Barrinha da evolução de Peso

25 de dezembro de 2014


Boa Noite meus amigos.

Espero que não seja tarde para  desejar um feliz Natal á todos. Desejo que o amor de Cristo renasça em todos os corações trazendo paz e união, muita fé e dias de plena saúde.

Não associem festas de qualquer espécie com comilança desenfreada, festejar não significa comer até não poder mais, aprendi isso ao longo da minha jornada em busca de um corpo saudável. Eu sei o quanto é difícil principalmente em festas natalinas onde a ceia contém comidas que não vemos o ano todo.

Pra mim é muito mais fácil passar pela ceia quase ilesa, já que minha família aqui em SP resume-se em minha mãe e meu filho, então fazemos coisinhas básicas, um jantar especial simples, mas para quem vai em grandes festas e enfrenta como eu a compulsão alimentar, faço as dicas da terapeutas as minhas:

Sente-se longe da mesa principal;
Faça um lanche antes de sair de casa;
No dia de festa não pule refeições e não belisque;
Converse bastante, fique linda e maquiada;
Não esvazie rapidamente o copo com bebida alcoolica ( para os bariátricos, não consuma bebidas gaseificadas, no máximo uma taça de espumante e só).
Coma sim uma sobremesa que te agrade, olhe bem a mesa, escolha o que realmente estiver com vontade 1 sobremesa não estraga seu propósito;
Coma o que escolheu sem culpa afinal voce tem controle sobre seu prato;
Se desvie de assuntos que lembrem comida ( tipo: "Voce viu o novo panettone trufado?" ou "Me poupei para comer tudo agora") Desconverse, mude de assunto, há tantas coisas boa para falar...

São pequenas dicas que fazem toda a diferença, não se deixe levar pelo prazer momentâneo, a felicidade maior do que comer tudo o que minha cabeça pede, é acordar e sentir o sabor da vitória, de conseguir fazer tudo dentro do meu possível com equilíbrio.

Curta os amigos, a família, o clima, tudo!

Meu pratinho da ceia:

Tudo 1 colher de sopa:

Farofa de milharina com palmito, clara e linguiça, arroz, chester; salada de batata com maionese e azeitona.
Meu prato pesou 139 gramas e fiquei satisfeita e feliz, comi de tudo um pouquinho.


Depois 50 ml de suco de laranja:


Líquidos não caem bem com comida, dei só 2 goles. Normalmente tomo um copo grande de 250 mls porém sem comida rsrsrs, os dois não cabem.

A sobremesa ficou pra hoje, comi 1 colher de pudim de leite, mas doces não fazem bem fiquei enjoada e tive que deitar um pouco...nem sei pra que comi, o cheiro estava tão gostoso o sabor não, meu paladar para doces mudou muito durante esse 1 ano e meio de Bariátrica - ainda bem - e agora vim aqui escrever mais essa experiência pra vcs.


Beijos meus amigos e vamos que vamos.




6 comentários:

  1. Ai, como foi ruim não pode come chester, ameixa D: , essa dieta líquida é de matar, mas valerá a pena ^^ , é isso, comer de tudo sempre, mas em pequenas quantidades :*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Monica, pensa no proximo Natal que poderá comer e nem vai querer :)
      Vida nova!!! Parabéns pela cirurgia!!!!
      Beijos

      Excluir
  2. Hmm que delícia seu pratão! (tinho haha)

    Eu morreria se enjoasse sempre com doces :/ Exagero, tá. Mas gosto muito de doces!

    Eu escolhi comer. E seu post me deixou com um pé atrás sobre isso, confesso. Mas, deixa pra lá. Escolhi comer, então depois vejo isso. Sem culpas! Mas suas dicas são ótimas! (Como sempre :D)

    Beijoca!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Folha, o que eu relutava contra a bariátrica era a possibilidade de ter reação ao açucar, sou muito fã de doce. E incrivel que pareça tenho dumping com incrivel facilidade paree até psicológico ou estva prevendo mesmo kkkk e como sempre são escolhas. Pensei que ia morrer tbm e cá estou vivinha da silva hahahaha

      Vc escolheu comer, ótimo se foi sem culpa, pelo mesno penso assim. Agora pensa no quer fazer daqui para frente!
      Beijos

      Excluir
  3. Silvia, muito bonito teu prato e o melhor, tem de tudo um pouco :)
    Invejo teu autocontrole, hehe!
    Na minha casa é tranquilo também, família de 5 pessoas e apenas a ceia do dia 24, não se estende muito a comilança.
    Passa tão rápido que não vale a pena se empanturrar.
    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nina, penso que nem vc. Passa mto rapido e a culpa permanece em mim mto tempo. Peso isso na balança agora. Eu sou a rainha da crise alimentar...estou longe minha amiga do auto controle...só Deus sabe a Silvia gorda e comilona que habita em mim e tenta sair goela acima....

      Beijos

      Excluir

Quem sou eu

Minha foto

Sou Silvia, romântica de alma, sonhadora e agora em busca do renascimento, um corpo saudável. No dia 12/06/2013 me submeti a cirurgia bariátrica, fiz o Bypass Gastrico em Y de Roux por video pelo convênio Bradesco no Instituto Garrido, depois de muitos meses pensando, enfim decidi! Vou dividir com voces a jornada da cirurgia, principalmente a parte burocrática e adoraria fazer novas amizades! bem vindos no meu diário, ele está aberto.

Pesquisar este blog

Evolução mês a mês

  • 12/06/2015 66,5 kilos 2 anos
  • 12/05/2015 66,5 kilos
  • 12/04/2015 66 kilos
  • 12/03/2015 67,2 kilos
  • 12/02/2015 67,2 kilos
  • 12/01/2015 68,6 kilos
  • 12/12/2014 69,2 kilos
  • 12/11/2014 69,5 kilos
  • 12/10/2014 70 kilos
  • 12/09/2014 72 kilos
  • 12/08/2014 73 kilos
  • 12/07/2014 73 kilos
  • 12/06/2014 73,5 kilos - 1 ano
  • 12/05/2014 74 kilos
  • 12/04/2014 75 kilos - meta médica
  • 12/03/2014 80 kilos
  • 12/02/2014 83 kilos
  • 12/01/2014 85 kilos
  • 12/12/2013 90,7 kilos
  • 12/11/2013 94 kilos
  • 12/10/2013 100 kilos
  • 12/09/2013 105 kilos
  • 12/08/2013 111,5
  • 12/07/2013 118,5 kilos
  • 12/06/2013 Maior peso 138 Kilos dia da cirurgia

Siga- me por e-mail!

Google+ Followers

Tecnologia do Blogger.

Minha lista de blogs