Barrinha da evolução de Peso

27 de fevereiro de 2014
Bom dia Amigos.

Hoje o dia está um pouco ruim. Passei a madrugada toda chorando.  Uma tristeza tão dolorida está em mim.  Ontem minha mãe estava com muitas dores. Ela me disse que já pensou várias vezes em tomar um monte de remédio e morrer, eu fiquei assustadíssima porque ela fica o dia todo sozinha e pode atentar contra a vida tranquilamente. Me desesperei, disse pra ela não desistir dela,  que vamos conseguir que ela faça a cirurgia pelo SUS, pra ter um pouco mais de paciência, estamos tentando mais uma vez. Eu imagino o que ela sofre, há anos carregando uma dor insuportável, ela é uma mulher forte, mas todo mundo cansa de esperar, a vida dela parou, uma pena. Que prova difícil ela tem passado. Faço o que posso para melhorar a condição dela, pra deixa-la confortável, estamos sempre reformando, arrumando a casa, compro as coisas que ela gosta para decorar, pintar, comer, a casa sempre limpa e bonita, porque é onde ela fica o dia todo, o mais longe que ela vai é no portão, mas sei que não é suficiente, mas é só que eu consigo fazer.

Chorei muito, chorei por não tem cem mil reais e comprar uma prótese para minha mãezinha andar, chorei por não conseguir melhorar um pouco a dor dela, não há remédios, chorei por imaginar que ela está desistindo de viver, chorei de pensar que se ela morrer ficarei sozinha, chorei pela minha impotência diante dessa situação. Chorei por não ter meu pai por perto pois ele morreu quando ainda era uma menina, e ontem ele me fez falta, talvez ele soubesse o que fazer, não sei não o conheci, só imaginei. Chorei pela dor que eu senti para perder cada um dos 56 quilos que emagreci até agora, chorei pela dor que está sendo eliminar os últimos 10. Chorei por nos últimos meses só pensar em mim e no meu emagrecimento, chorei  pelo meu egoísmo,  chorei por ainda ter compulsão alimentar, chorei por me sentir uma péssima mãe que não vê as coisas acontecendo embaixo do meu nariz e meu filho só tem 4 anos, chorei e me senti tão pequena, tão imunda.  Chorei por ser mal agradecida e não gostar do meu trabalho. Hoje estou me sentindo tão sozinha, liguei para minha terapeuta, mas ela só pode me atender dia 12, vou esperar.

Chorei até a exaustão, até meu dentes doerem e não conseguir abrir os olhos, me esgotei. Acordei constipada, rosto inchado, destruída, dolorida, pesada e triste. Cheguei atrasada no trabalho e agora estou aqui fazendo este post  como um desabafo.

Pedi a Deus sabedoria pra enxergar o que ele quer me mostrar, porque não estou conseguindo.

Vou visitar o cantinho de voces.
Até mais gente.

4 comentários:

  1. Amiga quando li seu post me emocionei e vc me fez refletir por alguns minutos da minha vida e percebi que meu problema é pequeno de muitos que estão ao meu redor e que tenho que agradecer a Deus por tudo.... Mas enfim quero que saída que Deus esta contigo sempre e com sua família, imagino ou tento imaginar a dor que sua mãe esta sentindo devido às dores e a falta de andar sozinha, mas saiba Deus tem um proposito na vida de cada um e isso que ela esta passando ELE vai suprir e creia e sei que vc tem muita fé e logo logo a cirurgia dela chega Deus é perfeito e age no momento certo para vida de cada um.

    Amiga vc realmente é muito forte guerreira e admiro sua vida pelo pouco que vc já me falou, mas fica em PAZ DEUS esta contigo e jamais te abandonara e se precisar de alguma coisa pode contar comigo sempre a hora que for...

    E coloca realmente tudo pra fora chora, grita, corre, mas fica bem com vc mesma e lembra que existe duas pessoas que precisa muito de você ( segue filho lindo e sua mãezinha)

    Amiga te admiro muito e torço muito por vc e sua família...

    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Amiga se vc nao pensar em vc ninguem vai... e outra se voce se sentir bem vai fazer as pessoas ao seu redor tb bem. Tente fazer o seu melhor tanto para vc qto para os outros, nao tem como vc se anular e deixar os outros felizes.... talvez vc conseguisse uma terapeuta tb para sua mãe, as vezes alguem diferente para contar os problemas ajuda.... beijos e força!!!!

    ResponderExcluir
  3. Sil querida, desejo que tudo se ajeite da melhor maneira possível!! Não desanime, tenha fé que tudo se resolverá! Vou sempre te lembrar, para vc olhar o caminho que vc já percorreu, os obstáculos que venceu!! Força amiga!Beijos

    ResponderExcluir
  4. oi vi seu relato, e sei como é querer fazer algo e estar sem forças para fazer!
    se vc não sabe, existe a Defensoria Pública no seu estado, que vc pode acionar para agilizar essa solução, porque só por meio de ação, que o estado irá ser compelido a dar um prótese de graças para sua mae! tenta ir lá porque sendo sua mae idosa não há razao para ela esperar tanto!

    ResponderExcluir

Quem sou eu

Minha foto

Sou Silvia, romântica de alma, sonhadora e agora em busca do renascimento, um corpo saudável. No dia 12/06/2013 me submeti a cirurgia bariátrica, fiz o Bypass Gastrico em Y de Roux por video pelo convênio Bradesco no Instituto Garrido, depois de muitos meses pensando, enfim decidi! Vou dividir com voces a jornada da cirurgia, principalmente a parte burocrática e adoraria fazer novas amizades! bem vindos no meu diário, ele está aberto.

Pesquisar este blog

Evolução mês a mês

  • 12/06/2015 66,5 kilos 2 anos
  • 12/05/2015 66,5 kilos
  • 12/04/2015 66 kilos
  • 12/03/2015 67,2 kilos
  • 12/02/2015 67,2 kilos
  • 12/01/2015 68,6 kilos
  • 12/12/2014 69,2 kilos
  • 12/11/2014 69,5 kilos
  • 12/10/2014 70 kilos
  • 12/09/2014 72 kilos
  • 12/08/2014 73 kilos
  • 12/07/2014 73 kilos
  • 12/06/2014 73,5 kilos - 1 ano
  • 12/05/2014 74 kilos
  • 12/04/2014 75 kilos - meta médica
  • 12/03/2014 80 kilos
  • 12/02/2014 83 kilos
  • 12/01/2014 85 kilos
  • 12/12/2013 90,7 kilos
  • 12/11/2013 94 kilos
  • 12/10/2013 100 kilos
  • 12/09/2013 105 kilos
  • 12/08/2013 111,5
  • 12/07/2013 118,5 kilos
  • 12/06/2013 Maior peso 138 Kilos dia da cirurgia

Siga- me por e-mail!

Google+ Followers

Tecnologia do Blogger.

Minha lista de blogs