28 de fevereiro de 2014
Bom dia flores!

Hoje a nuvem escura já passou, a vida segue e os ânimos estão melhores por aqui.

Estou cotando injeções de corticóide para as dores da minha mãe, foi sugestão da minha irmã, é bem cara e
não pode ser tomada com frequência mas ajuda a melhorar um pouco as dores até ela conseguir fazer a cirurgia, ela está relutante mas se o médico indicar ela toma sim. Vou levar ela na marra...rsrs, só vende com receita e precisa ver se os exames dela estão ok. Quando eu tiver novidades eu conto.

Deus é tão maravilhoso que ouviu minhas preces, um amigo da minha mãe de anos se aposentou e foi em casa visitá-la, disse que queria ajudar de algum jeito e perguntou o que podia fazer, qualquer coisa...há, era o que precisava mesmo....ele começou ontem mesmo a pintar toda minha casa, ele é pintor, que maravilha, já tínhamos comprado tudo e estávamos economizando para a mão de obra, e agora nem vamos precisar gastar com isso...puxa, está ficando lindo! E ainda de quebra ele fica o dia todinho batendo papo com minha mãe e distrai ela....ai que tudo.

Estou bem esperançosa amigos, Deus está comigo.

Ontem não teve aula de dança ai aproveitei e fui buscar meus exames que levo para o cirurgião dia 06/03.

Peguei logo a endoscopia, estava curiosa pra ver como anda as coisas com meu estomaguinho...realmente as dores que sinto é somente a vesícula, porque meu estômago está lindo e bem cuidado.

O resultado:

Conclusão - Gastroplastia redutora com reconstrução gastrojejunal. Sinais de sutura mecânica em grande curvatura bolsa e coto medindo aproximadamente 4 cm e mucosa íntegra, sem sinal de bilis.

Para tudo!
Meu estômago tem somente 4 centímetros!!!! hehehe que gracinha e super pequeno, que máximo. Um estômago normal mede de 15 á 20 cm eu fiquei sabendo em palestras antes de operar, quanta diferença né?

Me senti tão orgulhosa de mim, até parecia que fui fazer um ultrasson pra ver meu bebê rsrsrs, olhem a fotinho, voces são íntimos meus, não mostro meu estômago para qualquer um não....rsrs


Os demais exames me parecem que estão dentro da normalidade, raio X, eletro, sangue. O médico vai analisar. Então logo mais terei a data da nova cirurgia....em breve vesícula off.

Beijos amigos, obrigada pelo carinho, mensagens de força, me ajudaram muito.

Vamos que vamos.
27 de fevereiro de 2014
Bom dia Amigos.

Hoje o dia está um pouco ruim. Passei a madrugada toda chorando.  Uma tristeza tão dolorida está em mim.  Ontem minha mãe estava com muitas dores. Ela me disse que já pensou várias vezes em tomar um monte de remédio e morrer, eu fiquei assustadíssima porque ela fica o dia todo sozinha e pode atentar contra a vida tranquilamente. Me desesperei, disse pra ela não desistir dela,  que vamos conseguir que ela faça a cirurgia pelo SUS, pra ter um pouco mais de paciência, estamos tentando mais uma vez. Eu imagino o que ela sofre, há anos carregando uma dor insuportável, ela é uma mulher forte, mas todo mundo cansa de esperar, a vida dela parou, uma pena. Que prova difícil ela tem passado. Faço o que posso para melhorar a condição dela, pra deixa-la confortável, estamos sempre reformando, arrumando a casa, compro as coisas que ela gosta para decorar, pintar, comer, a casa sempre limpa e bonita, porque é onde ela fica o dia todo, o mais longe que ela vai é no portão, mas sei que não é suficiente, mas é só que eu consigo fazer.

Chorei muito, chorei por não tem cem mil reais e comprar uma prótese para minha mãezinha andar, chorei por não conseguir melhorar um pouco a dor dela, não há remédios, chorei por imaginar que ela está desistindo de viver, chorei de pensar que se ela morrer ficarei sozinha, chorei pela minha impotência diante dessa situação. Chorei por não ter meu pai por perto pois ele morreu quando ainda era uma menina, e ontem ele me fez falta, talvez ele soubesse o que fazer, não sei não o conheci, só imaginei. Chorei pela dor que eu senti para perder cada um dos 56 quilos que emagreci até agora, chorei pela dor que está sendo eliminar os últimos 10. Chorei por nos últimos meses só pensar em mim e no meu emagrecimento, chorei  pelo meu egoísmo,  chorei por ainda ter compulsão alimentar, chorei por me sentir uma péssima mãe que não vê as coisas acontecendo embaixo do meu nariz e meu filho só tem 4 anos, chorei e me senti tão pequena, tão imunda.  Chorei por ser mal agradecida e não gostar do meu trabalho. Hoje estou me sentindo tão sozinha, liguei para minha terapeuta, mas ela só pode me atender dia 12, vou esperar.

Chorei até a exaustão, até meu dentes doerem e não conseguir abrir os olhos, me esgotei. Acordei constipada, rosto inchado, destruída, dolorida, pesada e triste. Cheguei atrasada no trabalho e agora estou aqui fazendo este post  como um desabafo.

Pedi a Deus sabedoria pra enxergar o que ele quer me mostrar, porque não estou conseguindo.

Vou visitar o cantinho de voces.
Até mais gente.
25 de fevereiro de 2014
Boa tarde.

Ontem a aula de hidro foi bem puxada, 45 minutos com os alteres afundados na água e abdominais, hoje estou um pouco dolorida. A professora gritava: “Vamos meninas, carnaval tá ai, quero todas no biquininho!” Aquilo foi me irritando e eu fazia os abdominais com mais intensidade ainda, queria enforcar ela junto com a barriga tanquinho que ela tem rsrsrs  estava irritada, não posso ir pra aula assim lá é meu momento de relaxar, sentir prazer na atividade. Nem eu sei o motivo de tanto mau humor. Dormi com bendita dor no estômago e ainda passei mal depois da aula, tontura e enjôo, não, não estou grávida...hehehe antes de ir pra academia tomei café preto e comi 4 bolachas maisena, isso é comida que se preze? Bem feito pra mim, que sei o que devo comer antes dos exercícios :(

Hoje lendo o que a Iza do Gordinha Mimada | Um estilo de vida escreveu fiquei pensando e acho que estou viciando em emagrecer, gente eu só penso nisso, quando acordo me imagino mais magra, quando como qualquer  alimento penso em como meu organismo vai metabolizar aquilo, eu adoro falar sobre emagrecimento e não vejo em outra situação que não seja perdendo peso. Mais e quando tiver que parar? Uma hora cedo ou tarde vou atingir a meta e dai? Acho que vou ficar sem rumo, ou pior a depressão poderá voltar, não posso ficar desse jeito, tenho que manter o equilíbrio, estou acostumada com os resultados rápidos e diários realmente. E quando tudo o que vivo hoje, cada conquista chegar ao fim? Passei tanto tempo gorda na minha vida que acho que não sei como viver quando for magra. Gente, terapia URGENTE!!

Sempre tive essa coisa na minha cabeça, de que vida só vai funcionar de fato depois do emagrecimento, parece que este é o obstáculo maior, depois de superar esse empecilho que os quilos a mais me trazem  o caminho estará livre para o que der e vier...essa limitação vem de longa data, de uns 10 anos pra cá, eu sempre achei que todos meus dissabores seriam bem mais fáceis de digerir se eu tivesse um corpo leve, será que vai ser assim mesmo?  Meus pensamentos sempre são esses: “Depois que eu emagrecer vou fazer tal coisa, vou comprar tal coisa, vou falar tal coisa ou pasmem, vou ler tal livro.” Como se a gordura fosse algemas que me prendem dentro do meu próprio corpo, estou esperando emagrecer tudo o que eu preciso para começar a viver, e a vida não para, se eu olhar pra trás agora não sei o fiz esses anos todos, ou seja, não fiz nada. A obesidade me dominou, eu só comia. A infância do meu filho está passando, e com ela também se vai minha juventude e eu aqui mais estagnada do que a minha balança. Vou mudar isso já.

Vou sentar com calma e traçar minhas metas, vou colocar tudo no papel, agora vou andar junto com meu peso, enquanto ele diminui eu vou crescendo como pessoa, dá para conciliar, tenho que ter paciência, a pior parte já foi, o começo é o mais difícil, agora já lido melhor com a comida, já posso começar a curtir a vida. Quando eu tiver uma evolução que seja, fora o ponteiro da balança caindo eu vou contar pra vocês.

Obrigada Iza!


Beijos e vamos que vamos.
24 de fevereiro de 2014
Boa tarde amigos.

Encasquetei que queria uma balança de cozinha e comprei.           

Encasquetei que vou pesar 65 kilos

Encasquetei que vou falar inglês

Encasquetei que meu manequim será 40

Encasquetei com a Dukan

Encasquetei que preciso malhar em tal academia e estou economizando pra ir lá e ponto, não serve outra.

Encasquetei que enquanto eu não emagrecer tudo o que tenho para emagrecer, todos os meus outros projetos de vida ficarão em segundo plano. Inclusive a faculdade, que vergonha....não sou uma pessoa fútil, mas não posso parar agora com as atividades físicas tenho medo do meu peso estagnar ou pior ainda, medo de engordar ficando ociosa tanto tempo e eu já sei que vou por a culpa na faculdade, não quero isso outra vez, será o mesmo que nadar 8 meses sem parar e morrer na praia, decidi adiar mais um semestre, eu vou aguentar as consequências dessa escolha principalmente no meu futuro profissional que está delicado.

A balança essa semana desceu 600 gramas, estou pesando 81,400. Tá ficando difícil depois de 8 meses, meu corpo tá resistente, mais sou mais teimosa que ele!  Parece que meus pés grudaram na casa dos 80 não saio nunca daqui! Queria acordar magra e sem flacidez, ai que sonho.

Estou entediada, quero mudanças, mais mudanças, que só vão acontecer depois que eu atingir minha meta, é o que eu sinto. 

Também estou feliz porque em 10 anos esse é o meu menor peso. Estou vivendo dias de euforia seguido de melancolia, que coisa estranha, parece que estou em uma montanha russa, basta um oi meio torto e acaba meu dia e basta um sorriso sincero e levanta meu astral, quem entende o que se passa na minha cabeça? 

Tá, eu sei que são 2 anos para emagrecer e blá blá blá, mas a gorda ansiosa precisa de resultados melhores, estou me cobrando o máximo, sei que não devia fazer isso comigo mesmo, olhando para trás são 56 quilos eliminados mas e dái? Eu quero ser magra! Não taquem pedras na louca aqui. Estou na terapia depois eu conto.

O que uma ex-obesa mórbida faz quando está de TPM, mau humor, não aguenta ficar no seu ambiente de trabalho e está na abstinência de açúcar há 8 meses?

Adivinhem: Pensa em comida! Hoje estou assim, só pensando em chocolate...dumping que me salva.....tomei café preto 2x hoje, estou com dor no estômago, ou vesícula, sei lá.

Vontade de largar tudo e ir embora, mas sou pobre e preciso do trabalho....mais tarde aula de hidro.



Beijos e vamos que vamos. 
23 de fevereiro de 2014
Boa Noite Borboletas e Casulos!!!

Hoje estou muito feliz, o título deste post já diz tudo né...vestir um jeans 42?! Puxa que sonho maravilhoso de se viver.

Eu que achava que só com 65 quilos seria possível isso, eu não tenho noção da proporção do meu próprio corpo.

Hoje eu peguei no guarda-roupa essa calça e decidi experimentar só pra ver o quanto faltava pra servir, foi uma sensação maravilhosa sentir ela no meu corpo. Essa calça tem uma história especial, eu só a usei uma vez em 2005 acreditam nisso? Minha ex sogra me deu e ela não me servia, mas eu queria muito ir em uma festa sertaneja com ela, então fiquei 8 dias só chupando melancia e comendo miojo, eu fazia muita loucura desse tipo no passado, em 8 dias eu emagreci 8 quilos e fui pra festa linda e maravilhosa com esta calça. Mas o efeito rebote dessas dietas malucas é muito rápido e devastador, na outra semana a calça já não me servia mais e não consegui emagrecer rápido outra vez, cada vez mais fui engordando e emagrecendo menos, até chegar no meu maior peso em 2013 de 138 quilos.

Na época decidi guardá-la e até hoje nunca mais tinha colocado novamente em meu corpo, no fundo do meu coração eu imaginava nunca mais ser capaz vestir essa numeração, mesmo assim nunca quis colocar para doação, simplesmente deixei lá escondidinha junto com uma migalha de esperança. Então imaginem o quanto significa usá-la novamente 9 anos depois.

Graças á Gastro tenho vivido dias assim de muita felicidade e conquistas!






Não importa se o modelo é antigo, se já saiu de moda, eu quero usar esse jeans e já! E que ele fique folgado logo mais...rumo ao manequim 40!!!

Vai um antes e depois de 8 meses com menos 56 quilos:


Beijos e vamos que vamos lutar pelos nossos sonhos, não desistam nunca de voces, nunca mais vou desistir de mim, enquanto existe vida existe esperança, eu vou vencer a obesidade custe o que custar.
22 de fevereiro de 2014
Oie.....boa noite.

Eu me dei um mimo. Uma balança de cozinha.

Há um tempão que estava encasquetada com isso, quero pesar tudo: Minhas receitas, meus pratos, minhas frutas, tudo!

Sei que estou um pouco neurótica, mas assim me sinto no controle e vejo minha evolução com as porções de carne também, acho que será de grande ajuda. É ótimo saber o quanto está descendo goela abaixo rsrsrs.

Hoje já pesei meu almoço, deu 99 gramas. Aos 8 meses de Gastro como quase 100 gramas, isso é legal né mas o correto seria 150 gramas só de proteína :( ninguém merece...rsrsrs, por enquanto cabe isso por porção, mais seria forçar, jamais farei isso....



Esse mimo é pra minha vida de RA ficar sempre no foco!


Beijos e ótimo findi sem jacas mocinhas!


20 de fevereiro de 2014
Boa noite borboletas!

Ontem dumpei...hehehe. É sério gente, estou ficando meio tensa aqui...tive uma crise de dumping sem açúcar. Oxxe...mas que que é isso??? Sem açúcar!!!!!

Nunca ouvi falar.

Ontem sai do trabalho e ganhei uma carona até o centro, ao invés de pegar outro ônibus fui a pé pra casa porque quarta- feira é meu dia de sofá e não vou para academia. Deu 1 hora de caminhada do centro até em casa. Estava com uma baita preguiça de mastigar carne, não tinha atum dai tive a brilhante idéia de tomar vitamina de banana.

Bati 1 banana prata pequena com 1 xícara de leite, 2 cubos de gelo e 4 gotas de adoçante. Tomei geladinho...acho que tomei rápido, não lembro. Só lembro que uns 10 minutos depois que tomei me deu
uma leseira, uma moleza nas pernas que não me segurava em pé. Sentei no sofá e apaguei literalmente por uns 5 minutinhos e depois despertei de repente um pouco tremula e parecia que nada tinha me acontecido. minha mãe nem percebeu, e eu ali quase morta kkkkk.

Foi sinistro. Mas o que me deixou encucada foi o fato de não ter açúcar, fiquei com medo agora, existe Dumping sem açúcar? Confere isso ou eu estou doidona mesmo...ai céus. Ainda não entendi.

Depois fiquei normal e ainda comi um pedaço de queijo, só pra garantir uma coisa salgada né?! rsrsrsrs.

Alguém já passou por isso?


Beijos e até.
19 de fevereiro de 2014
Bom dia amores!

Naturalmente está vindo as mudanças no meu jeito de ser...Quanto mais emagreço, mais vaidosa fico. Ando numa empolgação danada com vontade de comprar roupas novas, cuidar do cabelo, usar maquiagem, usar um brinquinho diferente e por aí vai... se eu pudesse e tivesse tempo ou melhor dimdim $$ gastaria muito em mim. 

Tudo isso vou comprar. Serão prendas pelo meu empenho. Embora sejam pra lá de caros e super fora do meu orçamento, vou dar um jeitinho, uma coisa por vez.







E vamos que vamos!

Beijos e até.

17 de fevereiro de 2014
Boa tarde amigos!

Durante o sétimo mês de Gastroplastia tive meu 3º efeito platô. O primeiro foi com 45 dias de cirurgia que durou 15 dias. O segundo platô foi depois de quatro meses de operada e também durou 15 dias. E finalmente no sétimo mês tive um platô de 20 dias! Foi muita coisa, fiquei incomodada, preocupada, irritada com a balança. Pra quem ainda não se familiarizou com esse termo "PLATÔ" vou explicar:  Quando uma pessoa passa muito tempo com uma dieta muito restritiva, o corpo cria uma resistência e a balança emperra,  é a genética dos nossos ancestrais implacável que nos programou para enfrentar a fome em longos períodos de escassez quando os homens pré históricos não sabiam quando ia conseguir uma boa caça novamente. Então nossa memória genética ainda é a mesma, e nosso corpo começa a perder gordura constante ou muito rápido, o corpo se defende.  

Por mais que você siga todas as regras para emagrecer, testadas e aprovadas pela ciência, em um determinado momento seu peso pode se estabilizar. Não adianta diminuir ainda mais o prato pois seu organismo aprendeu a viver bem com as calorias fornecidas no período da dieta e armazenou gordura suficiente para mantê-lo funcionando. Também não vale malhar em dobro. O platô acontece em várias fases. E passa.

No dia 12 mudei toda a dieta, podem puxar minha orelha se fiz errado, porque foi por minha própria conta em risco...rsrs, peguei dicas na net e acho que funcionou, em 5 dias emagreci 1 kilo!!!!  Iupiiiiiii, agora peso 82 quilos, falta pouquinho agora pra sair da casa dos 80.

Fiz assim durante 1 semana para testar:

Troquei o pão integral por torradas com 1 fio de mel orgânico ou metade de 1 pão francês tostado com 1 fio de azeite;

Troquei o queijo minas por polenguinho;

Alternei café com leite, café puro, leite com chocolate diet, 

A fruta que como antes de fazer exercício, também alternei com iogurte ou vitamina de banana e aveia;

Comi carboidrato todo dia no almoço e janta, de dia no trabalho comi 1 colher de sopa de arroz branco e no jantar comi batata doce ou um pouco de farinha de mandioca,  a semana inteirinha ( li em algum lugar que o carboidrato com moderação ajuda no efeito platô).

Essa semana vou alternar torradas e tapioca com blanquet de peru, a tapioca é menos calórica que o pão integral, sacia e o carboidrato próprio demora a ser absorvido pelo corpo, fornece energia e tals...rsrsrs e ainda é uma delicia....

Se for bom mesmo essas mudanças semana que vem conto pra voces. Foram trocas simples que deu uma sacudida no organismo....xô platô, a compulsiva aqui não pode variar muito assim não...fico louca!!!! 


kkkk

Beijos amigos e vamos que vamos..
15 de fevereiro de 2014
Boa noite amigos!

Tirei as fotos do meu oitavo mês de Gastroplastia para registrar minha evolução e vou mostrar pra voces.

Estou feliz demais com os resultados, são 8 meses de vida nova, 55 quilos off, manequim de 54 para 44.

Apesar de todas as dificuldades, a adaptação com o novo estômago, terapias semanais, a forte queda de cabelo, tomar líquidos de goles, excesso de pele e tudo o mais, eu digo que tudo vale muito a pena, estou focada em realizar meu sonho de ter um corpo saudável e a Gastroplastia está me proporcionando dias felizes que há mais de 10 anos estavam esquecidos.

Então vamos que vamos!!!!

Eu Antes e Depois de 8 meses:





Beijos e até mais.
13 de fevereiro de 2014
Bom dia Borboletas!

Desde que operei prefiro tomar tudo gelado. Principalmente água. Não importa o clima.Tem que estar trincada pra descer redonda rsrsrs, e observando por ai no mundo da blogosfera a maioria dos operados também dizem que a água gelada desce melhor e em temperatura ambiente não cai legal. Perguntei para o médico a razão disso, não sei se voces já sabem - eu não sabia - que os líquidos gelados são bem aceitos em paciente bariátricos mesmo, é comprovado. A água gelada se torna menos densa e não pesa no estômago reduzido, os metais que constam na água não nos atingem se estiver geladinha. Com um estômago do tamanho normal passa despercebido, mas depois da cirurgia ficamos muito sensíveis e a água causa um desconforto danado, até nauseas....no pós operatório eu sofri por conta disso, os líquidos não podiam ser quentes nem gelados para o novo mini estômago não se contrair por causa dos grampos, eu vivia enjoada e quando a temperatura dos alimentos foram liberados, depois de 15 dias este mau estar melhorou muito e percebi que era sempre que bebia algo geladinho....

Fiquei tranquila, não é nada pessoal comigo não...hehehe, então vamos abusar de água gelada, porque além de fazer bem para nós operados, tem muito mais benefícios:

Você sabia que bebendo água gelada ao invés de água na temperatura ambiente o corpo gasta 200 calorias a mais? Se você tomar os dois litros de água diários recomendados com ela gelada o corpo tem que trabalhar para esquenta-la antes de absorve-la e por isso gasta calorias! E chupar gelo? Chupando 5 pedras de gelo por dia, você queima 60 calorias extras! Uma bela ajuda heim?
Bom, agora vamos pensar no banho. Você pode tomar banho mais frio o que está acostumada e perder calorias também. Se conseguir tomar aquela ducha gelada no final melhor ainda. Mas isso já é mais controverso né? Tem o negócio do choque térmico, problemas respiratórios....

E na pele? Nada melhor que água gelada para desinchar o rosto, dar viço a pele e fechar os poros. E nos cabelos? Dar o último enxágue nos fios com água gelada fecha as escamas do cabelo e deixa o cabelo muito mais brilhante e macio.
Será que bolo gelado também ajuda emagrecer? kkkkkk
"Garçom - Pra mim água bem geladinha por favor!" hehehehe


Beijos e vamos que vamos.
12 de fevereiro de 2014
Bom dia Amigos!

Hoje é meu níver. Dia de comemorar 8 meses de Bypass. Nem acredito que passou tanto tempo...este mês não tive um emagrecimento constante, perdi somente 2 quilos :( fiquei um pouco decepcionada, tem 15 dias que o ponteiro não abaixa 1 grama sequer, estou outra vez no efeito platô. Como eu sei? Porque estou com a mesma rotina de exercícios e alimentação, putz mesmo os médicos avisando do platô isso é chato pra caramba, ainda mais com essa ansiedade que eu estou de sair da casa dos 80, nossa parece que não saio nunca desse número. Então - 2 quilos totaliza 55 quilos perdidos. Uma boa marca não é? Lógico que estou feliz com minha nova vida, agradeço á Deus todo santo dia por ter pisado no Instituto Garrido e ser tão bem atendida, e tão bem assistida, a equipe multidisciplinar me ajuda muito neste processo.

Estou cada vez mais acostumada com a vida de RA, nunca imaginei que diria isso, nunca segui com disciplina tanto tempo uma rotina de alimentação saudável, devo isso á Gastro, mudei todos meus hábitos. Não sou nenhum robô, tem alguns furos na minha dieta, mais nada que me faça queimar na fogueira das gordices rsrs, ás vezes faço escolhas pouco inteligente, tipo: ás vezes ao invés de comer proteína eu como uma fruta ou bolachas maizena ou ao invés de comer pão integral como 1 pão de queijo ou metade de um pão francês, e ás vezes no jantar faço uma pizza de 1 fatia de pão com queijo e tomate, e tomo suco artificial sem açúcar. Esse tipo de substituição....experimentei cerveja também e caiu super bem rsrsrs, depois de 8 meses as comidas descem muito mais fácil, os sabores estão mais intensos, ás vezes chega a dar náuseas, gosto da comida com pouco tempero agora.

Continuo com intolerância ao açúcar, tomo água de goles e me mantenho na abstinência de doces, gorduras, bebidas com gás e refrigerante. Nem me imagino comendo essas coisas mais, porque não me perdoaria por isso, não gosto de nada que me faça lembrar a antiga Silvia de oito meses atrás. Engraçado que antes eu imaginava ser impossível ficar sem tomar refri e nunca senti falta desde que operei.

Meu cabelo continua caindo horrores, acho que vou ficar careca, mesmo tomando Pantogar 2 x por dia.  Tomo também as vitaminas diariamente e me peso toda semana. Como de 2 em 2 horas e não sinto nada referente a cirurgia, nem parece que operei, não me canso de olhar a cicatriz dos meus furinho na barriga!

Minha vida está muito fácil de ser vivida, estou feliz, estou saudável, faço exercícios, como bem, estou cheia de sonhos!!!

Olho essa imagem  pra ficar feliz com 2 quilinhos off hehehe


Para 2014 :  Pesar 65 quilos é o que desejo.

Beijos e vamos que vamos.
10 de fevereiro de 2014
Boa noite.

Ontem minha mana que mora em SC foi embora, acabou as férias literalmente e agora acabaram as visitas. Sempre quando elas estão em casa a sensação é que estamos de férias ainda. Minha casa está uma solidão danada, a despedida sempre é a parte mais difícil porque tenho forte ligação com minhas irmãs e elas moram longe e nos vemos pouco, a saudade sempre é forte. Não dá pra aproveitar muito porque estou trabalhando, nas férias deste ano acho que vou viajar, estou pensando, sair de casa pra mim é um ó....rsrs, sou muito caseira. Ganhei vários presentes, bolsa nova super moderna, esmalte coral lindo!!!! ganhei uma legging super divertida pra animar na malhação...depois mostro pra voces.

A última vez que vi minha irmã Nina eu tinha 1 mês de operada, quando ela me viu dessa vez quase não me reconheceu mesmo me acompanhado por fotos...lógico que isso me deixa super feliz, ela sempre dizia que ainda não tinha se acostumado com minha nova imagem, difícil acreditar né? Em 8 meses nossa vida pode mudar tanto. Um elogio da minha irmã vale por mil, pois é uma pessoa que admiro, respeito e a tenho como um exemplo de mulher.

Olhem eu e a Nina Sábado á noite. É...eu sei, essa cinturinha dela não é genética...hahaha, ela sempre foi assim magrinha, nem parecemos irmãs. Linda por dento e por fora.




Fomos levar as crianças pra passear um pouco



No almoço rolou aquele churrasquinho de picanha e pão com alho que adoro....



Na Sexta á noite teve um jantarzinho especial, peixe assado com leite de coco light e todos comeram, isso não é o máximo? Ficou uma delícia!!!

Meu pratinho: 
Peixe com leite de coco e azeitonas, saladinha de tomate cereja e couve, rodelas de batata doce.

Brinde: Eu com suco e a Nina com cerveja, dei golinhos na cerveja dela e não senti nadinha...hehehe



Minha mãe tbm sente muito a falta das meninas, ficou toda muchinha...mas é a vida, vamos em frente, mas é lógico que ela paparicou os netos, rolou bolo de chocolate, refrigerante, sorvete, haja terapia depois kkkk, mas falando sério, não senti vontade de nada, estou me acostumando muito com guloseimas perto de mim, não sou mais escrava da comida. Não ligo mais. Isso é ótimo. Parece que a vida está ficando normal e fácil de viver.

Minha mãe, meu filho e minha sobrinha:




Família unida é o melhor presente de Deus pra nós. Acabou as férias e o ano começa agora...hehehe, rumo aos 65 kilos! Foco, Foco, Foco!


Beijos e vamos que vamos.
9 de fevereiro de 2014
Boa noite Amigos!!

Esse findi foi maravilhoso, primeiro quero agradecer voces pelas palavras de apoio que me fazem tão bem. Obrigada de coração ♥

Na sexta na hora do almoço eu e minha amiga Fernanda fomos ás compras, especialmente de lingeries, porque depois de emagrecer 54 quilos nada do que eu tenho no guarda- roupa dá pra aproveitar, imaginem sutiãs e calcinhas....pois é, estava cruel a situação, nem ia comprar nada agora, mas de tanto a Fernanda encher meu saco com meus tops e sutiãs e que não ajudam levantar nada, cedi e fui gastar um tiquim...rsrsrs.

Agora ficou assim:
Quase 8 meses de Gastro uso 46 para sutiã e G normal para calcinhas, antes era 54 sutiã e EXG calcinha. Imaginem minha felicidade, as mudanças são muito positivas, embora eu tenha muito excesso de pele nem fico chateada, porque do jeito que estava não dava pra continuar, vou me virando como posso, compro tops, uso bojo, cinta e assim vou indo, quem sabe um dia faço uma plástica na barriguinha e dou uma levantada nos seios?! Precisa coragem para tal aventura.

E lógico que tiramos várias fotinhas e vou mostrar pra voces:

Eu e a Fê na loja, ela me ajudou a escolher, super parceira:




Depois das compras fomos comer no Subway, nunca tinha ido antes e sempre ouvi falar muito bem, tinha que ser um lanche rápido e voltar pra empresa, mas o lanche é grande, escolhi o mais saudável de peito de peru, queijo branco, alface e cebola, suco light. 

Achei muito ruim o sabor, nunca mais volto lá...comi o equivalente a 3 mordidas e o resto foi pro lixo, foi boa experiência, não sou mais de comer lanches, fiquei bem chata depois da Gastro....hehehe, viva a vida saudável \o/



Pra variar um antes e depois de lingerie:

Antes e depois de 7 meses  - De 54 para 46.


De EXG para G

Quem diria eu mostrar lingerie na net...puxa como reduzir o estômago muda a cabeça....rsrs.

Beijos e vamos que vamos.
7 de fevereiro de 2014
Bom dia Galera.

Continuo fazendo terapia toda semana porque tenho compulsão alimentar forte. Mas está bem controlada, arrisco dizer que estou lidando bem com a comida por enquanto. Gosto bastante de terapia, mas a psico insiste em falar de relacionamento, vocês acham que isso tem a ver com compulsão alimentar? Ela aplicou testes, pediu pra eu desenhar um monte de coisa, será que eu escondo alguma coisa sem querer? Ela quer saber como me relaciono com o pai do meu filho, acho que é pelo fato de nunca mais ter me relacionado
com ninguém depois dele e a Dra Gisele é especialista em apoio familiar.  Até na terapia tenho que falar de ex? Puxa, que saco essa ligação por causa do filho, tudo bem, sou leiga no assunto, mas não quis falar sobre ele na hora, me recusei  usar minha terapia para falar de algo que já está saturado, ela disse que tudo é um conjunto, preciso puxar a raiz de onde vem minha compulsão. Fiquei pensando no caminho de volta, e uma coisa é certa: Depois do término do namoro não consegui mais perder peso, isso há 6 anos atrás. É...meu filho ainda vai fazer 5 anos, ele terminou comigo antes do meu filho nascer, engravidei em uma possível reconciliação, aff. Mas já falei isso pra ela.

Preferi ser taxada de chifruda do que largada por ser gorda, essa é uma verdade dolorida, o namoro acabou por causa do meu peso, eu sei. Isso me causa uma dor tão forte que não sei explicar, ser deixada de lado na pior fase da sua vida é muito difícil, mas são águas passadas, e antes desse ocorrido eu já tinha compulsão alimentar, só não sabia.  Desde que o Alisson nasceu temos um bom relacionamento, aprendi que não posso exigir mais do que a pessoa pode dar, todo mundo tem um tempo para evoluir, ele se tornou um amigo, pra terem ideia da minha vida social, ele é meu único amigo. E me ajuda bastante, sempre que preciso posso contar com ele, nem que seja pra desabafar, reclamar de alguma coisa, ele sempre tá lá pra ouvir, eu só estranho o fato de ele nunca perguntar nada relacionado á cirurgia, pq é algo marcante uma perda ponderal tão grande...enfim, nunca mais pensei em namorar, fiquei endurecida com tantos dissabores dos últimos anos, por enquanto não me vejo em um relacionamento, nem gorda, nem magra. Mas tenho vontade casar um dia, fazer minha família completa, ter mais filhos, ter minha casa, me sentir amada...quem não gostaria não é? Admiro muito os homens que enfrentam a obesidade junto com suas parceiras, isso é amor, na saúde e na doença, fico muito feliz quando vejo casos assim, como da nossa amiga de grampo Suzy, seu marido fez a dieta liquida junto com ela, e é personal , ajuda em tudo, a querida Ana Fayer que está na luta da RA e seu marido faz dieta junto com ela também, na minha família mesmo, minha irmã Nina que nunca teve problema com peso ajuda o marido que sempre luta com a balança. Isso que é amar, tem muito mais histórias, sempre que eu leio fico pensando porque comigo também não foi assim, alguém que ficasse do meu lado o tempo todo, dividir o fardo é um pouco mais fácil, não tive essa sorte. Sou um fracasso no campo amoroso...rsrsrs

Não gosto de ficar falando do passado, acho ruim pra caramba, mas se for pra ajudar a melhorar minha relação com a comida, vou me expor de todas as maneiras, porque o apego emocional que eu tenho com comida chegou a ser surreal, doentio e sei que vou achar meu ponto de equilíbrio nem que demore anos. Entrei de cabeça nessa guerra desde que decidi operar, é uma chance que não vou desperdiçar. Vou trocar de terapeuta outra vez. Dia 18/02 vou me consultar com a Dra Claudia que é Psicodramática, bem minha cara, não acham? Hahaha, ainda não achei um especialista em transtorno alimentar mesmo, estou procurando um porque sem terapia não fico de jeito nenhum, não posso.

Agora é assim, mexendo no estômago e no coração...   



Beijos e vamos que vamos.
5 de fevereiro de 2014
Boa noite Amigos!

Nossa, como eu tô bandida. Hahaha, hoje nem fui trabalhar. Calma, deixa eu explicar, pedi uma folga no trabalho porque hoje começou as aulas do meu pequeno, foi o primeiro dia e sou uma super mãe, só que não kkkk. O transporte escolar não leva o primeiro dia e não tenho ninguém próximo pra ajudar então teve que ser eu mesmo pra conhecer o ambiente, a professora, a sala, essas coisinhas. O pai do meu filho viajando pra variar...rsrs

Acordei cedo, fui fazer uma bela caminhada de 1 hora pra começar bem o dia, ia caminhar mais, porém o sol aqui em SP está castigando de tão quente, voltei, joguei bastante conversa fora com minha irmã querida Nina que está de visita em casa, só essa semana, ela mora no Sul. Depois levei meu pequeno pra escola, toda boba, valeu muito a pena essa folga que vou pagar depois. No caminho fui paquerada, óia a menina hehehe, almocei uma comidinha tudo de bom, gostoso comer em casa e agorinha pouco minha irmã me ajudou a customizar as 2 camisetas que eu ganhei no programa Barueri menos 1 tonelada, ficaram lindas e vou usar nas aulas de dança ;)

O dia hoje foi delicioso embora fiquei em casa, não fomos passear hoje, deixamos pra sábado e vai rolar o famoso churrasquinho também. Amanhã acabou a mamata, trabalhar e ir pra aula de dança queimar umas calorias e tirar o stress, dia 12 faço 8 meses e a balança tá de mau comigo, o platô tá pegado, depois conto pra voces.

Hoje comi bem pouco, muito calor, muita sede, vontade só de suco e água geladinha.

Tirei fotinhas do meu dia hoje, como é gostoso quebrar a rotina de vez em quando, maravilhoso.


Meu filho no primeiro dia do Pré, eu e minha sobrinha Alice.


Almoço de hoje em casa, bem saudável e gostoso:


E minhas camisetas customizadas pela mana do coração, ficou muito legal pra ir dançar:

 Essa ai embaixo cortamos a gola caindo no ombro esquerdo e amarrações de lacinhos dos lados:



Na outra lacinhos nos ombros e cortes nas costas, nada como o verão para variar:



E vamos que vamos, beijo e até mais.

Quem sou eu

Minha foto

Sou Silvia, romântica de alma, sonhadora e agora em busca do renascimento, um corpo saudável. No dia 12/06/2013 me submeti a cirurgia bariátrica, fiz o Bypass Gastrico em Y de Roux por video pelo convênio Bradesco no Instituto Garrido, depois de muitos meses pensando, enfim decidi! Vou dividir com voces a jornada da cirurgia, principalmente a parte burocrática e adoraria fazer novas amizades! bem vindos no meu diário, ele está aberto.

Pesquisar este blog

Evolução mês a mês

  • 12/06/2015 66,5 kilos 2 anos
  • 12/05/2015 66,5 kilos
  • 12/04/2015 66 kilos
  • 12/03/2015 67,2 kilos
  • 12/02/2015 67,2 kilos
  • 12/01/2015 68,6 kilos
  • 12/12/2014 69,2 kilos
  • 12/11/2014 69,5 kilos
  • 12/10/2014 70 kilos
  • 12/09/2014 72 kilos
  • 12/08/2014 73 kilos
  • 12/07/2014 73 kilos
  • 12/06/2014 73,5 kilos - 1 ano
  • 12/05/2014 74 kilos
  • 12/04/2014 75 kilos - meta médica
  • 12/03/2014 80 kilos
  • 12/02/2014 83 kilos
  • 12/01/2014 85 kilos
  • 12/12/2013 90,7 kilos
  • 12/11/2013 94 kilos
  • 12/10/2013 100 kilos
  • 12/09/2013 105 kilos
  • 12/08/2013 111,5
  • 12/07/2013 118,5 kilos
  • 12/06/2013 Maior peso 138 Kilos dia da cirurgia

Siga- me por e-mail!

Google+ Followers

Tecnologia do Blogger.

Minha lista de blogs