29 de agosto de 2013
Bom dia meus amigos de Grampo!

Mais uma meta alcançada, mais um desafio quebrado 30 kilos off  .

Eliminei 30 kilos em 77 dias de Gastro e isso me deixa imensamente feliz!!
Penso em 2 meses atrás e não me vejo mais, aquela Silvia morreu no dia que eu entrei no centro cirúrgico, hoje eu quero viver, quero me cuidar, quero fazer tudo diferente, não tenho saudade de nada do que ficou antes de eu operar. Eu sei que a cirurgia não é a solução de todos nossos problemas, tenho problemas no trabalho, em casa, na vida afetiva, na vida financeira, mas tudo está com uma proporção muito menor, tá tudo mais fácil de compreender e resolver, cada quilo que eu emagreço parece que meus problemas tbm diminuem, nem eu entendo.
Estou na metade do caminho, e a caminhada não é fácil. A Cirurgia bariátrica é só uma forte ferramenta de auxílio contra a obesidade, mas não é o principal. Tudo está concentrado na cabeça, temos que mudar os hábitos e pensar diferente, pensar saudável. Nosso mini estômago não entende nosso cerébro faminto rsrsrs.

Continuo na terapia de grupo e hoje começo um tratamento para a compulsão alimentar no CCA - Comedores Compulsivos Anônimos-  será meu primeiro encontro, depois farei um post sobre isso, porque a ajuda em grupo é o que me mantém com os pés no chão e com o equilíbrio emocional em dia. Minha psico me diagnosticou com compulsão e vou tratar porque posso ter reganho de peso depois de atingir a meta e isso é um assunto que muito me assusta.

Pra comemorar a metade da caminhada rumo ao corpo saudável tirei 2 fotinhas pra voces verem como estou:


Eu e meu filho Alisson
 
 
Olhem quanto eu já emagreci em arroz:
 
6 sacos de 5 kilos....se fosse pra eu carregar nos braços tudo isso seria impossível de aguentar, e meu corpo carregava todo dia e não reclamava, triste isso.
 
Beijos amigos e vamos que vamos!

28 de agosto de 2013
Bom dia Amigos!

Voces já ouviram falar de acantose nigricans?

É uma doença de pele que é agravada principalmente pela obesidade e gera resistência a insulina. Também é chamada de Acantose nigricante (acantosis nigricans).

Eu tenho este problema devido a obesidade e tratava com remédios hormonais e um remédio pra insulina em comprimido, o mesmo que diabéticos tomam. Mas o que realmente incomoda é as manchas escuras na pele que parecem sujeira, é constrangedor, jamais eu prendia meu cabelo com rabo de cavalo e mostrava meu pescoço, a região mais afetada é o pescoço, axilas e virilhas. A pele fica vincada e muito sensível, arde e fica dolorida a região. Mais um sofrimento que a obesidade causa. O remédio causa enjoos diariamente e o tratamento dura anos e não fica 100% a pele.

Depois que eu fiz a Bariátrica, não preciso mais tomar nenhum remédio e a cura se mostra nitidamente durante esses 2 meses de operação. Meu pescoço quase não tem mais manchas, nem axilias, eu não tinha notado, percebi ontem como minha pele clareou naturalmente sem remédios, a felicidade que eu sinto a cada dia não tem preço. Pena que eu não tirei nenhuma foto pra mostrar o andamento, mais pra voces terem noção vou colocar umas fotos da net, as minhas manchas eram mais ou menos assim:



Estou vendo a cada dia a sábia decisão que eu tomei fazendo a cirurgia Bariátrica. Só vejo benefícios e muita qualidade de vida.
 
A acantose nigricante ou acantosis nigricans é caracterizada pelo escurecimento da pele das dobras do corpo e pregas cutâneas, que se torna espessa e aveludada.
A doença pode afetar pessoas saudáveis ou pode estar associada a outros problemas de saúde. Alguns casos são herdados geneticamente e é mais comum a ocorrência entre pessoas afrodescendentes.
A obesidade, assim como outros distúrbios endócrinos, pode levar ao surgimento da acantose nigricante, que é freqüentemente encontrada em pessoas com diabetes.
Alguns medicamentos, como o hormônio do crescimento ou os contraceptivos orais (pílula) também são citados como possíveis causas para o surgimento da acantose. Casos graves podem estar relacionados à ocorrência de neoplasias malignas, mais comumente do trato gastrointestinal ou genitourinário, mas sua ocorrência é mais rara.
 
Manifestações clínicas
A acantose nigricante evolui lentamente provocando o escurecimento progressivo das áreas afetadas e as lesões não são acompanhadas de qualquer outro sintoma.
Os locais mais atingidos são as axilas, virilhas e pescoço, onde formam-se áreas de pele escurecida, espessada, com a superfície rugosa e vincada, conferindo um aspecto aveludado. Em alguns casos, os lábios, as palmas das mãos, as plantas dos pés ou outras áreas, também podem ser afetadas.

Beijos e vamos que vamos!!
20 de agosto de 2013
Bom dia Amigos!

Estou adorando a Hidroginástica. Parece mentira quem ouve eu falando assim, é a mais pura verdade. As coisas mudaram por aqui, estou amando fazer exercícios, me cuidar, sentir que eu estou vivendo!
Eu ia fazer 2x Hidro e 2x Academia na semana, mas o médico da Academia não me autorizou a começar agora a academia, ele me explicou o motivo, disse que eu passei toda minha vida no sedentarismo, recentemente fiz a gastroplastia que é muito agressiva para o organismo, não estou consumindo a quantidade de proteína adequada e ai começar com tudo nas atividades físicas, poderia fazer mal, ou ainda eu poderia desistir...o pior que achei que ele tem razão, cabeçona de gorda, então me sugeriu começar pela hidro e depois quando eu estiver bem adaptada e acostumada com a rotina de exercícios vou ocupando meus dias com a academia...ok, parece que o Dr sabe mais da minha vida do eu mesma...hehehe. Tudo combinado, comecei as aulas no dia 12/08 mesmo. Amei, nunca imaginaria que era tão delicioso se exercitar dentro da água, é uma delicia, eu super recomendo, nunca mais vou deixar de fazer a hidroginática, além de emagrecer e tonificar o corpo, proporciona um relaxamento maravilhoso, é outro mundo. E ainda é possível queimar 500 calorias em 1 hora de aula. Lá no Espaço Mulher o bicho pega, é 1 hora sem parar de exercícios, eu canso, quase arrego, o corpo doi todinho...rsrs, mas é delicioso, dá um bem estar danado. No dia seguinte da aula quando levanto pela manhã, parece que tem um bloco na barriga, levanto toda dolorida, mas o professor disse que é normal, daqui a pouco nem vou sentir.
E os resultados já se vê: 1 Semana mandei embora 1 quilo e 800 gramas, quase 2 quilos!
É um conjunto: Gastro + RA+ AF + Fé...kkkk, tem que manter a fé. Mas achei otimo resultado pra primeira semana e ainda estou na TPM, e a dona M resolveu me visitar, então é um saldo muito positivo.
Podem acreditar, a sensação de dever cumprido é o que faz valer a pena.


Beijos
17 de agosto de 2013
Boa tarde amigos!

Hoje aqui em SP está um friozinho tão bom pra ficar em casa....mas estou trabalhando firme e forte até ás 14:20!

Hoje uma pessoa me perguntou pela quarta vez se eu não tenho fome com um ar de incredulidade, fiquei com isso martelando na minha cabeça e resolvi postar.

Dívida ou crédito? Fico pensando....será que eu tenho uma dívida ou um crédito com meu peso?

Fazer a cirurgia de redução do estômago foi a mais importante decisão que eu tomei em minha vida, mudei completamente meus hábitos, sonhos, planos, alimentação, não sou mais escrava da comida. Todas essas mudanças foram positivas, e passei a gostar mais de mim mesma.


Como está o processo? Ainda é cedo pra eu saber, afinal 65 dias é pouco tempo pra identificar o que está acontecendo, a minha cabeça não acompanha meu corpo, quase não vejo as mudanças que estão acontecendo e me faço essa pergunta sempre. A ansiedade ainda existe fortíssima na minha rotina. Encaro hoje a ansiedade como uma hóspede indesejável que eu gostaria que desaparecesse da minha casa, mas por boa educação eu aguardo ela ir embora, em vez de jogá-la á pontapés eu a acompanho até o portão de saída passo-a-passo e tranco a porta...assim estou dominando a ansiedade. Saberei daqui alguns meses. Mas existem muitas cobranças, são cobranças com teor diferente, mas são cobranças que ás vezes incomodam.

Antes de operar, as cobranças vinham primeiramente de mim,” nossa tenho que me cuidar”, “preciso fazer um regime”, “Queria ter o corpo que eu tinha com 16 anos” “Não aguento mais comer e comer pra me sentir bem e depois não caber mais em minhas roupas.” “Porque eu sou assim?”
E a cobrança maior vinha da sociedade “Nossa , ela come muito doce,” “Voce sabe se tem diabetes?” “Voce sempre foi gordinha?” “Não tem vontade de emagrecer?” ”Faz uma dieta, vc tem um rosto tão bonito, pq não emagrece?” “Se você emagrecer vai casar” “Conheço uma dieta incrível, faz vc secar”. “Suas irmãs são tão bonitas e magras, quem vc puxou?”

Depois da cirurgia voltam as cobranças, dessa vez de uma maneira mais sutil, menos agressiva, mas ainda sim cobranças: “Uau, Redução de estômago, parabéns pela coragem, mas cuidado.” “Nossa Silvia, já emagreceu quanto?”, “Já perdeu muita roupa?”, “Não vá comer bobagens hein!”. “Fulana fez a cirurgia e engordou tudo denovo” “Menina você vai ficar cheia de pele, tá guardando dinheiro para plásticas?” “Parou de emagrecer ?, acho que não atinge a meta, melhor comer menos ainda.”

Hoje, além de perceber as expectativas das pessoas, que nem tenho intimidade muitas vezes, pessoas que nem sabe o quanto eu luto todo dia contra o vício da comida - que a cirurgia não cura – pessoas maldosas, que querem me ver pelas costas. Eu também me cobro pelos resultados: “Será que eu atinjo a meta?” “Estou fazendo tudo certo?” “É esse mesmo o caminho?” “Eu mereço me sentir feliz todo dia?” “Estou emagrecendo pouco?”


É muito difícil saber se neste momento sou a própria credora da minha vida, quando o assunto trata-se de um corpo gordo que está enxugando aos poucos e é notável o andamento, não tenho como mostrar somente o resultado final e dar um tapa na cara da sociedade.

 Beijos amigos e vamos que vamos.
14 de agosto de 2013
Bom dia Amigos!

Conforme eu prometi no post anterior, segue as fotinhas do Antes e Depois, pra registrar os dois meses de Gastro.

Agora eu consigo notar a diferença e me sinto cada dia mais feliz, a caminhada ainda é longa e terá sempre altos e baixos, acho que eu já disse isso, mas nunca na vida eu tomei uma decisão tão maravilhosa, pela primeira vez eu fiz algo de bom por mim mesma, antes eu me destruia a cada dia, me entupia de comida pra afastar o sentimento de frustração que eu sentia e agora e construo uma nova história a cada dia e isso não tem preço. Eu que achava que a Bariátrica era um sonho distante, eis-me aqui pra provar que é possível começar denovo, ter uma nova oportunidade, um renascimento graças a Deus, a medicina avançada e minha força de vontade.

Fê Gerunda, muito obrigada pelo carinho nas minhas montagens.....rsrs, doidera né?

Olhem aí e me digam o que acham...

 
 
 
 
  
 
 
 
 
 
 
 
 


 

12 de agosto de 2013

Bom dia Amigos de Grampo.

Hoje é um dia especial pra mim, meu niver de 2 meses de Gastro.

São 60 dias de vida nova, e hoje comemoro mesmo com o dobro, pois são 2 meses de reeducação alimentar sem moderadores de apetite, sem antidepressivos, sem remédios hormonais, sem doces, sem refrigerantes, sem gorduras e cada graminha perdido sei que dessa vez é pra sempre. Se estou feliz? Muitoooo, Me sinto alegre todo dia, meu IMC ainda está na faixa de Obesidade Mórbida, mas eu já mudei por dentro e minha condição é temporária, eu acredito que chegará o dia que meu IMC será de uma pessoa normal, então já me sinto normal por dentro e aos poucos por fora tbm.

Este mês eu eliminei 7 kilos com um platô de 15 dias....totalizando 26,500 off. Inexplicável a sensação de vitória, de saber que fiz algo de bom por mim mesma, agora eu tenho o controle da minha vida novamente.

Continuo sem sentir fome, mas se passo muitas horas em jejum, meu estômago dói ai percebo que tenho que comer algo. Me perguntam se sinto vontade de comer alguma coisa, eu sempre digo que não, mas nunca fui posta á prova de fato, então é mais fácil assim. Não fico pensando em comida o tempo todo igual eu fazia antes, como o que eu tenho que comer e pronto, não me sinto mais escrava da comida, não sei se é cedo pra falar isso, mas sou sincera, se eu tivesse com vontade também não comeria, pois desde que eu decidi operar, firmei um propósito de mudar radicalmente de vida e a compulsão alimentar não vai mais me dominar, estou muito mais equilibrada e segura do caminho que eu estou trilhando nestes 2 meses. Parece que eu estava em um transe estes anos todos, vejo as coisas com mais clareza, antes meus pensamentos eram todos envolvidos com comida, hoje eu tenho nojo e vergonha de falar isso.

Sou uma pessoa doente e o tratamento vai durar enquanto eu viver, essa é a realidade pra quem sofre de obesidade.

As dificuldades de comer carne ainda existe, me esforço bastante, mas não ultrapasso 2 colheres de sobremesa de carne. Desencanei, aos poucos atinjo a quantidade ideal, já consigo engolir o comprimido de Centrum inteiro, não entalo nem vomito...meus vômitos também cessaram, já sei o que me faz mal e não como, então não vomito mais...uffa, a pior parte já foi. Também consigo beber 1 litro de água \o/, mas ainda tenho muita, muita sede.

As fotos da evolução deste mês eu já tirei, mas esqueci de enviar pro meu e-mail aqui do trabalho, então amanhã eu coloco as fotos pra vocês verem.

Acho que é isso, ainda é tudo novidade pra mim, roupas ficando folgadas...tenho altos e baixos, ainda sinto falta da sensação de prazer que a comida me dava, é um buraco que nem os kilos perdidos conseguem tampar, mas não me deixo abater, tenho fé que isso vai passar um dia, e tudo que envolve a cirurgia me deixa feliz, não tenho mais aquele sentimento de desespero, de me perguntar todo dia quando as coisas iriam mudar pra mim. Tudo mudou, e eu estou amando lutar contra a balança. Santa Bariátrica!

 

Beijos amigos e até mais.
9 de agosto de 2013
Bom dia amigos!

Eu sei que muita gente já ouviu falar da Sindrome de Dumping e este assunto é comum na vida pós Bariátrica. Resolvi abrir um post sobre isso porque literalmente tive meu primeiro Dumping.
Essa semana comprei várias caixinhas de suco de soja sem açúcar de 200 ml que eu sempre levo na bolsa quando eu saio e também levo pro trabalho, mas no meio veio sem eu perceber um suco de soja que não era zero...Comecei a tomar o suco e percebi que tava muito docinho, mas não me atentei, quando tinha tomado mais ou menos a metade da caixinha comecei a ter tonturas e meu rosto e garganta começaram a esquentar, fiquei com a respiração pesada e pensei que ia desmaiar, minhas mãos suavam e fiquei muito assustada porque estava na rua sozinha com meu filho, íamos no médico. Depois me lembrei que poderia ser Dumping e fui ler o rótulo do bendito suco...era de soja porém adoçado com açúcar...vixxi, foi muito sinistro. Me deu uma vontade louca de dormir na hora, sentei alguns minutinhos e passou essa sensação. Fiquei enjoada o resto da noite e não consegui comer mais nada, só muita sede como sempre.
Cheguei em casa e fui na geladeira olhar todos os sucos e só 1 mesmo era com açucar. Tenho que ficar atenta aos rótulos dos produtos porque é tanta informação que as vezes me confundo, e pode ser muito perigoso, se o Dumping for muito forte pode levar ao desmaio, e sempre ando sozinha. Como nessa vida tem sempre um lado bom, o Dumping é ruim, mas passa e na minha opinião ele serve como um indicador que estamos comendo algo errado...rsrs, não gostei de ter passado mal, vou demorar muito tempo pra consumir algo com açúcar novamente...rsrs. Não dá pra saber se teremos essa sindrome antes de operar, só testando pra saber, e como sempre sou a premiada eu já esperava por isso. Mesmo assim não fiquei triste, acho que tudo isso faz parte do aprendizado rumo a reeducação alimentar, não consigo ficar chateada com nada na minha vida pós bariátrica, em todas as situações sempre procuro ver o lado bom, porque do jeito que tava minha vida não dava pra continuar, então cada dia que passa mesmo com altos e baixos sinto um gosto de vitória.


O QUE É SINDROME DE DUMPING ?
É uma complicação comum após a cirurgia bariátrica e faz com que ocorra a passagem do conteúdo gástrico que está no estômago para o intestino de forma muito rápida.
Nesse caso, deve-se evitar principalmente o consumo de alimentos que sejam ricos em carboidratos e açúcar. A síndrome de dumping pode ser dividida nas formas precoce ou tardia e é o resultado das alterações feitas no procedimento de armazenar do estômago. Pode ser diagnosticada por meio dos sintomas que são apresentados pelos pacientes submetidos à cirurgia gástrica.

Pode causar sonolência, fraqueza, náuseas, cólicas intestinais,
desmaios e diarreia, após a pessoa ter se alimentado. Entretanto, nem todos têm a mesma reação e os sintomas variam de um paciente para o outro. O tratamento dever ser feito com base em uma dieta alimentar e a criação do hábito de descansar após as refeições para atrasar o esvaziamento estomacal.

Dumping precoce
Ocorre por volta de 30 a 60 minutos após a refeição e pode ser decorrente do esvaziamento gástrico levando a desvios do líquido intravascular para a luz do intestino. Isso resulta em uma distensão muito rápida do intestino delgado, aumentando as contrações do intestino. Seus sintomas são diarreia, náuseas,
cefaleia e rubor.

Dumping tardio
Pode ocorrer de 1 a 3 horas após as refeições e a oferta rápida de alimento para o intestino delgado causa uma alta concentração de carboidratos no intestino delgado proximal e na absorção da glicose. Os altos níveis de
insulina causam uma hipoglicemia subsequente. Seus sintomas são tremores, dificuldades para se concentrar, redução da consciência, fome e perspiração.
 
 
Beijos.
7 de agosto de 2013
Bom dia Amigos!

Por aqui as coisas vão andando....acabou literalmente as férias, voltei pro trabalho Segunda- feira e
hoje vou me matricular na academia, acabou a moleza. Só voltarei pra faculdade em Janeiro, se Deus quiser, então vou aproveitar o resto desse ano pra me exercitar, tô animada!!
Vou fazer 2 x por semana 1 hora de ginástica sem abdominal e 2 x por semana Hidroginástica, são os exercícios que fui liberada pelo cirurgião por enquanto,vai ser no Espaço Mulher que fica próximo do meu trabalho, lá é só pra mulheres, não entra homens...é legal, organizado e não tem as piriguetes que gostar de causar e menosprezar as gordinhas...hehe, gostei do ambiente, só não vai rolar paquera, pois os meninos não entram...rsrsrs, vou direto porque se eu chegar em casa me dá uma preguiça...é amigos, ainda tenho cabeça de gordo, mas estou na luta pra mudar isso. E quero intensificar o emagrecimento, pois com 41 dias me vi com um efeito platô que durou quase 15 dias e eu fiquei realmente incomodada e no próximo mês quero fazer diferente.
Também to precisando de um help urgente com alimentação....não consigo comer a comida do trabalho, então passo a tarde toda em jejum e ás vezes fruta e suco, mas tá errado, tenho que priorizar as proteínas e minha nutri me adiantou que ficar em jejum vai parar o emagrecimento, o corpo se defende e começa a estocar gordura e faz o metabolismo desacelerar...vixxi. Ficar sem comer não emagrece! Vou começar a trazer um lanchinho de casa com bastante proteína pra fazer de almoço, vai ser o jeito até eu adaptar a alimentação, se alguém tiver alguma dica me fale por favor. Falando nisso, tem 1 semana que não tenho náuseas nem vômitos \o/, e ontem consegui tomar 1 litro de água, isso me deixa realmente feliz! Mas as dificuldades de comer carne continua :(
Dia 12 é meu niver de gastro, daí eu volto pra contar como foi meu 2º mês e vai ter pesagem...aiai, a balança ainda me assusta muito.
Essa noite sonhei que eu estava bem magra e tinha atingido a meta, no sonho eu vestia um vestido lindo azul e sandália de salto branca...rsrs, acho que to ficando neurótica, mas o sonho foi tão bom, acordei feliz!!!

Beijos.
1 de agosto de 2013
Boa tarde meus amigos de grampo!!

Hoje a sala de espera do Instituto Garrido teve um ar diferente...eu estava muito feliz, não me sentindo uma derrotada como antes...Como foi bom eu optar pela Bariátrica, agora parece que eu comecei a viver. \o/

Meu médico, charmoso e simpático como sempre me deu parabéns pela evolução do peso, em 50 dias perdi 34% do excesso, que era previsto para o 3º mês....iupi...na balança dele marcou 115 kilos, ou seja - menos 3 quilinhos...ebaaaa, totalizando 23 kilos off.
Estou liberada pra fazer academia depois dia 12/08 - 1 hora de exercício aeróbico sem abdominal.
Quanto ao vômitos e náuseas que eu tenho, ele me disse que não é normal, quer dizer que minha passagem do intestino está muito estreita e por isso não consigo me alimentar direito e nem tudo desce redondo...se até final de Setembro eu não me adaptar tenho que marcar uma endoscopia pra ele alargar um pouco a passagem, mas não preciso me preocupar, pois tem um lado bom...se um dia eu exagerar e comer o que não deve, vou vomitar tudinho, não vai passar pelo intestino, não posso jacar...é...tudo tem um lado bom nessa vida.
Agora só volto com ele daqui a 8 meses já pra marcar a cirurgia de retirada da vesícula, só se eu me sentir mal que agendo antes, já sai de lá com consultas marcadas com a nutri e com o clinico e uma lista de exames pra fazer daqui 3 meses e já vou ter palestra pra operados dia 21/08. Não é moleza não.

Peguei hoje minha carteirinha da cirurgia com meu médico, da Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica, todo bariátrico tem o direito de ter essa carteirinha, ela nos garante uma enorme segurança nos casos de atendimentos médicos de urgência, casos de inconsciência e  ainda temos descontos em restaurantes...rsrs

Olha ai a fotinha da carteirinha:

 
E também tirei uma foto minha antes de ir pro médico, pra estrear minha máquina nova e também porque hoje foi a primeira vez que percebi que estou emagrecendo, coloquei uma blusinha branca que antes era agarrada na barriga e hoje eu coloquei e está folgadinha, tipo batinha, nossa fiquei toda contente e quis tirar uma foto pra comemorar:


Minha evolução de peso de 50 dias de Gastro:

CIRURGIA BARIÁTRICA - REDUÇÃO DE ESTÔMAGO
CÁLCULO DA EVOLUÇÃO DE PERDA DE PESO
Peso inicial (Kg): 138
Peso atual (Kg): 115
Altura (m): 1.69
Data da cirurgia: 12/06/2013

Excesso Inicial (Kg): 66,60
IMC Inicial (Kg/m2): 48,32
Excesso Atual (Kg): 43,60
IMC Atual (Kg/m2): 40,26
Excesso de peso eliminado (%): 34,53
Resultado apurado Quinta, 1 de Agosto de 2013 - 18:10

Cronograma de evolução prevista
1º mês (15-20%): 128,01 - 124,68
2º mês (25-30%): 121,35 - 118,02
3º mês (30-40%): 118,02 - 111,36
6º mês (45-55%): 108,03 - 101,37
9º mês (55-65%): 101,37 - 94,71
12º-18º mês (65-85%): 94,71 - 81,39

Software Cálculo da Evolução da Perda de Peso
Grupo Redução de Estômago - Facebook.
Desenvolvimento de Marcio Leal
Colaboração André Schleich
Referências técnicas Dra. Jacqueline Rizzolli (C.O.M. - PUCRS)


Feliz, feliz!!!!!

Beijos amigos.

Quem sou eu

Minha foto

Sou Silvia, romântica de alma, sonhadora e agora em busca do renascimento, um corpo saudável. No dia 12/06/2013 me submeti a cirurgia bariátrica, fiz o Bypass Gastrico em Y de Roux por video pelo convênio Bradesco no Instituto Garrido, depois de muitos meses pensando, enfim decidi! Vou dividir com voces a jornada da cirurgia, principalmente a parte burocrática e adoraria fazer novas amizades! bem vindos no meu diário, ele está aberto.

Pesquisar este blog

Evolução mês a mês

  • 12/06/2015 66,5 kilos 2 anos
  • 12/05/2015 66,5 kilos
  • 12/04/2015 66 kilos
  • 12/03/2015 67,2 kilos
  • 12/02/2015 67,2 kilos
  • 12/01/2015 68,6 kilos
  • 12/12/2014 69,2 kilos
  • 12/11/2014 69,5 kilos
  • 12/10/2014 70 kilos
  • 12/09/2014 72 kilos
  • 12/08/2014 73 kilos
  • 12/07/2014 73 kilos
  • 12/06/2014 73,5 kilos - 1 ano
  • 12/05/2014 74 kilos
  • 12/04/2014 75 kilos - meta médica
  • 12/03/2014 80 kilos
  • 12/02/2014 83 kilos
  • 12/01/2014 85 kilos
  • 12/12/2013 90,7 kilos
  • 12/11/2013 94 kilos
  • 12/10/2013 100 kilos
  • 12/09/2013 105 kilos
  • 12/08/2013 111,5
  • 12/07/2013 118,5 kilos
  • 12/06/2013 Maior peso 138 Kilos dia da cirurgia

Siga- me por e-mail!

Google+ Followers

Tecnologia do Blogger.

Minha lista de blogs