando meu boy vir me buscar, dessa vez não ia voltar sozinha meus amigos, Deus providenciou anjos para me ajudar, não paguei ajuda nenhuma, amigos me ajudam, limpam minha casa, lavam a roupa, passam, minha mãe me ajuda no banho só para lavar a cabeça mesmo, os restante faço sozinha. Eu mesma faço curativos, visto minha roupa, há preciso de ajuda para colocar a cinta, a meia e levantar da cama.

Na hora que o gato foi me buscar, disse que precisava falar comigo antes de acabar o antibiótico que eu tomava na veia, iria demorar mais 30 minutos só depois podia assinar a alta. Ai disse que não queria mais ficar comigo, que sou muito diferente dele, que pensamos diferente, que queria só minha amizade porque agora que eu tinha operado minha vida seria outra. Na hora fiquei muito envergonhada, tipo a pior hora para me falar aquilo, tinha enfermeiras no quarto, fiquei passada com o que ouvi. Mas ele disse que me levaria pra casa e que antes queria me dar uma coisa e tirou do bolso uma caixinha linda com 2 alianças, ajoelhou no chão e perguntou se eu queria ser sua namorada....

Aceitei lógico, depois xinguei por causa da brincadeira mas adorei a surpresa e fiquei muito feliz, fiquei boba, nunca ganhei uma aliança e nunca fui pedida em namoro assim tão formal e ainda num hospital kkkk as enfermeiras acharam muito romântico e ainda ouvi a piadinha: "o que um silicone não faz hein" kkkkkk.

Sai do hospital com corpinho novo e namorando....rsrsrs

Olha nossas alianças:





Imaginam como voltei pra casa....sorriso de orelha a orelha...e desde então estou assim de namorado novo que é romântico, cuidadoso, preocupado ♥

Se eu tive alguma dor? hã? o que é isso? kkkk 

Brincadeira a parte só o dreno incomodava, e as costas e o bumbum doem por causa da posição, fora isso não senti nada, não precisei tomar remédios pra dores.

Foi a melhor alta que eu podia ter!





Então as 22 horas do dia 06/07 estava eu pronta para ser internada. E dessa vez fui de metrô mas diferente da última vez fui acompanhada com meu gatinho ♥ que fez surpresa, disse que não poderia me acompanhar por causa do trabalho mas estava na estação me esperando! Fiquei tão feliz!!! A segurança só aumentou.

Olha nós dois na recepção do hospital Bandeirantes:



Depois subi para o quarto sozinha e as mãos suadas de ansiedade rsrsrs. Óbvio que nem dormi direito, e as 6:30 tomei banho, vesti a roupa esterelizada e fui para o centro cirúrgico A cirurgia começou ás 7:15 e durou exatamente 10 horas.

Família preocupada, amigos todos querendo notícias minhas, segundo o cirurgião durou mais do que o previsto, a expectativa eram 6 horas mas dizendo ele que minha pele é difícil de trabalhar porque muita flacidez e estria. Mas correu tudo bem.

Retirei 1 kilo de pele do abdômen, o corte é convencional, amarrei os músculos, ou seja, minha barriguinha nunca mais distende pra frente...rsrsrs que máximo! kkkk e o médico precisou fazer enxerto de músculo nos seios porque só tinha pele e não ia segurar o silicone, colocou atrás do músculo o silicone, o corte foi em T invertido, e diminuiu minhas auréolas conforme pedi, e me deu um umbigo bem pequeno conforme pedi também. E lipou a cintura porque quando esticou a pele fiquei quadrada, ele já tinha me falado isso antes mas teria que pagar mais 3 mil reais então falei pra ele deixar quadrada mesmo kkkk, ainda bem que não paguei, já que ele me "deu" de presente....haha, podia ter lipado os flancos também hehehehe.

Não tenho fotos do antes ainda, ficou tudo com o médico, eu esqueci de tirar em casa, mas vou pegar semana que vem as fotos e mostro a comparação para voces. Eu acredito que foi um milagre o que o Dr. conseguiu fazer, depois que comparar ainda terei mais certeza disso kkkkk.

Deus é tão maravilhoso que essa foi a melhor cirurgia da minha vida. Acordei sem dor nenhuma, haja morfina rsrsrs e nem acreditava que tinha sido operada até olhar pra baixo e ver a altura dos peitos novos rsrsrs, continuei sem dor todo o tempo e para minha surpresa, tinha amigos esperando para me ver, meu amigo Julio, nos conhecemos no trabalho ficou todo o tempo lá passando notícias minhas para minha família e ficou até eu acordar, minha amiga Dani foi pra lá com o esposo. Nossa não tenho palavras para agradecer tudo que fizeram por mim.

Essas fotos assim que acordei e fui para o quarto:


Obrigada Júlio e Dani por serem tão maravilhosos comigo! 


Depois meu gatinho foi me ver também e mais fotinha:


Já tinha acabado o horário de visitas mas o Hospital é gentil demais, nossa me trataram como rainha lá. Deixaram ficar o quanto quisessem. Olhem minha cara de aluada não tinha certeza de onde estava ainda kkkkk

No outro dia tive alta, então internei dia 6 a noite, operei dia 7 e dia 8 depois do almoço voltei pra casa quase a noite, meu gatinho foi me buscar providenciou tudo.

Não tive nada de dores, passei a noite de sonda não podia levantar e o aparelho anti trombose massageando as pernas todo o tempo.

No outro dia levantei para tomar banho e fazer curativo. Os cortes são colados, só tem ponto no umbigo e no bico do peito.

Essa foto foi quando a enfermeira abriu a cinta, já acordei da cirurgia com cinta:


Tomei banho com ajuda, tive tontura e enjoo quando me levantaram, mas tudo normal, as recomendações que venho seguindo:

Fiquei 5 dias de dreno, dois drenos na púbis que atormentaram minha vida, aquele dreno de vácuo, que parece uma sanfona, eu drenava 2 x ao dia e anotava para levar para o cirurgião. Não doeu para retirar, só ardeu um pouquinho.

Olha o dreno:



21 dias sem levantar os braços acima da cabeça; andar curvada para não alargar a cicatriz, usar as meias anti trombose, tirar a cinta só para o banho, dormir com as pernas elevadas e não forçar os braços para levantar. Ainda bem que está acabando...faltam 4 dias para dormir de lado e erguer os braços kkkk.

Estou na contagem regressiva para me cuidar sozinha.




Depois de acertado toda a burocracia entra o emocional né.
Cabeça a mil por hora, eu desisti, depois voltei atrás, desisti outra vez, e assim meus dias foram passando. Medo do desconhecido, medo de erro médico, e medo do sucesso. Pode isso? Sim eu estava com medo de dar tudo certo também e não restar sombras para me esconder mais. Igual quando me vi com o peso ideal na balança.

Sem terapia, sem academia, sem calmantes  me restou passar os dias correndo literalmente até chegar o dia da cirurgia. Corria pra me exercitar, corria de mim todo dia, corria para não pensar em nada mais. Sim sou dramática até o último fio de cabelo....

Correr tinha perdido a graça desde que decidi acabar com aquele romancinho com o lutador de jiu jitsu, lembram? Acontece que ele me animava a correr, e 7 meses juntos estava me cansando essa coisa moderna sem definir nada...quando eu me injuriei e perguntei o que ia ser da gente a resposta veio seca: Não iríamos passar de ficantes. Eu compreendi perfeitamente como falei antes, e foram dias deliciosos que repetiria sem dúvidas rsrsrs, mas estava afim de alguém para amar de verdade. Fiquei um pouco triste e sinto ainda falta das conversas, dos treinos, dos vinhos, enfim era uma distração maravilhosa. Porém dias depois arrependido me pediu em namoro mas não aceitei, a indecisão dele destruiu tudo. Ainda hoje ele me procura pedindo uma chance, mas essa página virei faz tempo, já sofri muito nessa vida amigos, insegurança não preciso mais. E também entreguei meu coração para outra pessoa rsrsrs.

Desde o dia 17 de maio estou encantada com aquele que hoje chamo de namorado. É um amigo antigo do meu irmão rsrs que inclusive me ajudou pintar o quarto quando eu ia ter meu filho. Muitos aos se passaram, aliás 6 anos se passaram e ele voltou a morar perto de casa, nos falávamos pelo face á muito tempo e graças minha postagem no face do cineminha rotineiro com o remake do Mad Max começamos a conversar por dias e dias até que convidei ele para vir em casa ver minha mãe e meu filho. Minha mãe quando o viu ficou toda emocionada, eu também porque passou aquele filme na cabeça, meu irmão e ele juntos, foi um dia delicioso.

E começamos a ficar desde então...a química foi instantânea e me sinto tão bem quando ele está perto, parece que sempre vai ficar tudo bem, é incrível. Como perdi as esperanças nos homens kkk achei que era mais um passatempo e já o arrastei para correr comigo. Todas as noites íamos correr e a amizade foi ficando mais intensa, contei sem delongas toda minha história, meu problema de peso que ele já conhecia, pois me conheceu na pior fase da minha vida e ficou mais fácil seguir assim sem segredo nenhum.

Faltando 10 dias para minha cirurgia resolvi contar, eu ainda não tinha falado porque é algo íntimo né. Contei tudo e como sempre ele me surpreendeu com o apoio, com o carinho que não esperava, com o incentivo quando eu amarelava, um mundo novo pra ele, já que tem 26 anos e namorava meninas de 18 que nunca tinham sofrido com obesidade, sou a primeira doida da vida dele kkkk.

Então segui os 10 dias faltantes assim...ansiedade, dor de barriga, não conseguia comer direito, emagreci 1 quilo de agonia, ora comia o dia todo, ora não comia nada, trabalhar nem fala, sem concentração nenhuma, namorei um monte, comemorei, festejei, sonhei, tive pesadelos e até que dia 6 chegou lindamente quando fui me internar.



23 de julho de 2015

Agora a parte burocrática para fazer cirurgia plástica combinada:

Voce entra com o pedido de cirurgia pelo plano para a barriga porque é o que está no rol da Anvisa, as demais reparadoras voce pode entrar com liminar e em 48 horas voce tem a autorização, porém precisa achar um médico que opere com liminar, e não é tão fácil. Mas é o direito de todo bariátrico.

Eu não quis envolver a justiça então após a autorização do meu plano para a abdominoplastia com retirada de hérnia e plicadura dos músculos (amarração) eu decidi fazer a mama e com o apoio financeiro da minha família, pois eu não tenho dinheiro para bancar nenhuma cirurgia eu fiz a mama também.

O bom de combinar as cirurgias é que recupera-se de uma só vez e também fica um pouco mais barato, que na minha opinião nada barato.... rsrsrs
O médico que escolhi me foi muito recomendado, e trabalhou muito bem aqui no meu corpitcho mas em preços me custou muito, pois com o desconto paguei as próteses Silimed R$ 2.100 com garantia de 20 anos + 1.600 anestesista + 11.000 de honorários médicos para as 2 cirurgias - mastopexia+ mamoplastia + 7.000 de hospital + 580,00 de cinta, colete, sutiã cirurgico + meia antitrombose + 377,00 de injeções anticoagulantes - 7 injeções + 400,00 de antibióticos, remédio pra dor forte + antissépticos (pomada, alcool, merthiolate, gase, micropore).hospital em 3X no cartão, o silicone comprei direto com o fornecedor então pode dividir em 10X também, eles mandam a documentação em casa, nota fiscal, termo, tipo de material utilizado e as próteses vão para o hospital, paguei uma taxa de seguro das próteses de 400 reais inclusas no pacote do hospital. Eles se responsabilizam pelo transporte, esterilização, essas coisas...é o mínimo né. Custou um pouco mais porque escolhi uma moderna que deixa o colo natural e não vaza e qualquer aderência, rejeição, retoque, e troca é coberto 100% então pensei no custo benefício e escolhi assim.

Primeiro escolhi 300 ml de silicone a redonda perfil super alto que ficou parecendo o peito da madona, no último dia mudei kkkk ficou um pouco artificial olhando o molde no espelho, então mudei para 265 ml redonda perfil alto, os 7 cirurgiões que visitei me disseram a mesma coisa, minha pele não tem fibra o suficiente para sustentar mais que 300 porque iria ceder em 2 anos e a menor dura uns 18 sem sair do lugar, não esquecendo que perdi muito peso e isso é particular do meu organismo, nem todos que emagreceram precisa ser assim, então meus amigos não quis peitões não quis aumentar o manequim, só quero mesmo que eles fiquem firmes e no lugar com o manequim 40/42 e consegui e ficaram lindos, estou apaixonada pelos meus seios. Rsrsrs

Precisa estar preparado para tantos gastos, isso com desconto, mas também encontrei médicos beeeemmm mais baratos, mas não tive confiança de entregar minha vida assim, esse eu escolhi e graças minha família consegui realizar esse sonho.

Ai voce paga separado o hospital, o médico, o anestesista e as próteses. Até 2 dias úteis antes da cirurgia envia os comprovantes, e eles cuidam de tudo, só ir se internar.

Brinco que estou endividada até 2035 kkkkkk se vale a pena, digo que valeu. Não há dinheiro no mundo que compense eu sentar e minha barriga não dobrar, nunca na minha vida, nem mesmo na adolescência tive meus seios firmes e no lugar, pois sempre fui obesa. Troquei sim o excesso de pele por cicatrizes que são grandes e me assustam não nego, mas o desenho do meu corpo me emociona cada dia mais, estou completa amigos, e as cicatrizes fazem parte de mim e não me deixarão esquecer de onde eu vim e o que a obesidade me causou - as dívidas também não me deixarão esquecer kkkkk.




Oi Amigos.

Estou super envergonhada dessa sumida que eu dei. 1 mês e 4 dias sem vir aqui.
Meu blog já está empoeirado mas nunca me esqueço daqui. Não tenho justificativa mas escrever estava pesando pra mim, voces sabem que não tenho estrutura emocional nenhuma e não consigo dividir as coisas, ainda não consigo.

Volto hoje dividindo com voces as loucuras de uma ex- obesa mórbida. Muitas coisas mudaram na minha vida graças á Deus e me livrar de 72 quilos foi o marco para eu ser tão mais feliz.

Vou publicando meu dia a dia conforme for lembrando não se espantem se eu embolar os assuntos, é que gosto de escrever com a alma e meus dias estão assim guardadinhos na cabeça.

Espero que desculpem esse meu sumiço mas o carinho de voces eu sinto todo dia, nos e-mails nas redes sociais, como sou grata!

Para começar informo que hoje completo 16 dias de cirurgia plástica no abdome e nos seios. Agora estou confortável para digitar, estava uma pouco limitada e a cabeça bagunçada 3 vezes sentei para escrever e não consegui digitar nenhuma palavra, então decidi respeitar meu tempo.

No último post eu ia voltar no medico para adiar um pouco a cirurgia e escolher o silicone né.
Eu voltei no dia 1 de julho e escolhi as próteses, defini o tamanho e não consegui adiar operei no dia 7 mesmo.

Então fiz abdominoplastia convencional pelo plano, mastopexia (refazer a mama) + mamoplastia com prótese de silicone Silimed 265 mls tudo particular.

No próximo post conto a parte burocrática rsrsrs




19 de junho de 2015

Boa Noite

Amigos, fiz a perícia médica para a abdominoplastia.
A parte burocrática não muda nada, pelo plano de saúde Bradesco acho tudo tranquilo.
O médico dá entrada no plano com o pedido de cirurgia, depois que todos os exames estivem ok. Pronto, voce espera o plano agendar a data da segunda opinião, a perícia. O prazo são 21 dias, e nas duas vezes que fiz não completou 10. Eles nos ligam com a data e o local, o perita nos avalia e envia o parecer médico para o plano e 48 horas úteis sai o resultado.

É simples, o moroso é fazer exames, coletar laudos, inúmeras consultas...puxa isso desgasta, mas tudo por um sonho.

Dessa vez eu estava bastante ansiosa e para minha alegria o perita é a simpatia em pessoa. olhou meu abdômen, esticou a temida pelanca, pesei, contei toda minha história com obesidade e Gastroplastia e e digitando tudo....

Na opinião do perita devo fazer o abdômen convencional, segundo ele mulheres altas o corte da âncora fica mais agressivo e esteticamente estranho. Se meu cirurgião e o perita disseram a mesma coisa....eu concordo.... disse que não compensa ganhar 3 centímetros de cintura e sentir todo o desconforto e uma cicatriz forte, por causa da minha melanina.

Na hora ele me adiantou que por ele estava aprovadíssimo, que não tinha motivos para uma negativa então 95% aprovado pelo perita e faltava 5% que era a parte contratual do convênio médico.

Eu liguei no plano 2 dias depois e o procedimento aprovado!

Estou ainda na naquela fase de não saber direito o que fazer...sei lá...estou anestesiada kkkk muita coisa passando na cabeça...está tão perto...

Hoje a secretária do cirurgião me ligou e pediu pra eu ir no consultório semana que vem para definir o tamanho e modelo das próteses...ai que medo.

Peço à Deus sabedoria para fazer as melhores escolhas e espero que ocorra tudo bem...dia 7 está logo ai...aliás vou pedir para adiar mais uns dias pra ajustar tudinho no trabalho, estou cobrindo férias, quero deixar tudo alinhado, vou tentar adiar mais uns dias.


Ai que frio na barriga!


Beijos amigos e vamos que vamos.



13 de junho de 2015

Boa Noite meus amigos!

Hoje meu coração transborda de tanta alegria! Completo hoje um ciclo da minha jornada, comemoro 2 anos de Gastroplastia.

Pensei - juro que sim - desde o primeiro dia como seria o dia que faria este post. Como eu me sentiria neste dia, o que eu iria digitar, como me expressaria. Eu imaginava a alegria que ia sentir e o orgulho. Sentia tão forte que minhas mãos transpiravam.

Eis que o destino me trouxe até aqui. Tanta coisa passei, tanto foi o que superei. Sim eu sou uma mulher com o peso ideal. Ufa...isso poderia me deixar leve, e sou leve, estou leve, mas tem um peso danado ser magra também. Voce sabe o que significa emagrecer 72 kilos? É dar uma nova roupagem no seu eu, é tirar as algemas da obesidade, é ouvir mais sim e menos nãos...é saúde, é dor, é competência, é força, é fé, é esperança, é um sonho sendo vivido.

Mudei completamente, minha vida é outra, sem clichês. Neste momento, estou em minha cozinha tomando um vinho, e esperando uma massa ficar pronta, que está sendo preparada pelo meu gato, que é um gato - e cozinha bem demais - e ouvindo música eletrônica kkkkk, meu filho nos acompanha com recortes de revistas e estou me sentindo no paraíso, com uma cena tão simples. Confesso que por isso não esperava. Nunca imaginei que comemoraria meus 2 anos de Gastroplastia assim. O cenário é de pura harmonia, e quer saber, estou aqui quietinha digitando e ele perambulando na cozinha sem nenhum problema, porque me senti bem a vontade desde o nosso primeiro dia juntos que sou uma gata gastro e sou blogueira, aquela paranóia que tive com o outro paquera não reina mais aqui, agora é tudo preto no branco, a vida é assim, vamos errando e aprendendo com os erros.

Não quis deixar hoje, excepcionalmente hoje passar em branco, mas venho depois registrar minha memórias de 2 anos de Gastro, acho que como dizem por aí, está acabando a lua de mel com a cirurgia....será? Estou louca para provar que não! Quem manda no meu corpo sou eu.

Mais uma vez informo que a Gastroplastia foi a melhor coisa que fiz por mim.

Então 2 anos depois estou assim:

Feliz, confiante, apaixonada, magra, compulsiva em tratamento, dormindo com ajuda de calmantes, vestindo tudo o que gosto, vivendo todo dia da melhor maneira possível.

Peso
De 138 kilos Para 67 Kilos

Altura
De 1,70 Para 1,72

Calçado
De 39 Para 37

Manequim
De 54/ EXG Para 40/ M

Realizei o maior sonho da minha vida: Eu caibo no mundo!


Beijos meus amigos e vamos que vamos.... Comemoração dobrada afinal, além do níver de Gastro é dia dos namorados e estou muito bem acompanhada..... :)  ♥



2 de junho de 2015


Boa Noite!



E aquele friozinho na barriga toda vez que o telefone tocava finalmente acabou...rsrsrs, o Bradesco Saúde ligou agendando minha perícia para dia 11/06...ai ai....estou ficando nervosinha rsrsrs estou começando sentir o gostinho de mais uma realização.

Horário agendado 17:40, levar todos exames e essencial ultrasson da parede abdominal.

Ufa....demorou 9 dias corridos para me ligarem, o prazo é de 15 á 21 dias, então tudo dentro do esperado.

Fico aqui de dedos cruzados esperando dia 11 chegar...aiai. E que venhas as reparadoras!

Sabe amigos, tenho muitas histórias dos últimos tempos pra contar....estou em débito com o blog, a vida ta corrida desde que minha tia foi embora e virei dona de casa integral kkkk e ainda tem corridinha, filho, comida, médicos, trabalho, balada e os paqueras pra cuidar kkkkk

Estou numa fase que a cabeça está uma bagunça danada, preciso voltar pra terapia.

Torçam por mim.


Beijos amigos e vamos que vamos!!!



19 de maio de 2015

Boa Noite Amigos,

Hoje voltei no cirurgião plástico com todos exames em mãos, tudinho que ele pediu e conversamos bastante e dei entrada no convênio para liberação da abdominoplastia.

Engraçado que na sala de espera, eu estava com aquela mesma sensação de antes, igual da Bariátrica, eu tinha me esquecido como era essa ansiedade rsrsrs bem esquisito.

O esquema é o mesmo. Leva-se todos os exames, a atendente tirou cópias de tudo, o medico fez o pedido de cirurgia de correção de flacidez pós bariátrica + remoção de hérnia, sim, também tenho hérnia aff....e vai mandar para o plano. Dentro de 15 dias vão agendar minha perícia e depois mais 48 horas sai o resultado - espero que positivo - liberando a cirurgia que já deixei pré agendada para dia 06/07. Essa será minha data por enquanto.

Quando o convênio liberar, a secretária do cirurgião vai marcar um horário para acertar os valores e forma de pagamento da segunda cirurgia, os seios, que farei junto particular. E escolher o modelo da prótese de silicone também. Depois detalho como fazemos o pagamento, nem sei direito, só sei que o médico facilita viu, deixa dividir até 10 X...vixxi pobre adora uma parcela kkkkk amei saber isso.

Em meados de Junho devo parar com o adesivo anticoncepcional, com os suplementos e vitaminas, todas suspensas até a liberação pós cirúrgica.

Consegui fazer cirurgias combinadas porque meus exames estão todos normalizados, tudo com segurança. Desde que diminui a menstruação, consegui melhorar as vitaminas, deu super certo, o que é importantíssimo para uma boa cicatrização também. Além de diminuir o risco cirúrgico, claro.

Enquanto isso fico aqui na expectativa da tal ligação do Bradesco saúde....ainda bem que acabou a correria de exames, ufa. É mega cansativo, sabe quando desgasta? Nem era tanta coisa mas exigiu tanto de mim...to com um misto de ansiedade, felicidade, medo, preocupação, dúvidas...nada muda kkkk

E vamos que vamos!



12 de maio de 2015

Boa noite!

Completo hoje 1 ano e 11 meses de Gastroplastia. Ainda em lua de mel com a cirurgia, digo sorrindo que não quero mais emagrecer.

Nunca tive grandes problemas em conviver com um micro estômago de 4 centímetros. Hoje em dia não tenho entalos, vômitos, nada dessas coisas iniciais...tenho dumping se comer açúcar branco ou comida muito pastosa que enche....fico enjoada e com sudorese, zumbido no ouvido, tontura...fora isso vida normal.

Sigo na rotina de RA, como frutas, sucos, carboidratos integrais e brancos, escorrego num biscoito...rsrs porque mesmo cheia de grampos ainda ser humana e também falho.

Peso atualmente 66 kilos distribuídos em 1,72 de altura. Meu manequim é P/M - 38/40, o interessante é que blusas que ficam boas na cintura ficam curtas nos braços...rsrs

Tomo religiosamente as vitaminas e suplementos, acabei de realizar inúmeros exames e estou com a saúde ótima! Todas as taxas normalizadas.

Continuo tomando calmantes, o que pensei ser 30 dias de tratamento, tem durado longos meses, uma pena. Mas estou buscando meu equilíbrio.

Consigo me achar magra e visualizo meu corpo, e gosto de como estou - quando vestida - rsrsrs, agora comecei a jornada rumo a plasticas reparadoras para consolidar de fato meu sonho. Se serei mais feliz depois disso tudo, ainda não sei, mas estou buscando melhorar sempre, não quero nem a sombra da mulher que fui.

Estou amando essa nova vida, essa fase de me enxergar, de sair e não sentir vergonha de ser vista, adoro ser paquerada, adoro sair na rua, me sinto viva, me sinto agradecida, sorrio sozinha até.

Ainda tenho meus monstros, vez ou outras eles me lembram da antiga Silvia, ainda tenho vontades, bem menos do que foi um dia. Tenho fases, hoje mesmo é um dia de ansiedade, tpm, sinto muita vontade de mastigar o tempo todo, de comer doce. Minha mãe preparou um doce de abobora com coco que sou viciada e tem apenas 40 calorias por porção. Isso ajuda muito em dias assim.

Hoje carrego em mim uma força inimaginável, uma vontade de viver incrível, e sim, foi graças a Gastroplastia, que bela ferramenta me disponibilizaram! Se acordo pra baixo um dia, eu pacientemente espero o novo amanhecer, porque nem mesmo num dia muito ruim consigo superar a tristeza e amargura que a obesidade me trazia, uma vida sem expectativa, sem esperança, que não desejo para ninguém.

Toda mudança não se dá somente pelo fato de grampear o estômago e desviar o intestino, vem também da força de vontade, da fé em mudar, em melhorar, eu acreditei, e apostei tudo de melhor que eu tinha no procedimento, e meus sonhos começaram a se concretizar, estou ainda longe do que quero ser, ainda tenho muito a aprender, a superar.

Que venha mais e mais meses para comemorar essa felicidade que foi renascer!

Beijos e vamos que vamos.


10 de maio de 2015


Boa Noite!



Meu pré operatório tá assim: Estou na maior correria! kkkk
Diferente da Bariátrica, é um tanto mais simples as exigências para cirurgias reparadoras.

Julho de 2014 consultei o primeiro cirurgião plástico da minha vida. Conversamos bastante e na época desisti de tudo por vários motivos, medo era um deles, e também porque ainda era tudo muito recente na minha vida.

Em janeiro/2015 comecei a consultar médicos do meu plano de saúde (Bradesco Empresarial) e mesmo com indicação do plano eu consultei o CRM no site http://www2.cirurgiaplastica.org.br/ pra ver se o médico é habilitado para tais procedimentos, entrei em grupos nas redes sociais, busquei pessoas que fizeram a cirurgia com a mesma equipe, liguei o hospital para ver se é credenciado pelo meu plano, pra saber se teria que pagar algo para o hospital.

Antes de tomar uma iniciativa, esses detalhes precisam ser observados e ainda assim não estamos lives de intercorrências. Feito isso visitei 7 cirurgiões para avaliações e opiniões. Sou muito medrosa. E os 7 foram unânimes em 2 coisas: Não fariam a barriga e braço e o tamanho de próteses de silicone para meu tipo de corpo e que minha pele tem estrutura adequada seria 275 mls com segurança.

O último cirurgião foi meu eleito. Amável, educado, me passou uma confiança imediata, senti a tal "química". Minha idéia era fazer braqueoplastia e abdômen, Como ele não topou por causa da complexidade eu topei fazer abdômen e mamas. Se minha saúde estiver ok posso fazer as combinadas.

Depois de emagrecer 73 kilos fiquei com muito excesso de pele. E me incomoda demais. Os seios não reclamam, mas a barriga começou com feridas onde a roupa roça, é completamente dormente. E esteticamente falando é ridículo mesmo. O psicológico fala mais alto, pois de roupas está tudo bem, mas sem roupa é estranho, pareço uma idosa, aliás tem idosas com corpo mais firme que o meu. Não está combinando comigo, não vejo a hora de me livrar disso tudo.

Meu plano só cobre o abdômen com amarração dos músculos. Ainda não decidi se farei em âncora ou convencional, tenho o perfil para as duas, a decisão é minha. Estou pensando ainda. Os seios será pago, ganho 40% de desconto o valor total sem as próteses, porque fazendo junto economizo anestesista e internação. Farei reconstrução mamária + silicone.

Os demais cirurgiões levam uma equipe a parte para o hospital devido a complexidade e horas de intubação. Eles cobram cerca de 3 á 6 mil reais a mais para a equipe médica. Meu cirurgião também trabalha com 2 equipes em cirurgias longas, mas as 2 equipes são conveniadas pelo plano, ufa!

Os exames são esses:
Todos de sangue, proteínas, tempo de sangramento, hemograma, tireoide, colesterol, função dos rins, anemia, glicemia;

Raixo X toráx lateral e frontal;

Ultrasson das mamas e da parede abdominal (estrutura dos músculos, hérnias)

Para o laudo do cardiologista: Eletro, ecocardiograma com doppler, teste ergonômetro;

Amanhã termino os exames e quando estiver com o laudo em mãos, volto o cirurgião dia 19/05 pra solicitar a perícia para o plano de saúde e acertar as formas de pagamento da mamoplastia.

Depois da perícia agendamos a data, que será meados de Julho.

Torçam por mim amigos, comecei uma nova jornada, confesso que estou ficando cansada, mas nada de morrer na praia, falta tão pouco agora....


Beijos amigos, quem quiser tirar dúvidas ou conversar comigo sobre qualquer outro assunto, pode me mandar e-mail: silvia.araujosantos@gmail.com

Vou atualizando aqui até meu grande dia!

E vamos que vamos!!




8 de maio de 2015

Boa noite Borboletas e Casulos!

Esse caso que está rolando nas redes sociais nos grupos de RA, fitness e mudança de vida que sobe nas alturas a auto estima da mulherada é verdade viu. 

Uma academia Runner aqui de SP criou um outdoor que perguntava o seguinte: "Neste verão, você quer ser sereia ou baleia?" Faz algum tempo, por volta de Novembro de 2004. E uma blogueira postou em seu blog uma resposta para tal pergunta discriminatória. A resposta não chegou a ser encaminhada para a academia, mas até hoje ela tem aumentado a auto-estima de muitas mulheres. Encontramos no Facebook, Youtube, rodando por Emails, e até em palestras é citado  o caso. 

A postagem que ficou tão conhecida foi essa:


Ontem, vi um outdoor da Runner, com a foto de uma moça escultural de biquíni e a frase: “Neste verão, qual você quer ser?”
Sereia ou Baleia?

Respondo:
 
Baleias estão sempre cercadas de amigos.
Baleias têm vida sexual ativa, engravidam e têm filhotinhos fofos. Baleias amamentam.
Baleias nadam por aí, singrando os mares e conhecendo lugares legais como as banquisas de gelo da Antártida e os recifes de coral da Polinésia.
Baleias têm amigos golfinhos. Baleias comem camarão à beça.
Baleias esguicham água e brincam muito.
Baleias cantam muito bem e têm até CDs gravados. Baleias são enormes e quase não têm predadores naturais.
Baleias são bem resolvidas, lindas e amadas.
Sereias não existem. Se existissem viveriam em crise existencial: “Sou um peixe ou um ser humano?”
Sereias não têm filhos, pois matam os homens que se encantam com sua beleza. São lindas, porém tristes e sempre solitárias...
Runner, querida, prefiro ser baleia! "


Pra quem não acredita na veracidade do caso, o mesmo foi julgado pelo CONAR.
“Neste verão o que você quer ser: sereia ou baleia”
Representação nº 279/04
Autor: Conar, a partir de queixa de consumidor
Anunciante: Parque Colina São Francisco (Runner)
Relatora: Claudia Wagner
Decisão: Sustação
Fundamento: Artigos 1º, 3º, 6º, 19, 20 e 50, letra c do Código
Por unanimidade, atendendo a sugestão da relatora, as 5ª e 6ª Câmaras, reunidas em sessão conjunta, recomendaram a sustação de outdoor da Runner que mostrava jovem de biquíni e a frase: “Neste verão o que você quer ser: sereia ou baleia?”
O outdoor foi considerado discriminatório e grosseiro por consumidor de São Paulo. Não houve defesa por parte da Runner.
Em seu voto, a relatora escreveu: “Seria cômico se não fosse discriminatório, agressivo e provocante”. Para ela, o outdoor é exemplo “medíocre de uma atualidade materialista e insistente em limitar-se a valores que se guardam em frascos de vidro, como os botox e outros elixires de eternos e idênticos padrões de beleza”.

A academia retirou o anúncio na mesma semana.



Beijos amigos e vamos que vamos!


3 de maio de 2015

Boa tarde!

De uns dias pra cá - exatamente 2 meses - tenho adotado um postura que não é minha. E como é de conhecimento geral, viver o que voce não é cansa. É divertido e empolgante no começo, mas uma hora ou outra voce desaba. Não vai dar pra usar uma máscara ou mudar completamente seu eu.

Ridiculamente estava fazendo isso. Não sei bem até onde o emagrecimento me empurra a fazer coisas que antes não podia. Acho que 100% das vezes que penso em fazer algo eu avalio se antes com 138 kilos eu faria. Provavelmente não, porque no auge da obesidade meus pensamentos e tempo era somente para comer e me esconder. Então vou lá e faço.

Parece que voltei a adolescência, saio muito - ou não - depende do ponto de vista, antes eu não saia, rsrsrs saio do trabalho em plena quarta, quinta feira e vou beber. Nada exagerado 1 ou 2 taças de vinho ou caipirinha, chego tarde quase sempre, esticadas no shopping, comprando roupas, gastando o que não posso, janto com paqueras - sim, a santinha da Silvia tem mais de um paquera - concilio a agenda com um e com outro, cinema toda semana, teatro, balada, não voltei treinar, de vez em quando faço caminhada regular com trote, continuo comendo bem, as escapadas fica por conta da vodca rsrsrs.

Não é crime o que estou fazendo. É que não é uma postura costumeira minha. Estou exausta, viver é assim? Não sei o que passa na cabeça. Aproveitei a boa vontade da tia que está cuidando da minha mãe, que por sinal já arrisca pequenos passos sem ajuda do andador e com fisioterapia e caio no mundo. Relaxei como mãe, sequer li os recados no caderno do meu filho, perdi reuniões, ele perdeu dentista, chego e vou direto pro meu quarto, rede social me ocupa, whatsapp não para, convites não me faltam, se eu topar nem volto pra casa!!
E me sinto mal por não me sentir mal fazendo isso, dá pra entender?

Estava tudo muito gostoso, mas a ficha caiu. Para, para que tá feio Silvia!!

Cadê o equilíbrio? cadê o auto controle? Ficou magra e louca?

Agora mesmo já rolou um convite pra uma feijoada, e com a observação: Voce não vai comer a feijuca, tô sabendo, mas vai tomar a caipirinha de saquê, simbora?? kkkkk confesso que estou aqui doidinha pra vestir meu jeans 40 e curtir o domingão na bagunça...mas vou ficar em casa curtindo a família, desacelerar, ficar com meu filho, amanhã trabalhar e tentar voltar a velha rotina....esse lance de 8 ou 80 as vezes não dá. Estou me sentindo meio culpada...só um pouco....rsrsrs esses últimos dias estavam me fazendo dormir sorrindo. kkkkk

Preciso da minha terapeuta urgenteeeeee


Beijos amigos e vamos que vamos!



25 de abril de 2015

Boa tarde meus amigos!
A obesidade te traz dezenas de problemas de saúde e limitações, você tem indicação para a cirurgia bariátrica, se prepara, faz exames, participa de reuniões, espera a carência (ou na fila do SUS) ou guarda o dinheiro, faz a cirurgia, segue à risca as recomendações da equipe cirúrgica, emagrece, fica mais saudável, vai aos poucos se abrindo novamente para a vida. O que não é nada fácil.
E muitas vezes algumas pessoas do nosso convívio, seja do trabalho,  amigos ou mesmo familiares fazem comentários totalmente desnecessários, que nos desmotivam muito e me entristece. Totalmente  absurdo tirar o equilíbrio emocional de uma pessoa dessa maneira. 

 Uma singela lista do que não dizer para uma pessoa pós-operada da Cirurgia Bariátrica:
"- Nossa...você vai comer só isso?
- Nossa...você vai comer tudo isso? ( Essa me mata!)
- Olha lá em hein não vai engorda tudo de novo?
- Você já operou?
- Conheço fulano que fez e morreu... e blablabla
- conheço fulano que fez e engordou tudo de novo...
- Mas você sabe que a cirurgia só dura 2 anos né, depois engorda tudo de novo
- Tadinha não pode mais comer nada...
- Nossa... você pode comer isso??? (carne, pão francês) etc
- Preferia você quando era gorda.
- Você era tão bonita.....!
- Você nem era tão grande ( meu IMC era 47)
-Emagreceu e ficou metida
-Não vejo diferença ( emagreci 72 kilos)
-Com essa cirurgia qualquer um emagrece, assim é fácil".
Estou cansada de saber que a Bariátrica não é um milagre e sim uma ferramenta que utilizo a meu favor. Não é nada fácil o inicio pós-cirúrgico. Operamos o estômago, mas a cabeça continua cheia de gulas, ansiedades e vontades. Por isso a terapia precisa fazer parte da rotina.
Voce batalha todo dia contra voce mesma, contra o que voce ama e odeia - a comida - busca o equilíbrio alimentar com ajuda médica, com remédios, com exercícios, e tenho também a plena consciência que se negligenciar com tais cuidados ou vira a tal paciente fantasma - opera e some - eu tenho grandes chances de um reganho de peso.

A impressão que tenho muitas vezes é que esperam por isso, não sei se é neurose minha, parece que esperam o dia que não caberei nos meus jeans 38/40, me olham avaliando se estou mais esguia ou roliça. Muito estranha essa sensação. Como se já tivesse na ponta da língua a mensagem imunda guardada para depois dos meus 2 anos de Gastro: "Viu só, eu sabia! " Aff.

Cultivem bons hábitos enquanto perdem peso, assim a adaptação será muito melhor e mais tranquila.

Sigo assim, matando meu leão por dia e mantendo o veneno de tais pessoas preso em suas próprias gargantas, meu pós tem sido de muito sucesso graças á Deus e pretendo me manter assim, vigilante.

O que as pessoas falam sobre mim não é problema meu. Assim que temos que pensar, e absorver somente o que for para acrescentar algo positivo, o restante descarte ou acabará pirando porque a Bariátrica está toda na cabeça.



Beijos amigos e vamos que vamos!






22 de abril de 2015

Boa Noite!!

Ontem, 21/04 Feriado Tiradentes, aproveitei pra passar o dia com meus amigos que tanto gosto, acho que há anos não vou assim espontaneamente na casa de alguém. Ao poucos, bem aos poucos vou ficando mais sociável, os passos positivos que dou são pequeninos porque os longos anos na condição de obesa mórbida me tiraram todo o frescor da vida. Resgato isso no dia -a - dia, vou respeitando meu tempo, e se somente agora quase 2 anos depois da Gastroplastia eu me sinto a vontade pra visitar um amigo, tudo bem, nada de considerar tempo perdido, tudo é lição, é aprendizado, sem tantas cobranças, a vida já nos cobra o suficiente não é mesmo? Não seja tão duro com voce.

Quando me disseram que a vida voltaria a normalidade - embora eu nunca soube o que isso quer dizer - começo a entender o porque.
Vamos fazendo tudo aquilo que pessoas comuns fazem: Comem, bebem, vestem o que desejam, saem quando desejam, ou simplesmente não fazem nada.

Eu visitei o apartamento de uma amiga querida e fiquei mais do que feliz! Significa pra mim que não me importo de ser vista, ou esperada, muito menos de ser recebida com comida, o que aliás, deixou de ser pra mim a razão de viver. Estar com pessoas que confio, gosto e fazem eu me sentir bem é tão prazeroso quanto a lasanha que saboreei demoradamente. E quando me perguntam: "Mas voce come lasanha???" Eu respondo naturalmente que sim. Sem maiores explicações, mas aqui sim eu detalho. Na minha vida equilibrada, sei que posso comer o que quiser quando eu quiser. Preciso bom senso e equilíbrio.

Eu me programei pra almoçar fora e o perfil dos meus amigos não é nada FIT kkkkk, então me comportei de maneira adequada durante os dias anteriores e me permiti uma porção de mais ou menos 150 gramas de massa. Não é hábito, não troco minha proteína diária, é esporádico, e valeu cada garfada. Isso é comer bem de fato. Sem culpa, com prazer, uma comida feita com carinho e pensei antes, não agi em nenhum momento com compulsão e soube meu limite. Nem sempre sou a rainha do controle, mas é isso que tento aprender na terapia pra compulsão alimentar, ser dona de mim.

O que quero dizer, é que para as pessoas que acham que os bariátricos viram ETs e vivem de luz porque tem 4 centímetros de estômago, não, não. Adaptação é tudo. Sabedoria também. Sabendo que 4 centímetros de estômago comporta no máximo 200 gramas por porção (meu caso), e que a parte do intestino que absorve gorduras, vitaminas, açúcares fora desviada, pense bem com o que vai preencher esses 200 gramas. E assim dá pra viver bem feliz!

Algumas fotinhas do melhor feriado de 2015:


Amigos queridos Edvan e Fernanda♥ - Um brinde a nossa amizade!



A sintonia foi grande que até nos vestimos iguais kkkk:




E fotinha da mesa com comidinha deliciosa:


Reparem nos copinhos com canudinhos pretos...caipirinha hehehehe abafa!


Dia sensacional! E o melhor de tudo...bem normal...tô me acostumando com essa deliciosa vida nova!


Beijos amigos e vamos que vamos


20 de abril de 2015


Boa Noite.

Sábado fui na balada com amigos e amigos de amigos. Abafa que eu enchi a cara de álcool...aliás tenho percebido que tenho bebido mais que o costume esses últimos tempos, falo disso depois, o assunto hoje é outro.

A minha energia em volta do tema "emagrecimento" atrai pessoas, não sei o que é isso. Juro que nem sequer toquei no assunto sobre corpos, peso, comida. Nada, nadinha. Estava eu na metade de uma garrafa de vinho, beijando um bofe gatíssimo, dançando um xote agarradinha, é...eu tô bandida kkkk e quando voltei pra mesa da galera, metade que nem conhecia, uma moça - a mais bonita do grupo por sinal - me aborda e começa falar que no ano novo eu estava na mesma festa que ela - eu não lembro - e que eu falei algo sobre ter sintonia pra poder viver a vida. Ela disse que soube que eu era obesa e entendeu porque eu comemorava tão feliz a entrada de 2015. Sorri com o comentário, e a música muito alta e o álcool não me deixava ouvir tudo o que ela falava. Conversa vai, conversa vem e a moça me confidencia que há anos ela sofre com bulimia, que já não aguenta mais vomitar o que come, que aquele dia inclusive só estava com 1 copo de leite e que por causa disso está prestes a acabar um casamento de 9 anos. Super jovem, se casou cedo com 17 anos.

Ao ouvir aquilo, meu chão abriu, a lucidez voltou rápido, já não ouvi mais a música, o efeito do vinho passou, eu captei cada palavra do que ela me falava. Primeiro perguntei porque ela estava me dizendo aquilo. Confessou -me que nem mesmo ela sabia, que faz terapia mas ainda não conseguiu chegar nesse ponto, que sofre, e que talvez eu pudesse aconselhá-la de alguma maneira, afinal eu lido bem com comida.

Tsc, tsc...ledo engano. Não sei como as pessoas conseguem ver essa força em mim, eu sofro com comida também. Não sabia se ficava lisonjeada com a confiança em mim depositada ou penalizada com a situação da moça que está tão fragilizada emocionalmente. Esse assunto me toca de fato.

Realmente a aparência não quer dizer nada, uma mulher linda, pele de seda, corpo escultural, cabelos lisos perfeitos, aposto que ninguém imagina que ela sofre com auto imagem e se enxerga gorda, gordíssima, como ela mesma me disse.

Eu a aconselhei tentar se abrir com a terapeuta, se ela sentir confiança, porque não tenho nenhuma estrutura para ajudá-la, eu disse que posso ouvi-la , conversar, e com base no que aprendi dos 12 passos dos comedores compulsivos anônimos fui falando o que vinha no coração, uma inspiração que não sei da onde saiu. Não posso dizer pra ela: Pára de vomitar, voce é linda, sua vida é preciosa! Não é assim que vai resolver. O primeiro passo foi dado, ela admitiu finalmente que está doente e precisa de ajuda.

Trocamos contato, me dispus a conversar sempre que ela quiser, e prometi não contar nada pra ninguém. Aqui no blog é meu diário então não considero fofoca, tá. Espero de coração que ela encontre o equilíbrio.

Fiquei o tempo todo com essa história na cabeça. O ser humano está doente, a sociedade nos deixa doentes, a depressão, a baixa auto estima é a nova onda do século, não temos alegria na vida, nessa vida corpos perfeitos e modelos impecáveis que é intangível para muitos e causa esse descontrole, essa fúria, essa mutilação com o corpo.

A cabeça precisa estar sã para todo o resto fluir bem. E cada dia que passa, que vivencio uma experiência assim, mais sinto forte em mim como não estamos sozinhos nessa luta.



Beijos amigos e vamos que vamos.

17 de abril de 2015

Boa Noite

E começo a viver e aproveitar cada dia de verdade 1 ano e 10 meses depois....eita coisa boa é realizar um sonho....a fila de sonhos é bem grande, o maior de todos eu consegui! Sim, sim era isso mesmo, chegar no peso ideal!!!!

Não importa qual seu sonho, não deixe que riam de voce, não dê ouvidos ao desanimo, não deixe que desistir vire uma opção na sua vida. Hoje posso dizer que sempre me coloquei em última opção, nunca acreditei em mim. Mas nunca deixei de sonhar, mesmo nos meus dias mais tristes eu chorava e presa na solidão imaginava como seria viver o que vivo hoje. Na simplicidade, na liberdade, na paz com meu peso. E se no meu sonho minha vida era tão boa e me mantinha aquecida no frio de uma depressão tão dolorida, hoje que vivo isso na carne, na realidade posso te falar que é tão melhor, tão mais profundo, sou tão mais feliz, até os dissabores me mostram como estou viva!

Vai ai fotinhas antes e depois de 22 meses de Gastroplastia, vou registrando aqui mais uma página dessa minha incrível jornada....

São 72 kilos emagrecidos em 1 ano e 10 meses, tempos de luta e de glórias








Essas fotos mostram literalmente o que fui e o que me tornei.  Eu renasci.


Beijos amigos e vamos que vamos!



12 de abril de 2015


Bom dia Amigos!

Hoje venho registrar 1 ano e 10 meses de Bariátrica. Sempre pensei como seria chegar até aqui.
Quando nos dizem que fazer as coisas repetidas vezes pode virar hábito é verdade. Comer melhor e observar o que vai á boca tem sido comum agora. Pensar antes de uma garfada compulsiva também. Tenho umas neuras crises alimentares e umas vontades doidas mas passa bem rápido também, não fico dias e dias martelando não e as vezes eu experimento um pouquinho de sobremesa com açúcar, 1 colher não me faz passar mal, e consigo me controlar embora eu ainda tome calmante diariamente.

Prova viva de que estou viciada em remédio é que hoje não tomei e cá estou na internet sem um pingo de sono na madrugada. Ponto de alerta para levar ao médico junto com a listinha...rsrs há dias não consigo comer carne vermelha, cai no estômago igual tijolo me faz lembrar o começo a adaptação com alimentação sólida. Desde que operei fiquei bem preguiçosa para mastigar então alimentos macios me chamam atenção iogurtes, mingaus, omeletes. Minha porção continua a mesma por refeição 170, 200 gramas fico explodindo kkkk, acho que não vai mudar mais.

O cabelo voltou a cair,

A tireoide esta os baixa - repetir os exames este mês

A dor no cóccix voltou

Hoje peso 66 kilos totalizando 72 kilos emagrecidos distribuídos em 1,72 de altura.

Consigo naturalmente me enxergar emagrecida, hoje até me achei magra demais olhando no espelho kkkk acho que depende da roupa, me achei chupada kkkk e por falar em roupa, ainda me admiro com o manequim 38/40 e custo a crer que são minhas roupas no varal e quando pego uma peça para passar eu olho e nunca acho que vai caber.

A manutenção da Gastroplastia requer muita disciplina na minha opinião, cuidados com médicos, alimentação, psicológico não dá pra vacilar. Há quem diga que sou exagerada e neurótica, cada um passa a experiência de uma maneira e como eu sou a tal que o " raio pega" sabia que não seria tudo fácil, mas ser obesa mórbida e carregar 138 kilos 24 horas também não era fácil então eu escolhi o meu díficil e quero enfrentar as dificuldades que a vida e um mini estômago me impõem pesando 66 kilos.

Estou tão feliz por ter chegado até aqui, nem parece realidade, está sendo a realização de um sonho de verdade, todo dia eu acordo e agradeço a Deus a oportunidade de recomeçar, tenho tanto medo de acordar e descobrir que é sonho eu caber nesse mundo, é sonho eu ser comum, não ser notada pelo meu peso, se alguém me olha é por qualquer outro motivo, menos meu peso, isso me traz uma satisfação, uma paz sem tamanho, não tenho como explicar.

Como podem perceber, as dificuldades se tornam minúsculas perto das alegrias e conquistas que esses grampos no estômago me trouxeram.



Beijos amigos e vamos que vamos.


10 de abril de 2015

Boa Noite!

Dia 17/03 visitei meu cirurgião plástico. Isso mesmo, eu tenho um cirurgião plástico, estou chique né? kkkk. Depois de visitar 7 cirurgiões escolhi o meu. Já estou apta para fazer plásticas reparadoras, não é meu grande sonho mas se tornou uma necessidade pra mim.

Aliás, são os dois lados da moeda, corrigir a flacidez que emagrecer 72 kilos me deixou talvez seja a cerejinha do bolo que tanto me falta esteticamente falando, sei que a obesidade me marcou pra sempre e que terei cicatrizes grandes até. Ainda assim ficarei feliz, pois cada vez que me olhar no espelho vou me forçar a lembrar de onde eu vim. Eu preciso disso porque tenho a tendência pra me sabotar, e a marca no corpo servirá para me manter no equilíbrio da mesma maneira que a flacidez não me deixa esquecer o pouco caso, a displicência que me tratei nos últimos 10 anos.

Agora que o foco mudou um pouco, onde minha maior vontade era perder peso, o excesso de pele começou incomodar. A barriga dormente com pequenas escoriações na pele que o atrito da roupa faz. Um sentimento estranho de fracasso começa tomar conta de mim, aquela coisa, aquela voz no pé do ouvido que fica me falando: Viu, não queria emagrecer, agora aguenta.

É tudo consequência de um psicológico fragilizado. E confesso que depois de visitar 7 cirurgiões que meu plano de saúde recomendou dentro de 4 meses eu chorei depois de cada consulta e foi um dia difícil, e de pensar que tenho que voltar pra acertar valores e forma de pagamento faz eu me sentir um lixo de pessoa.

Quem nunca fez avaliação informo: Fica-se nu e o especialista vai apontar todos os seus defeitos e o melhor jeito de te remendar, te reconstruir, te refazer, te modelar, vão te fotografar, sentir a textura da sua pele excedida, vão te tocar e é difícil mostrar sua maior fraqueza assim despudoradamente. Fico decepcionada com tantos pontos a ajustar, o nó na garganta é imediato e puxa, sempre penso que tudo isso poderia ter sido evitado se eu soubesse comer.

Decidi começar pelo abdome porque é a única plástica que o Bradesco saúde tem cobertura total e é considerada a mais agressiva. Farei o possível para conciliar 2 pela praticidade e custo benefício já que aproveitando a internação do plano a segunda cirurgia fica 40% mais barata.

Visitei o hospital Bandeirantes em SP, senti uma boa química com os médicos - serão 2 - e estou com todas as guias de exames e pedidos de laudos médicos para a cirurgia. Está tudinho aqui e quando eu decidir começar a jornada que conheço de cor, dentro de 2 meses estarei repaginada.

Ainda não estou decidida e vou aguardar a melhor recuperação da minha mãe. Enquanto isso vou convivendo aqui com meus monstros internos....



Beijos amigos e vamos que vamos!


1 de abril de 2015

Boa Noite!


E para começar Abril segue uma reflexão, eu que ando interagindo muitíssimo com uma galera que deseja viver o melhor possível.


Quando pergunto o motivo pelo qual a pessoa quer emagrecer, 98% das pessoas me dão a seguinte resposta:
"Quero ter saúde. Quero ter mais disposição."

Sei que, para muitas pessoas, isso é verdade. Mas também sei que muita gente quer emagrecer para ficar mais bonita mesmo. É a mulher que deseja ficar atraente para o marido. É o gato querendo aquela gatinha. Não adianta vir me dizer que só é saúde e que não tem a questão estética, pois eu sei que não é verdade. Tanto é que algumas pessoas continuariam comer coisas ruins se não engordassem e também tem aquelas que emagrecem com dietas malucas. Quem emagrece com dieta maluca não quer saúde, só quer estética mesmo, é o desespero da mudança, também conheço essa parte.

Bem, já que existe uma questão estética também que serve para atrair pessoas, quero dizer que não adianta você ficar magra, bonita se a sua cara está sempre fechada. Olha que triste contradição. A pessoa quer ficar magra para se tornar atraente e espanta todo mundo com aquela cara fechada "sou a dona do mundo, a poderosa"

Mas eu sei de onde vem esse orgulho besta....pois vivi e vivo o outro lado da moeda, conseguir vencer a obesidade e resistir aquelas coisas deliciosas que parecem comida requer muita força, e ai voce se sente um tanto superior. O que de fato é verdade, voce se torna dono do seu mundo, superior as suas vontades e vícios, emagrecer não te faz melhor do que ninguém, só melhor do que voce foi um dia! Orgulhe-se de voce sim, da sua garra, da sua vitória, sem menosprezar jamais quem quer que seja, mesmo aqueles idiotas que riram da sua luta, mesmo eles merecem nosso respeito e compaixão.

Seja o exemplo, seja motivo de alegria e um motivador de pessoas. Afinal, não foram pessoas assim que te incitaram a começar a mudar?!

Nessa vibe de projeto verão, projeto cinturinha, projeto fitness, projeto sem canga (o meu) kkkk, que tal além de emagrecer, inserir em sua sua vida o #ProjetoSorriso? Comece a partir de agora a sorrir com todas as forças. Você verá que isso lhe deixará muito mais atraente para as pessoas. Sorria mesmo se não tiver vontade. Receber um sorriso é gratificante, receber um obrigada por compartilhar não tem preço, isso desarma. A humildade e caridade sempre será o melhor caminho para conseguir se manter em equilíbrio. 

Hoje mesmo, voltei a trabalhar depois de 9 dias em casa com Dengue. Muito trabalho, dificuldade de concentração, dor no corpo, mas fui abordada por uma pessoa que queria conversar um pouco sobre a demora na cirurgia do noivo. Parei tudo depois que recebi o sorriso dela de boas vindas, isso porque só trocamos bom dia na rotina do dia a dia, trabalhamos em setores opostos e isso mudou tudo, muda a forma de encarar o dia, um simples sorriso. Ouvi pacientemente as queixas, dei minhas sugestões e agradeci por ela ter compartilhado comigo, me ajuda manter no foco saber que existem pessoas buscando o que eu tanto almejei. 


Um simples sorriso carrega todo esse poder.

Beijos e vamos que vamos, temos mais 1 mês novinho pra gente recomeçar. :)



30 de março de 2015

Boa tarde!

Amigos

A Dengue está aqui judiando de mim:( e enquanto isso vou atualizando aqui. Completou 1 mês que minha tia veio pra ajudar.
A recuperação da minha mãe está devagar e constante. Nem tenho palavras para agradecer á família por todo apoio que tenho recebido, minhas irmãs maravilhosas ajudaram muito e quando eu comecei a me desesperar, com medo de encarar tudo sozinha minha tia veio e tem ajudado com muita boa vontade. Passa os dias com minha mãe auxiliando, me ajuda com meu filho, com a casa, tudo.
Dessa forma eu vou trabalhar com a mente em paz.

Minha mãe ainda não voltou andar, mas se locomove com ajuda de andador, faz as refeições na mesa, já voltou a tomar banho sozinha. A carga ficou bem mais leve assim. Vamos seguindo confiantes e mais 2 semanas ele poderá andar...ufa!

Dia 27 fez 1 ano que tirei a vesícula, nunca mais aquelas dores horríveis, eita motivo bom pra comemorar kkkk

Ainda não voltei a malhar, estou tão sedentária...ser magra e não ter condicionamento físico não resolve nada, ou quase nada kkkkk, estou cansando muito fácil, não vejo a hora de voltar dançar , treinar, e pasmem agora: Que saudade da academia!

Continuo me pesando somente ás segundas-feiras, esse dia eu escolhi como dia de pesagem e 1 vez na semana está ótimo, se deixar quero me pesar todo dia, então parei de neurose e me peso ás segundas, assim tenho um motivo para me equilibrar no final de semana, para gostar do resultado na Segunda, legal né. Mesmo os finais de semana que exagero na bebida kkkk, que nem é tanto assim....3 caipirinhas é mais que suficiente.....hehehehe

Ás vezes fotografo meu peso pra registrar e hoje levei um susto, a balança marcou 65,8, caraca!! Quase minha meta de vida!! Fiquei mais surpresa do que feliz, sei que abaixou o peso por causa da dengue, não foi saudável, mas tudo bem, não se renega quilos a menos na balança kkkk


To me sentindo a mulher mais leve do universo!!

Estou contanto as horas para acabar Março...sabe aquela sensação que tem algo pra acontecer? Acordei assim hoje.


Beijos e vamos que vamos.

26 de março de 2015

Boa noite meus amigos!

Fiquei super emocionada lendo as mensagens no face, e aqui no blog peguntando sobre minha ausência. Obrigada pelo carinho.

Eu estou com DENGUE. E por experiência própria, é muito mais ruim do parece. é um Ó.

Desde domingo não consigo me alimentar de nada sólido, tudo me faz vomitar, até o comprimido pra dor. Tava dificil olhar pra luz, hoje melhorou bastante as vistas então rapidinho vim pra cá. Meus dias tem se resumido na cama literalmente.

Não tem foco de dengue na minha casa, os agentes sanitários vieram aqui. Provavelmente foi na empresa, já que mais pessoas contraíram também. Aqui em SP está um surto de Dengue, que só por Deus. E essa doença realmente acabou comigo, estou bastante debilitada.

Todo tempo lembro-me da dieta líquida, é engraçado. Gatorade na mão - que não tomava desde que fui liberada da dieta líquida - dificuldade na deglutição, os vômitos frequentes, a fraqueza, a dificuldade de raciocinar. A sensação que eu tenho é que voltei ao tempo tirando as dores no corpo né kkkk.
Dia desses com febre alta, acho que quase alucinando, cheguei a levantar a blusa no espelho, porque jurava que os furinhos do vídeo estavam ardendo, fui conferir. Realmente a Gastroplastia me marcou profundamente.

O médico me deu alguns dias em casa e sempre que as dores de cabeça me der trégua, venho aqui contar as boas novas!

Beijos meu amigos, não pode desanimar, cuide da família, elimine os focos do mosquito!

Vamos que vamos.


15 de março de 2015

Boa Noite Amados!

Evoluir durante esses 1 ano e 9 meses tem sido um aprendizado diário que gosto de compartilhar com voces.

Registrar com fotos, anotar o peso perdido não simboliza para mim somente um corpo sendo enxugado, encolhido, apequenando. Significa a concretização de sonhos de infância, certeza do caminho escolhido, significa força diária, saúde, beleza, sorte, felicidade, realização em todo o sentido da palavra.

Consegue entender a importância de registrar a evolução? Olhando fotos quase consigo apalpar o passado, e não com aquela dor melancólica de uma obesa compulsiva e solitária, quase apalpo enquanto separo a foto da montagem, um passado de esperança tão grande, de fé que este dia chegaria e agora ele está aqui e posso desfrutar da maneira que me convier.

Vencer a obesidade é muito importante pra mim, Me manter saudável e em forma é um desafio. Eu decido agora como quero lutar. Tratamento requer disciplina, é muito difícil, porém ser obesa também era difícil.

Segue fotinhas para incentivo meu - eu mesma me incentivo kkk - e para quem precisa de um pouco de força na jornada:



 Hoje minha vida tem  cor, tem sabor, hoje eu sorrio livremente, sem vergonha, hoje posso ser quem eu sou, a obesidade não me esconde mais.


Beijos meus amigos e vamos que vamos!



12 de março de 2015

Boa Noite

E hoje venho comemorar minha evolução cirúrgica. Completando 1 ano e 9 meses de cirurgia, solto sim o clichê: Parece que foi ontem. Háaaaa vindo aqui quando chega todo dia 12 e quando conto parte do meu processo, como fiz hoje ao encontrar um amigo o trabalho que opera no próximo dia 25, sinto o mesmo friozinho na barriga, sinto aquela mesma sensação de: Agora eu vou conseguir! É uma delícia que não consigo mensurar. Não esqueço um dia sequer, é muito importante pra mim.

Ainda estou em lua de mel com a Bariátrica, ainda como com cardápio, embora já o sei de cor, sigo conforme minha nutri recomendou. Não faço maluquices alimentares, vez ou outra me permito uma garfada num bolo com açúcar, tomei uma sorvete de palito com açúcar pela 1ª vez - fiquei enjoada a tarde inteira - sei meus limites, raríssimo mesmo acontecer dumping porque tenho uma alimentação limpa. Não sou a Santa do Bypass, longe de mim, mas como o mais correto possível, priorizo as proteínas, carboidratos de baixo índice glicêmico, comida pobre em gordura e rica em fibra, e ás vezes troco tudo isso por 1 pão frances sem miolo ou uma cumbuquinha de sopa rsrsrs, dias de glória kkkkk. Isso foi o que escolhi pra mim como meta de vida. Vencer a compulsão alimentar e ter boa convivência com a obesidade me mantendo em forma e com taxas normais, saudáveis. Com ajuda médica e muita força de vontade tenho conseguido sucesso nessa empreitada. Por porção 200 gramas sem líquidos.

Exercícios tenho deixado a desejar, há semanas não apareço a academia, vou esperar minha mãe melhorar um pouco mais e volto com tudo, animada eu estou. Faço uma caminhada forte 2 ou 3 vezes na semana e as vezes uma corridinha e tem semana que nem saio de casa, fico com aquela sensação de culpa como se estivesse me burlando, o que não deixa de ser verdade.

Esse mês não emagreci nenhum grama, me pesei no médico deu 1 kilo a menos - ele me repreendeu - kkk hilário, mas me baseio na minha balança e ela acusou hoje cedo os mesmos 67,2 kilos e sim, eu sorri quando vi, fico boba, agradecida, orgulhosa, surpresa, tudo junto kkkkk

Até agora a pior parte de todo processo cirúrgico, adaptação, emagrecimento é o emocional. Tenho imensa dificuldade em lidar com a falta de prazer que antes a comida me proporcionava, não consigo tapar esse buraco de forma nenhuma, semana que vem, volto pra terapia, ainda não voltei por comodismo, mesmo sabendo que a cabeça não tá legal, estou tomando calmante para conseguir dormir e parar de pensar em comida e mesmo assim estou um pouco resistente em voltar, certeza que troco de terapeuta.

A vida tem sido assim, dias difíceis, dias fáceis, felizes, tristes, como tem que ser.

Caraca, sou eu mesma? Eu peso só isso? Eu estou conseguindo manter meus kilos perdidos assim com essa disciplina que tem me exigido menos? Meus Deus, que medo de acordar!

Minhas blusas são P ;)
Tenho 1 shorts 38 ;)
Só tenho saltos :)
Vivo maquiada :)
Vivo escovada:)
Vivo de unhas feitas:)
Vivo cheirosa:)
Vivo sorridente:)
Vivo toda esperançosa:)



Viva a Gastroplastia!


Beijos amigos e vamos que vamos.

Quem sou eu

Minha foto

Sou Silvia, romântica de alma, sonhadora e agora em busca do renascimento, um corpo saudável. No dia 12/06/2013 me submeti a cirurgia bariátrica, fiz o Bypass Gastrico em Y de Roux por video pelo convênio Bradesco no Instituto Garrido, depois de muitos meses pensando, enfim decidi! Vou dividir com voces a jornada da cirurgia, principalmente a parte burocrática e adoraria fazer novas amizades! bem vindos no meu diário, ele está aberto.

Pesquisar este blog

Evolução mês a mês

  • 12/06/2015 66,5 kilos 2 anos
  • 12/05/2015 66,5 kilos
  • 12/04/2015 66 kilos
  • 12/03/2015 67,2 kilos
  • 12/02/2015 67,2 kilos
  • 12/01/2015 68,6 kilos
  • 12/12/2014 69,2 kilos
  • 12/11/2014 69,5 kilos
  • 12/10/2014 70 kilos
  • 12/09/2014 72 kilos
  • 12/08/2014 73 kilos
  • 12/07/2014 73 kilos
  • 12/06/2014 73,5 kilos - 1 ano
  • 12/05/2014 74 kilos
  • 12/04/2014 75 kilos - meta médica
  • 12/03/2014 80 kilos
  • 12/02/2014 83 kilos
  • 12/01/2014 85 kilos
  • 12/12/2013 90,7 kilos
  • 12/11/2013 94 kilos
  • 12/10/2013 100 kilos
  • 12/09/2013 105 kilos
  • 12/08/2013 111,5
  • 12/07/2013 118,5 kilos
  • 12/06/2013 Maior peso 138 Kilos dia da cirurgia

Siga- me por e-mail!

Google+ Followers

Tecnologia do Blogger.

Minha lista de blogs