Barrinha da evolução de Peso

4 de julho de 2014

Bom dia Borboletas do meu  ♥

Eu li uma matéria que uma amiga do trabalho me mandou, e fiquei pensado nisso...eu já tinha reparado que
 depois que eu comecei a emagrecer algumas pessoas se afastaram de mim. Não vou titular como amigos, porque na hora que eu precisei mesmo, ninguém ajudou em nada, se não fosse minha família eu estava ferrada!

Reparei nitidamente nisso, quando fui assistir o jogo do Brasil na casa da minha comadre e lá encontrava-se vários amigos em comum, muitos torceram a cara quando cheguei e uma colega em específico, que fomos amigas de gravidez – inclusive – éramos próximas e ela mal falou comigo, ela hoje em dia é obesa, não sei se tem algo relacionado a isso.

Um amigo de infância estava tbm neste dia do jogo, fomos até namoradinhos na adolescência e fui madrinha do seu casamento há alguns anos atrás, fiquei boquiaberta quando vi fotos do seu aniversário que nem fiquei sabendo. Em uma oportunidade com tom de brincadeira mencionei “Parabéns atrasado, vi as fotos do seu níver e estava linda a festa!” e ele logo disparou “Nem te convidei porque vc nem come mais bolo.”

Fiquei muda. Muda e triste, porque reduzi o estômago e fiquei excluída de algumas poucas amizades. Ué, o bolo é o motivo de uma festa? E a consideração, a festividade onde fica? Eu posso festejar sem me empanturrar de comida. Achei essa observação do “amigo” muito infeliz.

Outras colegas também já me deixaram de fora do happy hour porque não bebo álcool. Puxa eu posso participar de momentos de descontração, não preciso fazer o que todos estão fazendo, pra isso pago terapia semanal, pra lidar com esses momentos.

Eu acho que colocam a desculpa da minha restrição alimentar em alguma frustração interior, o meu emagrecimento ofende algumas pessoas mesmo.  Acho que me verem emagrecida depois de tantos anos obesa, fazem coçar aquele comodismo ao qual estão acostumados. Não é essa minha intenção. Enfim...a vida segue.


A matéria fala sobre isso, experiência vivida na carne pela guerreira Fiona Hodge que emagreceu horrores com muita disciplina e luta. E também perdeu amigos.





Beijos amigos e vamos que vamos!


14 comentários:

  1. Oi, eu sempre dou uma passada anonima por aqui, mas hj lendo esse texto me senti na vontade de comentar, nossas vitorias incomodam as pessoas, no geral as pessoas nao desejam nosso mal, mas nos ver melhor do que elas é ruim, eu cheguei num ponto onde a bariatrica era opção, mas por motivos pessoais decidi emagrecer na raça, e isso me trouxe uma serie de transtornos e humilacoes no trabalho, ao verem minha dedicacao eu me tornei motivo de chacota, zomabria de todos (trabalho soh com mulheres), mesmo aquelas que nao sao gordas se sentem incomodadas com o simples fato de eu buscar o meu melhor....

    Então nao ligue para isso, pode magoar e magoa muito, mas passa, aos poucos as pessoas começam a se acostumar, hoje eu sofro com algumas piadinhas mas ja melhorou bastante, o que eu sempre fiz foi pensar que algumas coisas nem merecem respostas e fiquei calada, minha determinacao falou por mim....

    Busque por aqueles que te apoiaram, o resto que se dane...

    bjao

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada minha amiga por dividir um pouco da sua história comigo. Confesso que lendo fiquei com um nó na garganta, porque sei o quanto isso foi e é pesaroso para vc e para mim tbm. Isso que vc falou é certo: algumas pessoas nao desejam nosso mal, mas nos ver melhor do que elas é ruim. É bem assim mesmo, deixar nossa determinação falar por si só. Força sempre pra vc, estamos juntas nessa. Um beijo e volte sempre.

      Excluir
  2. É tudo muito doido , poxa vida eu não entendo o que se passa na cabeça das pessoas se não buscamos o melhor pra nós somos relaxadas se buscamos o melhor e nos empenhamos estamos "metidas" . Da pra entender? Sil , amigo é aquele que está em todos os momentos . Não cheguei nessa sua fase ainda , mas pô ser anulada por não poder comer, beber . Pra eles será que viramos alguma espécie de alien que não pode nada . Nem liga pra isso , se você está incomodando é sinal que esta sendo bem vista !
    Beijoooo ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É pati, não dá pra agradar a todos, realmente temos que focar só no melhor pra nós. Beijos

      Excluir
  3. Nooossa, que coisa medíocre! Horrível!

    Realmente é o que você disse. Você tá provocando sensação de mudança, de querer e poder, mesmo sem querer, e as pessoas estão se incomodando. Usando sua nova vida pra te privar de coisas e te tirar da vida deles.

    Uma coisa eu te digo: Nenhum deles vale a pena! Também já perdi muitos amigos por mudar de estilo de vido. Sofri por todos eles, fiquei puta com todos eles, não acreditei no que tava acontecendo com todos eles. Mas, te garanto, nenhum deles vale a pena. Se não te trata bem por quem você é (e isso inclui suas mudanças), não são dignos de você e da sua amizade. Vai doer agora, mas depois você acostuma E fica melhor. Com amigos DE VERDADE, até.

    Um beijo grande, querida!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    2. É como a amiga inglesa disse: "Acho que algumas pessoas precisam de um amigo gordo para fazê-las parecer mais magras e se sentirem melhor sobre si mesmas." :)

      Excluir
    3. Vc tem toda razão, nenhum deles vale a pena. Os de verdade ficarão ao meu lado, não importa a circunstancia. Beijo e obrigada

      Excluir
  4. Nossa... os comentários todos feitos dizem muito sobre a condição do ser humano. De egoísmo. Somos amigas deles, eles não são nossos amigos. Mana, passei por isso depois da gestação. Antes, eu era amiga preferida de muitos, muitos convites, festas, happys e bate-papos. Durante a gestação mesmo, fui muito deixada de lado, como se grávida não conversasse, dançasse ou comesse, fui esquecida. Depois do nascimento então! Tenho amigos que eram amigos próximos, cotidianos que nem conhecem minha filha. Sofri, chorei muito... mas entendi uma coisa: nós éramos úteis pra eles em nossa condição anterior. Um fato parecido: minha filhota tinha 1 ano já e uma amigona comemorou o aniversário num restaurante pertinho de casa. Não me convidou, e era ALMOÇO. Eu não sabia e liguei pra ela durante o almoço, ela atendeu meio sem-graça e depois eu soube do almoço. Fiquei tão chateada, me senti ridícula por ter ligado. Fiquei me perguntando por dias o porquê de não ter sido convidada, afinal era almoço, filhota com 1 ano... não entendo, aliás, entendo: eu não fazia parte daquele momento. Então pq se importar? Sei que é duro. Mas é isso. Os verdadeiros vibram contigo e estarão sempre contigo. Confie. Beijo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa mana que situação ruim vc tbm passou, obrigada por dividir um pouco da sua história comigo, realmente o ser humano é egoísta e não aceitam nossas mudanças positivas. Isso é um ótimo filtro que a vida se encarrega de fazer por nós. Beijo grande, te amo.

      Excluir
  5. Nao se abale Sil! Uma vez eu li em algum lugar que, por mais que as pessoas gostem de nos, elas nunca nos querem ver melhor do que elas. E pessoas malas ou infelizes sempre acharão alguma coisa para nos criticar!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bem isso mesmo Tati, vc falou tudo, sempre acham algo para criticar. Uma pena. Beijos

      Excluir
  6. Silvia querida, infelizmente muitas pessoas só querem nos ver mal e ainda se dizem amigos... Tem uma frase que diz: "as pessoas querem te ver bem, mas não melhor que elas" e cada vez isso faz mais sentido!
    Essa história do amigo que não convidou para festa pq disse que tu não come bolo, sério, eu teria vergonha de dar essa resposta. Mesmo magra, operada ou não, como ele sabe que tu não come bolo? E ainda que não comesse, não é a companhia que vale?
    É, a vida nos ensina muito sobre as pessoas, imagino tua decepção, mas pensa que pelo menos assim tu pôde ver quem realmente está contigo!
    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É...assim eu vou vendo quem vale a pena, a vida está fazendo esse filtro pra mim. Um beijos

      Excluir

Quem sou eu

Minha foto

Sou Silvia, romântica de alma, sonhadora e agora em busca do renascimento, um corpo saudável. No dia 12/06/2013 me submeti a cirurgia bariátrica, fiz o Bypass Gastrico em Y de Roux por video pelo convênio Bradesco no Instituto Garrido, depois de muitos meses pensando, enfim decidi! Vou dividir com voces a jornada da cirurgia, principalmente a parte burocrática e adoraria fazer novas amizades! bem vindos no meu diário, ele está aberto.

Pesquisar este blog

Evolução mês a mês

  • 12/06/2015 66,5 kilos 2 anos
  • 12/05/2015 66,5 kilos
  • 12/04/2015 66 kilos
  • 12/03/2015 67,2 kilos
  • 12/02/2015 67,2 kilos
  • 12/01/2015 68,6 kilos
  • 12/12/2014 69,2 kilos
  • 12/11/2014 69,5 kilos
  • 12/10/2014 70 kilos
  • 12/09/2014 72 kilos
  • 12/08/2014 73 kilos
  • 12/07/2014 73 kilos
  • 12/06/2014 73,5 kilos - 1 ano
  • 12/05/2014 74 kilos
  • 12/04/2014 75 kilos - meta médica
  • 12/03/2014 80 kilos
  • 12/02/2014 83 kilos
  • 12/01/2014 85 kilos
  • 12/12/2013 90,7 kilos
  • 12/11/2013 94 kilos
  • 12/10/2013 100 kilos
  • 12/09/2013 105 kilos
  • 12/08/2013 111,5
  • 12/07/2013 118,5 kilos
  • 12/06/2013 Maior peso 138 Kilos dia da cirurgia

Siga- me por e-mail!

Google+ Followers

Tecnologia do Blogger.

Minha lista de blogs