Barrinha da evolução de Peso

17 de dezembro de 2014

Boa Noite

Na hora que sentei no ônibus li isso numa pichação no banco da minha frente: “E se hoje for seu último dia?!”

Fiquei pensando o tempo todo nessa frase, estou mesmo sugestionável esses últimos dias, acho que falta do excesso do açúcar e carboidrato faz isso – comigo – rsrsrs. Resolvi fazer um pouco diferente, meus planos eram chegar correndo em casa, trocar de roupa, caminhar e voltar a tempo pra janta e ver uma série. Planos egoístas e rotineiros. E se fosse mesmo meu último dia? Eu estaria feliz até ali? Orgulhosa? Com sentimento de papel cumprido? Tsc....tsc.

Liguei em casa, pedi para meu filho se arrumar, íamos dar uma volta.  Há tempos ele me pede para tomar um milk shake e eu sempre dizendo não, ontem cedi , fomos na lanchonete ele tomou 2 goles e disse que nem era tão saboroso igual na TV – a propaganda diz: tome até última gota de felicidade – Ele me perguntou se precisava tomar até última gota,  “lógico que não! Podemos jogar fora, não tem problema. ” O negócio dava Dumping só de olhar.

Aproveitei a deixa e mandei logo: “ Sabe Alisson, o que você vê na TV não é verdade, ninguém é feliz porque toma milk shake. Somos bem mais felizes quando comemos a carninha picadinha da vovó, ou quando você me ajuda espremer a laranja do nosso suco, é tão gostoso geladinho não é? O lanche, o refrigerante é gostoso, mas não é isso que faz você ficar feliz, não precisamos comer isso porque na TV parece divertido consegue entender?”  Não sei se falava isso pra ele ou pra mim.

Ainda no lance do último dia, disparei “Voce sabe que eu te amo muito?” Ele respondeu com a maior naturalidade do mundo “Aham, eu sei .” Se fosse um adulto falando soaria irônico sem dúvidas, mas tratando –se de uma criança foi reconfortante. Será que consegui cutucar onde queria? Não sei lidar muito com questões familiares, explicar coisas, sempre fujo de explicações tipo porque tem menino e menina, de onde eu vim, porque meu pai não mora com a gente, essas coisas, mas tratando –se de obesidade e alimentação de fato me esforço. A sombra da obesidade me acompanha, claro. E geneticamente aos meus . Não gosto de imaginar meu filho passando por tudo o que passei, e quero plantar a semente dos bons hábitos nele também. Hoje em dia ele é um fofo, lindo, mas cá entre nós esses adjetivos tendem a mudar daqui uns anos se ele continuar com engorda, e cara como é difícil!

O passeio foi pra lá de produtivo, ás vezes uma coisa simples me chacoalha, costumo dizer que sou muito lenta rsrsrs, deixar a vida rolar solta não pode, mas é bom pensar ás vezes que podemos não ter outra oportunidade, então não deixe para depois realmente, comece agora a mudança que você tanto deseja, dizer eu te amo, eu sinto muito e porque não vou recomeçar hoje, mesmo que seja meu último dia? 

Não desista de voce!



Beijos e vamos que vamos.


6 comentários:

  1. que bom que foi curtir seu pequeno, amanha retorno no cirurgião com todos os exames e laudos... positividade... só to com medo da perícia.
    podíamos marcar um dia um encontro e eu levava o meu pequeno... ele tem 7 anos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Samira, sim como te falei no waths vou adorar encontrar vcs! Vou esperar passar o final do ano que está corrido e a gente marca um piquenique com os pequenos...beijokas

      Excluir
  2. Adorei a conversa com o pequeno. ♥ É isso aí, Sil! Nos deixe orgulhosas :) E a si mesma também!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada folha, estou me esforçando para mudar as coisas por aki.
      Bjos

      Excluir
  3. Que post lindo!!!
    Realmente não vivemos como se fosse o último dia... Atropelamos tudo e o mais importante geralmente não é dito e nem vivido.
    Mudar de ideia, no rumo do dia e nas escolhas com certeza faz a diferença.
    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, ás vezes é bom sair dos trilhos...no bom sentido claro hehehehe
      Bjos

      Excluir

Quem sou eu

Minha foto

Sou Silvia, romântica de alma, sonhadora e agora em busca do renascimento, um corpo saudável. No dia 12/06/2013 me submeti a cirurgia bariátrica, fiz o Bypass Gastrico em Y de Roux por video pelo convênio Bradesco no Instituto Garrido, depois de muitos meses pensando, enfim decidi! Vou dividir com voces a jornada da cirurgia, principalmente a parte burocrática e adoraria fazer novas amizades! bem vindos no meu diário, ele está aberto.

Pesquisar este blog

Evolução mês a mês

  • 12/06/2015 66,5 kilos 2 anos
  • 12/05/2015 66,5 kilos
  • 12/04/2015 66 kilos
  • 12/03/2015 67,2 kilos
  • 12/02/2015 67,2 kilos
  • 12/01/2015 68,6 kilos
  • 12/12/2014 69,2 kilos
  • 12/11/2014 69,5 kilos
  • 12/10/2014 70 kilos
  • 12/09/2014 72 kilos
  • 12/08/2014 73 kilos
  • 12/07/2014 73 kilos
  • 12/06/2014 73,5 kilos - 1 ano
  • 12/05/2014 74 kilos
  • 12/04/2014 75 kilos - meta médica
  • 12/03/2014 80 kilos
  • 12/02/2014 83 kilos
  • 12/01/2014 85 kilos
  • 12/12/2013 90,7 kilos
  • 12/11/2013 94 kilos
  • 12/10/2013 100 kilos
  • 12/09/2013 105 kilos
  • 12/08/2013 111,5
  • 12/07/2013 118,5 kilos
  • 12/06/2013 Maior peso 138 Kilos dia da cirurgia

Siga- me por e-mail!

Google+ Followers

Tecnologia do Blogger.

Minha lista de blogs