Barrinha da evolução de Peso

10 de março de 2014

Boa tarde Amigos.

Voces viram a entrevista do André Marques ontem no Fantástico? É fantástica a perda ponderal dele..3 meses, mais de 50 quilos. Até nisso rico tem sorte, rsrsrs.


Bom, quando estava no auge da obesidade mórbida, cerca de 138 quilos, achava a coisa mais deliciosa do mundo comer  bisnaguinha com margarina, ou pura mesmo. Pegava o pacote em frente a TV e comia... chegava a comer o pacote todo em 1 hora. Após o emagrecimento, passei a observar que a pessoa que tem compulsão alimentar supervaloriza o sabor da comida e uma comida comum passa a ser algo sobrenatural de tão bom e delicioso. Agora percebi que bisnaguinha na verdade não é tão boa assim eu dei uma mordida e achei o sabor simples, metalizado, sem graça e que para ser saboroso e valer a pena colocar dentro do meu mini estômago é necessário que a comida tenha realmente um sabor, um tempero, um diferencial.  Nem todo chocolate é tão bom quanto parece,  panettone é extremamente doce, arroz branco agora é ruim, gosto amargo, pão francês é azedo, carne vermelha agora é adocicada; queijo amarelo tem gosto de plástico, rsrs nunca comi plástico, o gosto me lembra plástico não sei porque...rsrs, alguns iogurtes tem gosto de ferro, ainda tem muita coisa que não experimentei depois da cirurgia, nem lembro mais o sabor. As frutas estão muito mais deliciosas do que antes.

 Depois da Bariátrica, mudei completamente o paladar.  Percebo os temperos, sinto até o gosto do trigo nas comidas. O sabor ficou mais intenso, em casa estamos usando menos temperos, não sei explicar o motivo, será porque agora como muito menos por isso sinto mais o gosto, ou reduzir o estômago fez essa mudança no organismo? Vou perguntar pro meu cirurgião...

Aprender a identificar essas particularidades ajuda e muito no processo de emagrecimento porque engordar de forma tão medíocre é ridículo e jamais quero isso novamente pra mim. Se for para comer um chocolate, que seja um de "verdade",  salgado, o “salgado”. De outra forma não vale a pena o acúmulo de calorias que nos enche a barriga no momento e enche ainda mais a cabeça com frustrações e traumas pelo decorrer dos anos.

A consciência muda com o tempo, vamos aprendendo a lidar com o vício na comida com ajuda de muita terapia, claro. Mas o importante é que mesmo com tantos dissabores amo esta minha nova fase de vida.



Beijos e vamos que vamos.


9 comentários:

  1. Essa mudança no paladar é por causa da mudança alimentar. Quando eu fiz dieta super restritiva. Passei 5 meses sem comer nada de carboidratos. As coisas tinham um gosto diferente. Banana pra mim era como se fosse doce. Leite em pó era super doce. Eu sentia o gosto das verduras...
    O açúcar e o sódio em excesso atrapalham as papilas gustativas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hum...então é isso. Vc tem razão, obrigada por compartilhar suas experiências. Beijokas.

      Excluir
  2. Oi Sil querida, estava com saudades!! Ah, vendo seu post de hoje me identifiquei muito com você!! O único alimento que eu gosto depois da minha cirurgia são meus sucos sem adoçante.As sopas tenho tomado praticamente sem tempero nenhum, só sal mesmo!!rss E olha que eu adorava cebola, alho , temperos verdes, etc!!! Muito engraçado como o paladar muda, né?Beijos amiga

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muda mesmo, e cada vez fica mais intenso, os sabores chegam ser irritantes....tbm estava com saudades! Beijos

      Excluir
  3. Oi Sil,(já estou intima, rsrs) , obrigado por partilhar conosco sua história, tem me ajudado bastante, vc nem imagina. Estou no processo de consultas, exames, medos etc.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E eu posso te chamar de Josi? rsrs, Por nada minha querida, eu quero mesmo ajudar, nos ajudar dividindo as esperiências, está no comecinho da jornanda, né? QQ coisa pode me chamar, estou sempre aki, um beijo e muito boa sorte!!!

      Excluir
  4. Amiga isso tb tem acontecido comigo... e eu nem operei...rsrs mas nós dois aqui em casa notamos sim... uma super diferença no paladar ... muito sal... muito doce... outro dia tomamos coca cola... e parecia um xaropão, sabe? Me deu nojo mesmo... e como nós temos o dia do lixo e abusamos nesse dia... rsrs geralmente ficamos com azia... rsrsrrs não dá pra comer tanta porcaria pra sempre, né? Vc nunca mais será gorda, tenho certeza disso, minha linda!! Está mudando sua cabeça!!! <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então Ana pelo que eu vi, acho que isso não tem nada a ver com a cirurgia mesmo, acho que são nossas mudanças de hábitos...isso é bom, isso é ótimo, vc tem razão não dá pra comer porcaria sempre...hehehehe beijos

      Excluir
  5. É bem assim mesmo. Não vejo a hora de experimentar totalmente essa mudança...

    Beijos

    ResponderExcluir

Quem sou eu

Minha foto

Sou Silvia, romântica de alma, sonhadora e agora em busca do renascimento, um corpo saudável. No dia 12/06/2013 me submeti a cirurgia bariátrica, fiz o Bypass Gastrico em Y de Roux por video pelo convênio Bradesco no Instituto Garrido, depois de muitos meses pensando, enfim decidi! Vou dividir com voces a jornada da cirurgia, principalmente a parte burocrática e adoraria fazer novas amizades! bem vindos no meu diário, ele está aberto.

Pesquisar este blog

Evolução mês a mês

  • 12/06/2015 66,5 kilos 2 anos
  • 12/05/2015 66,5 kilos
  • 12/04/2015 66 kilos
  • 12/03/2015 67,2 kilos
  • 12/02/2015 67,2 kilos
  • 12/01/2015 68,6 kilos
  • 12/12/2014 69,2 kilos
  • 12/11/2014 69,5 kilos
  • 12/10/2014 70 kilos
  • 12/09/2014 72 kilos
  • 12/08/2014 73 kilos
  • 12/07/2014 73 kilos
  • 12/06/2014 73,5 kilos - 1 ano
  • 12/05/2014 74 kilos
  • 12/04/2014 75 kilos - meta médica
  • 12/03/2014 80 kilos
  • 12/02/2014 83 kilos
  • 12/01/2014 85 kilos
  • 12/12/2013 90,7 kilos
  • 12/11/2013 94 kilos
  • 12/10/2013 100 kilos
  • 12/09/2013 105 kilos
  • 12/08/2013 111,5
  • 12/07/2013 118,5 kilos
  • 12/06/2013 Maior peso 138 Kilos dia da cirurgia

Siga- me por e-mail!

Google+ Followers

Tecnologia do Blogger.

Minha lista de blogs