29 de setembro de 2013
Bom dia Amigos!

Nessas minhas andanças pelo mundo da gastroplastia, vi uma matéria sobre a Fotógrafa norte americana Jen Davis.

Ela decidiu documentar o próprio corpo durante seu emgrecimento pós bariátrica. Tudo começou quando ela estava de férias e tirou uma foto na praia com amigos, ficou surpreendida com a foto e seu estado que nem mesmo ela percebia. Decidiu reduzir o estômago com 100 kilos na época e agora está com 50 kilos. Nas fotos ela explora o desconforto e a vulnerabilidade de quem sofre com a obesidade, ela mesmo caracteriza como retratos crus e corajosos. E agora além de fotografar, ajuda inspirando mulheres pelo mundo todo, ficou bastante famosa agora devido suas fotos.

Decidi postar aqui porque as fotos me tocaram muito, fiquei extremamente emocionada, talvez por esse momento que vivo hoje.









 



















 
 




 





 






Uma inspiração pra começar bem  a semana, não estamos sozinhos nessa.
Quem quiser conferir os trabalhos de Jen Davis tem bastante coisa neste link: http://www.jendavisphoto.com/index.php
 
 
Beijos e vamos que vamos! 
25 de setembro de 2013
Boa tarde amigos.

Há 13 dias recebi um e-mail da minha irmã, vi agora, pois estava sem acesso ao Gmail. Trata-se de um texto vinculado a autoestima escrito por Clara Averbuck que é escritora e feminista.

Deixem as gordas em paz.
É um desabafo de uma gorda que tem a auto estima elevadíssima e que se mostra indignada com os padrões de beleza e a famosa ditadura da magreza.

Ok. A sociedade nos impõe sermos magras pra se encaixar nos padrões, mas cá entre nós, o padrão não é ser a Gisele Bündchen, ela é manequim e a questão não é ser esquelética, mas sim saudável, não venha com esse papo de "tem gordo saudável", eu sei que ás vezes a pessoa está acima do peso e não tem a saúde agravada, mas se continuar com sobrepeso por mais de 5 anos, acarreta várias comorbidades, isso é comprovado.

O mundo não foi feito pra gordo, Deus não criou seres humanos gordos, isso é triste e pesado de digerir, mas é assim. Eu falo isso com toda a certeza porque sinto na pele que é assim. Parabéns para aquelas mulheres e homens também que decidem se aceitar como são, e dão a cara á tapas, mas acredito fielmente que por dentro a pessoa queria não ter que passar por isso, se encaixar no que é ser "normal", por isso essa guerra travada contra os padrões, mas por dentro a luta é com ela mesmo. Seria ótimo se deixassem os gordos em paz, se o preconceito sumisse como por encanto, mas na realidade isso jamais funcionaria, ser gordo nunca é bom, não pode ser considerado normal uma pessoa não ter disposição por causa do excesso de peso, subir uma lance de escadas e não respirar direito, não caber em um assento de ônibus. Imagine se o mundo se adaptasse no tamanho dos gordos, o mundo ficaria pequeno, porque a obesidade não tem limites, o limite é a morte, pois se voce engordou, está comendo errado e isso já mostra a luz vermelha, ou é emocional, ou é a saúde que está te alertando pra algum problema físico. Nem mesmo as modelos Plus Size podem engordar....ou seja, não podem ficar fazendo manequins maiores a cada desfile, tem que manter o equilíbrio do corpo, é ruim ser gordo, odeio, e não acredito que alguém possa se sentir bem e feliz assim, não é por causa da pressão da sociedade, é porque não gosto do que vejo no espelho, enquanto eu puder lutar pra mudar o corpo, lutarei com todas as forças que tenho. Sou contra qualquer tipo de preconceito, mas gordura não é um diferencial, é uma doença ser gordo e tem tratamento graças á Deus.

A única parte que concordei com a autora, é quando ela menciona que gordo não é xingamento, que gordo é gente. Isso mesmo, gordo é uma pessoa doente que precisa de ajuda médica, merece carinho, atenção dos amigos e familiares, porque enfrentar essa doença sozinho é muito difícil, e ás vezes é mais fácil fingir que ser gordo é um estilo de vida, do que aceitar que na verdade a pessoa está doente.

Olhem a imagem de uma ressonância de uma pessoa gorda e uma pessoa magra, o organismo abalado, não acho que isso é ditadura da magreza, nem padrão da sociedade, é a saúde indo pro buraco mesmo...

Quem quiser ler o texto, que é muito interessante segue o link:

http://www.cartacapital.com.br/blogs/feminismo-pra-que/deixem-as-gordas-em-paz-9363.html?fb_action_ids=370753489721229&fb_action_types=og.recommends&fb_source=other_multiline&action_object_map=%7B%22370753489721229%22%3A1374252749476874%7D&action_type_map=%7B%22370753489721229%22%3A%22og.recommends%22%7D&action_ref_map=%5B%5D

Nina,
Obrigada por sempre compartilhar, Te Amo.
Minha irmã nunca foi gorda na vida dela, mas abraça a causa contra a obesidade por vivenciar de perto o sofrimento de quem é gordo.


Beijos amigos e vamos que vamos.
20 de setembro de 2013
Fui na Nutricionista. Levei uma baita bronca. Estou fazendo tudo errado. Estou comendo pouco.  Voce opera pra comer pouco e leva bronca por estar comendo muito pouco :O  rsrsrs....brincadeiras a parte, estou realmente comendo  pouco e isso é muito grave.  A Nutri simpática e magérrima como sempre, me pediu pra contar tudinho o que eu como desde a hora que acordo até ir dormir, contei tudinho e ela se espantou, disse que como pouca carne,  é muito perigoso pra saúde, tenho que priorizar a proteína, se não ficarei careca, sem dente e sem unhas, e pior ainda vou parar de emagrecer e perder gordura, o corpo vai queimar a proteína dos músculos, ficarei fraca mesmo tomando vitaminas e fazendo exercícios.  É sério o negócio de proteína, não é porque a carne não desce redondinha que é pra deixar pra lá, tenho que insistir. Carne tem muita fibra e nosso
estomaguinho não ajuda no suco gástrico que agora é bem pouquinho também, então a digestão é puramente mecânica e causa desconforto em algumas pessoas, igualmente para produtos integrais. Confesso que eu tinha desencanado, eu pensei assim:  vou comer o tantinho que desce, mas é bem pouquinho ...ela mudou todo meu cardápio, agora minha dieta é só proteína e cálcio, tirou meu suco, fruta só 1 por dia, tirou a bolachinha da tarde e batatinha assada que eu amo...essas coisas não tem muito pra me oferecer no momento, vou ocupar o espaço do estômago com muita carne, tem que mastigar bastante e comer devagar, nem que demore 3 horas tenho que comer um bifão...rsrs , ainda assim vou absorver bem pouquinho. Expliquei da dificuldade de almoçar na empresa, já que as opções são muito restritas, lá ás vezes  é hambúrguer, salsicha, nuggets...ela disse pra eu comer mesmo assim, vai ter proteína também, não posso pular refeição, nem substituir, não é pra eu comer arroz, feijão, legumes ,saladas.  Já que cabe tão pouco comer somente a carne e sem previsão de mudança, tenho que levar exames pro cirurgião pra ver como anda as coisas e em Janeiro volto com ela pra me avaliar novamente.

Ficou assim agora :
150 gramas de carne no almoço e no jantar (Carne vermelha e fígado)
Nos lanches da tarde comer hambúrguer  assado, bolinho de carne , kibe assado, esfirra (começar pelo recheio), espetinho de carne, carpaccio, rosbife, 1 lata de atum ou sardinha.
3 porções de cálcio por dia (Café, lanche da manhã, lanche da tarde e da noite) :
200 ML de leite desnatado;
3 colheres de sopa cheias de leite em pó desnatado;
1 fatia de queijo branco (Tamanho de uma torrada na espessura de 1 dedo) ;
4 polenguinhos light.

 
1 pote de iogurte DENSIA

Todas as refeições ingerir alimentos de origem animal , inclusive 1 ovo por dia no café da manhã e antes de fazer exercício.

 
Obrigatoriamente comer  1 colher de sopa  bem cheia de aveia + 1 colher de semente de linhaça triturada para o intestino.

Comer de 3 em 3 horas sempre.

E no final da folhinha do cardápio tem uma nota: Atenção – As vitaminas são para o resto da vida!
Kkkkk, eu sei disso.

A nutri também elogiou muito minha evolução, disse que eu estou super acima da meta esperada para o mês, fiquei tensa em subir na balança dela, não sei porque.  Mas os mesmos quilinhos estavam lá e 300 gramas a menos ainda...ai que sensação maravilhosa!!!
Amigos operados, nunca deixem a equipe multidisciplinar, é de extrema importância e pra sempre...eu estava comendo saladas e achando que tava abafando...hehehe, bora comer carne!







                      Essa fotinha representa 1 kilo de gordura e 1 kilo de músculo.

Beijos e vamos que vamos.
 
17 de setembro de 2013
Bom dia Amigos,

Vou colocar fotinhas pra voces verem minha evolução de 3 meses... tirei ontem as fotos, então o balanço até agora é 34 kilos off....já foi embora mais 1 quilinho....ô vida boa, rsrsrs.

Este é o resultado de 3 meses sem refrigerante, sem chocolate, sem gordura, e com uma baita ajuda da Bariátrica, não posso deixar de frisar isso também. Nossa, nem eu acredito no que estou escrevendo, parece um sonho tudo o que estou vivendo.

Tudo é flores?  Claaaaro que não, tenho dificuldades, lido com a compulsão todos os dias e tento me manter na abstinência, não posso cair nessa de "só um pouquinho não faz mal", eu me conheço há 27 anos e sei que comigo isso não funciona.

Chega de conversa, olhem as fotinhas. Mês que vem não vou tirar com a mesma roupa, tá muito folgada, vou colocar uma mais apertadinha"óia a menina....kkkk" pra ver melhor a diferença.

 

 
  
 

 

 
 
 
 
 
Agora umas fotinhas sem essa roupinha....rsrsrs, não reparem o fundo da foto, uma bagunça.....
 
 


 
 
 
 

 
 
Beijos e vamos que vamos!!! 
 
 
12 de setembro de 2013

Bom dia Amigos!
Hoje é meu dia que dia mais feliz!!!
Hoje é meu aniversário de Gastro.  3 meses de vida nova, 3 meses de renascimento e 33 kilos off.

Durante este mês eliminei 6 kilos, totalizando 33 off,  felicidade me define.
A vida de gastroplastizada ainda me surpreende muito, nem eu acredito na nova realidade, são tantas coisas boas, tantas novidades.

Este mês não tive platô, eu me pesei semanalmente e toda semana emagreci um pouco, muito bom.  Nunca mais vomitei amigos, isso é o que mais eu comemoro, estou me entendendo com meu estomaguinho rsrsrs, ainda passo mal com comida integral, raramente como arroz, não cai bem, como pouca carne e continuo com muita sede.
Percebi que pra não entalar com comprimido, precisa ser bem pouquinha água, um golinho de nada, ai desce redondo.

Continuo na batalha entre cérebro X estômago, ás vezes tenho vontade de comer algumas coisas que eu vejo e luto contra a compulsão, faz parte do processo, mas adotei esse lema: Vontade vem e passa, na hora é difícil, mas depois a sensação de vitória compensa. Mas não fico pensando em comida , ou o que eu gostaria de comer, essas vontades não tenho.
Como de 3 em 3 horas, frutas, iogurte, queijo...não vario muito a rotina alimentar, não gosto. Me sinto bem seguindo um cardápio, não sei comer por conta própria. Isso é ruim, se eu comer qualquer coisa fora do menu sinto aquela velha sensação de culpa, estou tentando mudar a cabeça, mas tá difícil pra caramba. Esse é mais um sintoma da compulsão alimentar.

Essa semana experimentei propositalmente 1 colherzinha do Danoninho do meu filho, engoli e sentei, fiquei esperando...5 minutos contados no relógio e meu coração disparou...é... eu tenho Dumping. Foi leve, fiquei com um pouquinho de dor de cabeça também. Mas se o açúcar de uma colherzinha de chá me afeta, imagine o organismo do meu filho comendo um potinho inteiro ou uma bandeja toda na semana...não comprarei mais pra ele também, vou oferecer outras opções de lanchinho e sobremesas. Ainda bem que ele adora frutas.
No lanche da tarde, ás vezes como 3 bolachas maisena e não tenho dumping, mas a bolacha tem açúcar, estranho né?

Minhas roupas estão todas reformadas, mandei apertar as calças jeans 4 dedos de cada lado, até blusinhas apertei. Não comprei nenhuma peça de roupa, estou usando as mesmas ainda, só vou comprar roupa ano que vem, enquanto der pra apertar vou usando...não tenho nem idéia do meu manequim atualmente.
Meu cabelo continua todinho na cabeça, que permaneça assim...rsrsrs, minhas unhas estão fortes como nunca vi, já minha pele...tá um bagaço, seca, seca, creme nenhum dá jeito.
Continuo na hidro e estou com vontade de fazer outras atividades também, vou ver se me aventuro em mais alguma coisa.
Acho que é isso amigos, a vida vai seguindo e cada dia aprendo mais e mais....tudo ainda é uma adaptação, tudo o que acontece ainda é novidade pra mim, estou exultando, estou feliz, me sinto uma pessoa privilegiada por ter tido essa chance de recomeçar, de fazer diferente.

Há..ia esquecendo...sai da Obesidade III Mórbida. Agora meu IMC é 36,33 – Obesidade II Severa, continuo obesa, mas pelo menos diminui um grupo de risco, né?

 
Beijos amigos, obrigada pelo carinho de sempre, depois posto fotinhas antes e depois.

10 de setembro de 2013

10 Setembro, dia do GORDO.

 Parabéns pra mim então que sou gorda.

 Não sei o motivo dessa data ou o que comemorar com isso. Pra que será que serve este dia? Para nos lembrar a humilhação de sermos  motivo de piadas, discriminação, preconceitos  e olhares de pena? Pra lembrar o quanto é difícil carregar 40 kilos a mais no corpo todo dia? (meu caso). Ou ainda pra nos lembrar a vergonha de comer escondido por não conseguir controlar a compulsão?

Tomara que este dia sirva como exemplo para os persistentes e guerreiros como a gente , e que sirva de conscientização  para aqueles que pensam que os gordos não tem vergonha na cara, que são gordos porque querem,  e para aqueles que não sabem o que é se esconder dentro de um enorme corpo.

 
Bom dia meus amigos, e vamos que vamos!!!
8 de setembro de 2013
Boa tarde amigos.

Eu vi esse texto em um grupo de gastroplastia do Face, achei bonito e vou colocar aqui no bloguinho:


Ser Gastroplastizada é......

Ter a chance de um novo recomeço.

Ver os sonhos de anos se realizarem.

Se arrepender por não ter feito a cirurgia antes.

Aprender a cada dia a lidar com as novas limitações.

Não pensar sempre em comer mas o que comer e como comer.

Saber priorizar os alimentos que vão lhe fazer bem e ter que fazer a sua parte a cada dia.

É saber o que a conterá em seu corpo e estar disposto a enfrentar todas as mudanças.

 Ficar feliz a cada roupa perdida correr atras de uma balança, quando na verdade passou a vida toda fugindo dela.

Relembrar do nervosismo que foi caminhar pelos corredores do hospital em direção ao bloco cirúrgico. Falar de redução de estômago ate cansar.

Se emocionar ao ver fotos antigas.

Conhecer várias outras pessoas gastroplastizadas nas redes sociais.

Querer ver todas as fotos de pessoas que já fizeram redução.

Comprar roupas que eu gosto e não que me serve.

Ter o maior orgulho em dizer que fiz redução de estômago.

Ser gastroplastizado é maravilhoso! Uma sensação mágica, única, indescritível! Uma mistura de todos os sentimentos possíveis... uma luta diária.

Ter que ouvir comentários do tipo: já está magro demais; se não tiver cuidado volta a engordar tudo outra vez; com essa dieta até eu emagrecia.

É saber que os olhares que antes eram de preconceito e piedade hoje são de admiração.

É sentir saudade de todos as etapas vencidas e ter certeza de que se fosse preciso faria tudo novamente.

É celebrar as pequenas e grandes conquistas enfrentar as privações e dificuldades e vibrar diante dos resultados.

(texto anônimo)
6 de setembro de 2013
Bom dia amigos.

Voces sabem diferenciar a Fome da vontade de Comer?

Nesses quase 3 meses de gastroplastizada percebi há alguns dias que ando com algumas vontades...sim, esse é o meu cérebro de gorda falando. Eu não tinha vontade de comer nada, e nem pensava em comida, mas fui posta á prova 2 vezes. Quando fui ao cinema com uma amiga ela decidiu que queria comer no MC Donald's e eu já tinha almoçado e resolvi acompanhá-la com um suco natural, eis que o cheiro daquele lanche despertou em mim uma vontade louca de comer, eu até estranhei, porque ainda não tinha  tido vontade de comer nada, mas fiquei realmente abalada. A 2 ª vez fui ao Happy Hour depois do trabalho com alguns colegas e todos tomando Chopp e eu na água mineral e um grelhado de carne vermelha, me deu muita vontade de tomar cerveja, coisa de louco, nunca fui de beber, meu negócio era comer...rsrsrs, mas me deu tanta vontade que cheguei a sentir o gosto da cerveja na boca, juro! Não posso evitar situações que envolve comida, tenho que me adaptar, é vida que segue e jamais comeria aquele lanche ou tomaria álcool mesmo com vontade, não desrespeito meu micro estômago, isso seria o fim da linha pra mim, não sairei dos meus propósitos, e ainda sei que passaria mal pra caramba. Mas depois destes ocorridos fiquei super deprimida, não por não ter comido ou bebido e sim pelo fato de minha cabeça ainda desejar uma porcaria mesmo depois de passar por tudo o que estou passando, mesmo depois de tanta terapia, isso me deixou realmente triste, por que eu senti na pele que a luta contra a compulsão é difícil demais e levará anos, talvez toda a minha vida essa guerra. Eu até sonhei que estava comendo até me empanturrar, quando acordei chorei muito, me senti a pior pessoa do mundo, o dia todo me senti  um lixo, agora já passou, meu  equilíbrio voltou, mas fico pensando...serei sempre forte assim? Me fortalece bastante saber que não estou sozinha nessa, posso contar com a ajuda de voces, da família e agora também encontrei um alicerce que é o CCA - Comedores compulsivos anônimos, vale a pena tentar um reunião mesmo on line ajuda bastante.
E eu sei diferenciar quando eu estou com fome de verdade, pois me acostumei a comer de 3 em 3 horas, se passo 4 horas sem comer, meu estômago reclama e me sinto nauseada, ai já olho no relógio e sei que está na hora de comer alguma coisa. Nos meus dias de rotina vejo as pessoas comendo e não sinto nada, super tranquilo, por enquanto foram essas 2 vezes que fiquei assustada com o fantasma da comida.

Olhem algumas dicas legais pra diferenciar a fome da vontade de comer:

Há quanto tempo eu fiz minha última refeição?
Se a resposta for menos de 2hs, isso não é fome! Entre 2h e 3h pense o que compôs a sua refeição anterior. Alimentos com fibras? Ou alimentos como pão e biscoito branco? É melhor tomar uma deliciosa água e aguardar mais 1h para fazer o próximo lanche. Agora se a resposta for mais de 3h é provável que seja fome.

Você comeria qualquer alimento neste momento ou tem preferência por algum?
Se a resposta for a segunda, provavelmente seja apenas vontade de comer.

Você sente um vazio no estômago e até ruídos?
Opa, isso é fome!

Algumas outras situações:
Você sabe que quer comer algo, mas não sabe bem o que, não consegue se decidir... mas quer comer, precisa comer. Aqui provavelmente seja vontade de comer, ou até mesmo ansiedade.
Você viu a imagem de um alimento muito saboroso ou algo te lembrou de uma refeição deliciosa e... pronto! Você decide que precisa comer urgente!! Isso não é fome, você recebeu estímulos que o fizeram pensar em comida e desejá-la, então cabe a você dispensar esses pensamentos sabotadores.


Beijos, e vamos que vamos.
4 de setembro de 2013
Bom dia meus amigos.

Mudei o Layout do meu bloguinho, porque o outro que eu gostava bastante começou dar um monte de problema, já haviam reclamado de não conseguirem comentar, e bloqueou ontem ...parece que havia outro com o mesmo nome do meu..aff, coloquei este e tive que mudar o nome também, voces aprovam? Só fiquei triste porque perdi todos os comentários que voces fazem com tanto carinho pra mim...  :(


Ontem foi a 1ª consulta com o ginecologista depois da Bariátrica. Nós meninas ficamos em desvantagem em menstruar todos os meses e mandar embora um montão de ferro que não conseguimos repor fácil igual antes. Meu cirurgião já havia me falado que seria interessante deixar de menstruar alguns meses pra não baixar o estoque de ferritina no corpo e ontem passei com o Dr. Danilo e ele me confirmou, é isso mesmo. Não é uma regra, mas quem tiver disposta vale muito a pena, principalmente quem tem um fluxo forte como eu, a carência de ferro atrapalha a proteção do corpo, e pode desenvolver várias doenças, a anemia é a mais comum, mais tem um monte de coisa ruim. O Dr. pediu um monte de exame pra fazer, os exames de rotina normais de ginecologia: ultrasson do útero, o preventivo, ultrasson das mamas e ainda pediu exame de urina e um monte de exame de sangue, ele vai acompanhar minha evolução também e de primeira mão ele acha cedo pra interromper a menstruação, porque pode ter retenção de líquidos e inchaço, o que não seria legal. Ele me indicou começar usando um Anel Vaginal, me disse que é o mais moderno, ele reduz muito o sangramento, reduz cólicas e TPM, evita gravidez e a absorção do hormonio é local, super indicado para pacientes bariátricas e ainda não engorda. Coloca-se esse anel no primeiro dia do ciclo e tira depois de 3 semanas dando uma pausa de 7 dias, esse anel tem um custo de 50 reais. Não vou utilizar agora, queria muito deixar de menstruar um tempo, mas esse gasto mensal vai me atrapalhar por enquanto. Ele disse também que a pílula pode perder a eficácia em algumas mulheres depois da cirurgia por causa da má absorção, ele particularmente não recomenda tomar pílula, sei lá...já li que até aidéticos que tomam coquetel podem operar e continuar tomando seus remédios normalmente pra manter a saúde.

E a rotina de médicos e exames continua....

Beijos amigos e até mais.
2 de setembro de 2013
Bom dia amigos!

Aqui na minha cidade vai começar no dia 09/09 um programa chamado Barueri menos 1 tonelada. É um  emagrecimento de forma saudável para mulheres, serão 500 mulheres que juntas irão eliminar 1 tonelada, dá 2 kilos pra cada....o programa dura 90 dias e terão várias atividades, vai ter aulas de hidro, musculação, boxe, spining, zumba, caminhadas comunitárias, e no ultimo dia no final de novembro vai ter um circuito de 5 km, é um incentivo pra emagrecer com saúde, também terá palestras motivacionais, de condicionamento físico, acompanhamento com médicos e nutricionistas, vão tirar nossas medidas antes e depois, vai ter coleta de sangue e monitoramento de pressão arterial tudo gratuito. É um projeto dos estudantes de medicina da Faculdade Mackenzie com parceria da prefeitura de Barueri, muito bacana esta iniciativa, está na 2ª edição e dizem que a primeira foi um sucesso, eu já me inscrevi, vai ser muito divertido fazer novas amizades e ajuda a tomar gosto pelos exercícios....ano passado nem fiquei sabendo desse programa, é engraçado como agora esses assuntos me rodeiam....estou animada, dia 09 será o 1º encontro da equipe que vão nos entregar o manual, camiseta, viseira, garrafa de água e mochila Fit e no próximo já começamos as atividades, são mais ou menos uns 6 encontros por mês, já arrastei uma colega comigo pra não desanimar, a perda de peso é simbólica, o importante é seguir com a reeducação depois do programa acabar, legal não acham?


Mudando de assunto, hoje logo cedo já ganhei meu dia....pela 1ª vez um desconhecido me parou na rua...eu estava no ônibus que pego todo dia pra ir pro trabalho e uma mulher virou pra mim e perguntou: "Moça, como voce está emgrecendo, o que está fazendo? Eu pego este ônibus todo dia e estou admirada com vc, outra pessoa, só te reconheci por causa da bolsa, to boba."  Eu respondi toda sorridente..."Obrigada, fiz redução de estômago e reeducação alimentar, to indo para o 3º mês." A mulher fez um monte de perguntas e eu respondi com a maior alegria do mundo...ela me disse que reparou que eu fiquei um bom tempo sem pegar aquele ônibus e quando eu voltei já estava mais bonita....hehe, cheguei no trabalho com sorrisão de orelha á orelha....a semana já começou bem, que continue assim!


Beijos amigos, ótima semana pra todos, e vamos que vamos!

Quem sou eu

Minha foto

Sou Silvia, romântica de alma, sonhadora e agora em busca do renascimento, um corpo saudável. No dia 12/06/2013 me submeti a cirurgia bariátrica, fiz o Bypass Gastrico em Y de Roux por video pelo convênio Bradesco no Instituto Garrido, depois de muitos meses pensando, enfim decidi! Vou dividir com voces a jornada da cirurgia, principalmente a parte burocrática e adoraria fazer novas amizades! bem vindos no meu diário, ele está aberto.

Pesquisar este blog

Evolução mês a mês

  • 12/06/2015 66,5 kilos 2 anos
  • 12/05/2015 66,5 kilos
  • 12/04/2015 66 kilos
  • 12/03/2015 67,2 kilos
  • 12/02/2015 67,2 kilos
  • 12/01/2015 68,6 kilos
  • 12/12/2014 69,2 kilos
  • 12/11/2014 69,5 kilos
  • 12/10/2014 70 kilos
  • 12/09/2014 72 kilos
  • 12/08/2014 73 kilos
  • 12/07/2014 73 kilos
  • 12/06/2014 73,5 kilos - 1 ano
  • 12/05/2014 74 kilos
  • 12/04/2014 75 kilos - meta médica
  • 12/03/2014 80 kilos
  • 12/02/2014 83 kilos
  • 12/01/2014 85 kilos
  • 12/12/2013 90,7 kilos
  • 12/11/2013 94 kilos
  • 12/10/2013 100 kilos
  • 12/09/2013 105 kilos
  • 12/08/2013 111,5
  • 12/07/2013 118,5 kilos
  • 12/06/2013 Maior peso 138 Kilos dia da cirurgia

Siga- me por e-mail!

Google+ Followers

Tecnologia do Blogger.

Minha lista de blogs