Barrinha da evolução de Peso

9 de outubro de 2014

Boa noite amigos.

Voce é diagnosticado com compulsão alimentar, faz a cirurgia bariátrica e começa a terapia que parece não ter mais fim. Todos terapeutas são unânimes: Precisa desviar o prazer da comida. A minha ousadia foi tanta que pedi alta médica para minha terapeuta. Resultado: Minhas sessões aumentaram 30 minutos. Rá. Eu tenho sérios problemas com alimentação, sempre tive.

Ok, ok. Eu tento, e é sério, tento pra valer. Mas achar um substituto para tal coisa é praticamente
impossível!! Gosto pela leitura, tenho desde os 12 anos. Amo filmes, series, documentários, Faço unha, bordo, já arrisquei até crochê. Atividade física faço pelo costume e obrigação. Agora comparar isso tudo com um belo pedaço de bolo é sacanagem. kkkkk .

Falando em sacanagem, quando dizem que o compulsivo tem um prazer exagerado na comida, que o sabor é ampliado, pode-se de dizer que equipara-se ao sexo. O prazer é semelhante. Hoje em dia talvez não, talvez...não tenho certeza ainda....hahahaha, trocaria facilmente uma noite de amor com o homem dos meus sonhos por um prato de comida.

Mas deixo claro aqui que nem todo obeso tem compulsão alimentar, ás vezes a obesidade está ligada á problemas metabólicos, como diabetes, problemas hormonais, problemas no rim, não é só gostar de comer que te engorda. Acho que para essas pessoas seguir na RA é muito mais tranquilo do que pra mim, que nunca tive doença associada a obesidade, nunca tive comorbidades por conta do peso, posso me intitular como a gordinha sem vergonha, nunca tive diabetes, colesterol, pressão alta, dores nos ossos, esteatose, nadinha, meus problemas sempre foram emocionais, depressão, baixa auto estima, e fome, muita fome, apego alimentar fora do comum, eu podia passar o dia todo mastigando qualquer coisa sem problema.

Fazer a Gastroplastia em um compulsivo é  o mesmo que dizer: A partir de agora voce fará sexo - para sempre- mas nunca chegará ao orgasmo. É a mesma coisa, não posso mentir. Porque comemos muito pouco, 150 gramas satisfaz o mini estômago, mas a cabeça precisa mais, muito mais, é ai que a terapia precisa tratar. Conheço pacientes bariátricos que não tem problema algum, seguem de boa, eu me sinto um pouco presa ainda, tenho medo. Daqui a pouco faço 3, 4 , 5 anos e ainda nessa busca louca e frenética pelo controle na comida, será que nunca terá fim? Nunca terei alta da equipe multidisciplinar? Nunca comerei sem cardápio? Até que ponto isso é normal? Estou tendo sucesso no tratamento? Ainda não sei, não tive feedback.

Faço apologia á Bariátrica sim, para mim foi o divisor de águas e nossa....se voltasse o tempo faria tudo novamente do mesmo jeito. Talvez usaria uma cinta todo o tempo para o intestino não sair do lugar, porque meu...doeu pra caramba hehehe, fora isso, faria tudo igualzinho. Porém fica muito difícil lidar com vício tirado assim bruscamente. Já tem quase 1 ano e meio de terapia e ainda não desvinculei o prazer, porque não encontro prazer semelhante, comer é bom pra caramba! Ainda como em prato de sobremesa e mesmo pesando a comida quase todo dia, cismo em deixar um tantinho no prato, como se comer tudo o que coloquei fosse errado. Isso é chato.

Costumo dizer que depois da Bariátrica perdi 50% do prazer na comida, é verdade, a comida perdeu um pouco a graça, o cuidado que comer me exige me cansa, perco logo o interesse, ás vezes quero muito comer algo, quando engulo 2 pedacinhos pronto, não quero mais. No fundo eu sei que busco ainda aquele prazer indescritível que comer me causava em velhos tempos. A luta fica travada ai, eu quero sentir o mesmo prazer comendo bem menos e não quero voltar a ter problemas com o peso. Impossível, mas onde achar um prazer igual? Porque sinceramente não acho. Tudo que os profissionais me indicaram até hoje como formas de prazer é superficial, engana bobo, sabem?

Eu vou bem, muito bem, como bem, nem eu acredito que há tantos meses sigo na RA assim, foi um marco chegar até aqui. Me sinto muito feliz por isso, mas falta uma coisa...não sei bem explicar, falta um pinguinho no i.....sei lá....estou meio doida.

Me ver emagrecida compensa e dá um baita prazer, mas não é todo dia que me vejo magra, depende do meu humor....rsrsrs, ainda bem que na maioria dos dias estou de boa...kkkkk

Por isso insisto em dizer, que nosso emagrecimento está todo na cabeça, e não é fácil se desfazer dessa fome emocional e realmente precisa ter foco, muito foco.


Só pra distrair um pouco hahahaha:



Beijos e vamos que vamos!


6 comentários:

  1. Silvia hj faço 9 dias de operada. Obrigada pela força que seu blog me deu. A sede está acabando comigo kkkkk. Vou te contando como estou. A luta eh grande!!!! Bjss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ana Paula, que bom ter noticias suas, eu que agradeço seu carinho comigo! Te desejo uma otima recuperação....e olha eu sei que a sede atormenta mesmo, até hoje tenho problemas com a sede viu. Umas dicas pra vc neste comecinho: Mastigue gelo, os pedacinhos, tome seus golinhos de agua geladinha com hortelã, faça sacolé de gatorade ou suco de frutas, meu preferido era bater melancia pura com hortela e congelar, ficava chupando...era uma maravilha...rsrsrs e força ai! Beijos

      Excluir
  2. Ai amiga, que vício!!!
    No meu caso há um prazer enorme em comer, mas mais ainda, a comida é um prazer imediato que acaba por satisfazer a minha necessidade de estar no controle, e consequentemente fazer o que gosto, SEMPRE! Aquela questão toda do sistema de recompensas do cérebro, de querer sempre mais a sensação... Demorei a perceber dessa forma, acaba por ser um refúgio, assim como as drogas e o álcool o são para os viciados nestas substâncias.
    É preciso reprogramar muita coisa, desviar o foco, procurar outro prazer, mas é difícil mesmo!!! E é uma sensação de que a vigília deve ser constante...
    Mais uma vez me identifiquei com o post. Te vejo no caminho certo e em busca do melhor, também quero me sentir assim :)
    beijos com carinho

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nem Fala amiga, que vicio chato, que nos anula, nos deprime. Esse prazer imediato que dura tão pouco e nos faz tão mal.
      Essa sensação de vigilia constante cansa e parece que aguça ainda mais a compulsão, tenho certeza que vai encontrar seu equilibrio, eu creio!
      Sabe que ontem resolvi fazer um teste na net mesmo para o nível de compulsão, sei lá, talvez alguma coisa tivesse melhorado. Pelas respostas, minha amiga continuo com compulsão grave :( mas vamos em frente, a luta não acabou pra nós. Beijos

      Excluir
  3. HAHAHAHAHAHA O FINAL! Você é demais!

    Eu não posso te ajudar nessa, minha amiga. Te entendo e nada supera o prazer de comer. Orgasmo é bom, muito bom, mas logo depois dele, o pensamento já volta pra comida. Tem gente que fuma depois do sexo. E tem gente que come... Já diz tudo. Vícios...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkkk, é vdd, não tinha pensado nisso...kkkkkkk ri muito

      Excluir

Quem sou eu

Minha foto

Sou Silvia, romântica de alma, sonhadora e agora em busca do renascimento, um corpo saudável. No dia 12/06/2013 me submeti a cirurgia bariátrica, fiz o Bypass Gastrico em Y de Roux por video pelo convênio Bradesco no Instituto Garrido, depois de muitos meses pensando, enfim decidi! Vou dividir com voces a jornada da cirurgia, principalmente a parte burocrática e adoraria fazer novas amizades! bem vindos no meu diário, ele está aberto.

Pesquisar este blog

Evolução mês a mês

  • 12/06/2015 66,5 kilos 2 anos
  • 12/05/2015 66,5 kilos
  • 12/04/2015 66 kilos
  • 12/03/2015 67,2 kilos
  • 12/02/2015 67,2 kilos
  • 12/01/2015 68,6 kilos
  • 12/12/2014 69,2 kilos
  • 12/11/2014 69,5 kilos
  • 12/10/2014 70 kilos
  • 12/09/2014 72 kilos
  • 12/08/2014 73 kilos
  • 12/07/2014 73 kilos
  • 12/06/2014 73,5 kilos - 1 ano
  • 12/05/2014 74 kilos
  • 12/04/2014 75 kilos - meta médica
  • 12/03/2014 80 kilos
  • 12/02/2014 83 kilos
  • 12/01/2014 85 kilos
  • 12/12/2013 90,7 kilos
  • 12/11/2013 94 kilos
  • 12/10/2013 100 kilos
  • 12/09/2013 105 kilos
  • 12/08/2013 111,5
  • 12/07/2013 118,5 kilos
  • 12/06/2013 Maior peso 138 Kilos dia da cirurgia

Siga- me por e-mail!

Google+ Followers

Tecnologia do Blogger.

Minha lista de blogs