Barrinha da evolução de Peso

1 de setembro de 2014

Boa Noite!

Segunda- Feira, dia mundial de começar a dieta e ainda de quebra dia 1º e ai vamos nessa? kkkk

Troquei minha terapia para as Segundas pela manhã, talvez assim me sinta mais forte para encarar a semana, mas sei lá...de cara acho que não deu certo, fazer análise logo cedo nessa segundona brava...me deixou mal o dia todo, foi chato.

Falar sobre nós mesmos é um porre, e falar ainda dos seus inúmeros problemas com a comida é mais ainda,
ás vezes falo tanto de comida que saio da terapia querendo comer, ou fico deprimida, tá esquisito.
Para seguir em frente, abandonar o vício e o antigo eu preciso me desamarrar de nós, de antigos laços, perdoar, esquecer. Mas o que? Tá ai o X da questão. Não sei direito como começar, não guardo rancores, mágoas de nada nem ninguém, será que é isso mesmo? Não sei o que estou deixando passar.

Ainda não encontrei outra fonte de prazer, que não seja comer. A parada é dura, kkkk. Tenho um imenso prazer em ver o ponteiro da balança baixar, o que não me acontece há meses, ando estagnada a amarrada em 73 exatos quilos. Bom, em velhos tempos de sanfona, é melhor assim que vê-lo subir. As coisas perderam um pouco a graça desde que emagreci, antes tinha enorme prazer na leitura, sempre fui amante de livros, ficava horas na biblioteca, olhando todo acervo e escolhia a dedo quais levar pra casa, lia 2 por semana, mesmo trabalhando, estudando, cuidando de filho e tals, agora tenho aqui acumulado 10 livros que nem pus as mãos, sem interesse nenhum, e agora 11, porque fui na Bienal e comprei mais 1. Tá autografado e é suspense...acho que vou ler esse aí. O último livro que consegui terminar foi o: Eu não consigo emagrecer - Dr. Pierre Dukan, chega a ser cômico.

Não acho graça em mais nada, ultimamente tenho cumprido minha obrigação. Exercícios, comida, trabalho. Estou de corpo e nada de alma, não curto, não aproveito, saio e não consigo me divertir, não entro no clima, sem tesão pelas coisas, entendem? Mas não estou triste, estou indiferente. Como amarrar todas as pontas? Viver em um corpo magro é delicioso e extremamente cansativo - algumas vezes - o que eu preciso mesmo é de uma lavagem cerebral que faça parar de pensar em comida.

Como posso ter pulso firme, ser rígida com minha alimentação e correta, quando em outros campos da minha vida tudo rola a vontade? É ciclo, uma coisa engatilha na outra. Quero ter uma alimentação equilibrada, 100 % e não tenho autoridade com meu pequeno, não me imponho diante das opiniões alheias, não me imponho no trabalho, e na hora de comer quero me impor? Dá para conseguir isso? Não mesmo, tenho que trabalhar todos os ângulos, me libertar, aprender. Tenho que entender o que foi que aconteceu que esfriou as engrenagens.

A terapia faz isso, te obriga a querer enxergar as coisas. Agora quero me priorizar. Vou cortar os cabelos, pintar, sei lá. Vou tentar agitar as coisas por aqui. Há, me inscrevi novamente no programa Barueri menos 1 tonelada, começa dia 08/09 com uma bela aula de zumba, acho que pego no tranco logo logo...

Uma dica pra voce que tem problemas com alimentação: Nunca coma em louças escuras, talheres escuros, quanto mais claro o ambiente e as louças, melhor, seu cérebro precisa enxergar bem o que voce está ingerindo, quanto mais escurecido o ambiente e o utensílio, mais forte o impeto de querer mastigar. Tem um estudo ai....kkkk, por vias das dúvidas, acendam tudo que é luz na hora de comer...kkkkk

Olha eu ai na Bienal 2014 tietando o Ricardo Ragazzo, ele escreve no estilo do Stephen King, um gênero que adoro.



Amigos, que Setembro nos traga dias floridos!

Beijos e vamos que vamos!



14 comentários:

  1. Ihhhhh Silvia, não exija tanto de você mesma. É possível sim uma pessoa ter mais controle em uma área que na outra. Lógico que a gente sempre tenta melhorar. Mas ninguém é 100% em tudo. Nada na vida é 100%. O segredo é achar prioridades, focar no que mais importa pra você e ter metas realistas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Iza. Sim vc está certissima, não dá pra ser 100 por cento em tudo, estou tentando mesmo é segurar pelo duas pontas...ou pego uma ou outra...aff, mas vou seguindo, obrigada mesmo pela força.

      Excluir
  2. Visando o Inicio das segundas que coloquei o nome do meu blog...
    Amore, foco no que é importante de verdade ;)


    *´¨)
    ¸.•´¸.•*´¨) ¸.•*¨)
    (¸.•´ (¸.•` ** Um grande abraço!

    http://segundaeucomecooficial.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que ótima sacada! Adorei o nome e já vou indo lá! beijos

      Excluir
  3. Ah querida, tbm estou sentindo como vc!! Eu estou acreditando que análise vai me ajudar!rss Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E acredite mesmo Lu, porque ajuda muito mesmo. Vamos nessa...beijos

      Excluir
  4. Eu te entendo Sil! Temos que ser mais imponentes e aprender a falar nao. Nao deixar se levar pelas pessoas ou situacoes.
    Mas nao se cobre tanto, nao se tem perfeicao em tudo. Deixa a vida te levar!
    Eu entrei no plato, fazem duas que parei nos 11 off. =/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tati, acho que me cobro tanto pelo medo do fracasso, por tanta perdae reganho de peso, foi um tormento todos esses anos e morro de medo de acontece outra vez. Beijos amiga, obrigada pelas palavras, esquece o platô, logo o ponteiro volta a cair, relaxa, é so seu organismo tentando se defender, mas logo logo passa.

      Excluir
  5. Oi Silvia, li seu blog todinho, eu o descobri esses dias e o devorei como se fosse livro sabe? Adorei sua história em relação a cirurgia e me identifiquei muitão com tantas coisas que vc fala aqui, vou operar agora em setembro e quero fazer um diário também, sei que isso nos ajuda e ajuda o próximo também (como vc me ajudou/inspirou). Queria desejar muita força pra vc, que vc encontre o estímulo que talvez esteja te faltando e continue a nos alegrar com suas alegrias. Beijão no coração!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pelo imenso carinho Daiani, fico honrada e feliz! Faça sim um diário, me ajuda muito esse blog, e a força que voces me passam me sacodem, me levantam de verdade, mesmo sem conhece -las pessoalmente, me sinto amiga de todas, é mágico, vc vai ver. Qdo ficar pronto venha me passar o link, vou adorar acompanhar sua história. Beijos pra vc e mto boa sorte na jornanda!!

      Excluir
  6. Silvia, realmente, o prazer que a comida proporciona e o lugar que ela ocupa nas nossas vidas, é bem difícil de preencher! Me vejo tão apegada a isso que quando me cuido, parece que falta algo...
    Estou lendo um livro chamado "Mentes Consumistas" e um capítulo especificamente fala sobre a busca incessante por recompensas e como o cérebro funciona nesse sentido, as substâncias que produz e a questão do vício em si. Muito interessante e me vejo assim com a comida e com as compras (nesse último caso não a ponto de me prejudicar), mas a busca incontrolável e o permanente vazio.
    É preciso rechear o dia a dia com outras coisas, mudar os prazeres e aprender a lidar com tudo isso.
    Falar sobre isso e trocar experiências ajuda muito!
    Vamos em frente =)
    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sinto que voce entende o que quero dizer, o que realmente sinto, porque somos parecidas, esse permanente vazio é o que desespera, é o que cega. Eu vi aqui no site da empresa onde trabalho esse livro sendo muito recomendado, e o nome por si só me chamou muito a atençao, vou colocá-lo na minha lista. Vamos em frente! Beijos

      Excluir
  7. A dica da louça é verídica? hahahaha Sei que funciona, enxergar a comida. Comer olhando pro prato e se obrigar a fazer render também é uma ótima.

    Vai fazer zumba! Que chique! Te imaginei dançando :D haha

    Toda feliz na foto!
    Também gosto do gênero :) Mas não leio muito, no geral.

    Um beijo, Sil querida!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verídica, ouvi na terapia de grupo, mas não deu tempo de registrar tudo rsrsrs, eu gosto mesmo de prato de ceramica branco, é costume mas sei que tá namosa louça preta é chique né? kkkkk, agora menina luz bem clara e fluorescente e os dois olhos grudados no prato, vai que funciona...rsrsrs, vou sim fazer zumba, teremos 4 aulas durante o programa, nem imagine porque sou um desastre kkkkkk
      Sou amante de livros e adoro ficção e sobrenatural. Beijos

      Excluir

Quem sou eu

Minha foto

Sou Silvia, romântica de alma, sonhadora e agora em busca do renascimento, um corpo saudável. No dia 12/06/2013 me submeti a cirurgia bariátrica, fiz o Bypass Gastrico em Y de Roux por video pelo convênio Bradesco no Instituto Garrido, depois de muitos meses pensando, enfim decidi! Vou dividir com voces a jornada da cirurgia, principalmente a parte burocrática e adoraria fazer novas amizades! bem vindos no meu diário, ele está aberto.

Pesquisar este blog

Evolução mês a mês

  • 12/06/2015 66,5 kilos 2 anos
  • 12/05/2015 66,5 kilos
  • 12/04/2015 66 kilos
  • 12/03/2015 67,2 kilos
  • 12/02/2015 67,2 kilos
  • 12/01/2015 68,6 kilos
  • 12/12/2014 69,2 kilos
  • 12/11/2014 69,5 kilos
  • 12/10/2014 70 kilos
  • 12/09/2014 72 kilos
  • 12/08/2014 73 kilos
  • 12/07/2014 73 kilos
  • 12/06/2014 73,5 kilos - 1 ano
  • 12/05/2014 74 kilos
  • 12/04/2014 75 kilos - meta médica
  • 12/03/2014 80 kilos
  • 12/02/2014 83 kilos
  • 12/01/2014 85 kilos
  • 12/12/2013 90,7 kilos
  • 12/11/2013 94 kilos
  • 12/10/2013 100 kilos
  • 12/09/2013 105 kilos
  • 12/08/2013 111,5
  • 12/07/2013 118,5 kilos
  • 12/06/2013 Maior peso 138 Kilos dia da cirurgia

Siga- me por e-mail!

Google+ Followers

Tecnologia do Blogger.

Minha lista de blogs